Connect with us

Tocantins

Mãe questiona bullying e filhos perdem bolsa no Colégio Ulbra de Palmas-TO

Publicado

em

Um colégio particular de Palmas é acusado de cortar a bolsa de estudos concedida a duas alunas devido à mãe questionar bullying sofrido por uma delas. O caso teria acontecido no Colégio Ulbra, localizado na quadra 10 Norte, no centro da capital.

Segundo a mãe da criança, que preferiu não se identificar, uma de suas filhas de 11 anos, que estuda no Colégio há três anos, passou a reclamar de brincadeiras desagradáveis por partes do colegas, que a chamavam de ‘gordinha’, ‘mais feia da sala’, entre outros. A mãe disse que notou mudança no comportamento da filha e tristeza, especialmente quando ocorriam os fatos.

De acordo com a mãe, em uma das situações mais graves, foi registrado Boletim de Ocorrência na Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente de Palmas. Ela disse também que buscou por várias vezes auxílio à coordenação pedagógica da escola, mas não obteve resposta.

Conforme o relato, no dia 15 de setembro, ao buscar a filha no colégio, a menina estava visivelmente abalada por conta do bullying. Ela conta que ligou para a mãe da criança que praticou o ato, mas foi destratada, inclusive com xingamentos. Mas, como já era horário do almoço, o fato foi comunicado à Coordenação Pedagógica do Colégio por meio de WhatsApp, porém, nenhuma providência foi tomada quanto ao bullying, a não ser chamá-la para prestar informações sobre o telefonema feito à mãe do aluno.

“Estou decepcionada com o Colégio por conta da atitude covarde do Diretor de punir minhas filhas cortando as bolsas que são oferecidas pelo Governo Federal“, desabafou.

Segundo a denunciante, a surpresa ainda mais desagradável veio quando ela procurou a escola para fazer a rematrícula das crianças e soube que a bolsa de estudos foi negada, por conta do episódio.

No documento que negou a renovação da bolsa das crianças, o diretor da escola, Joel Muller, apontou suposta falha na participação da mãe com o quadro de professores e direção da escola. Contudo, ela garante que essa justificativa é “totalmente infundada e não condiz com os fatos reais”. “Sempre atendi a todos os chamamentos da instituição, participando assiduamente das reuniões e acompanhado diariamente a rotina escolar das minhas filhas”, afirma.

Ainda segundo a mãe, a renovação das bolsas para 2018 já tinha sido aprovada pela Comissão do Colégio. “Fui informada pessoalmente pela Tesouraria, no dia 17 de outubro, sobre a renovação da bolsa, mas quando fui renovar a matrícula, no dia 06 de novembro, me negaram a bolsa. Eu já havia comprado os uniformes das crianças e feito planos para o novo ano escolar”, lamenta.

Indignada, a mãe conta que entrou com recurso contra o indeferimento da bolsa social e também acionou a justiça e os órgãos de fiscalização para denunciar o caso.

O OUTRO LADO

A reportagem solicitou nota de esclarecimentos do Colégio Ulbra, nesta segunda-feira (20), mas não obteve retorno. (AF Notícias)

publicidade
FAÇA UM COMENTÁRIO
Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.
Faça um comentário

Tocantins

PALMAS: Rumo ao Lockdown. “Se organizem”

Publicado

em

Continue lendo

Tocantins

Seis mortes por Covid-19 são confirmadas no Tocantins nesta sexta dia 26

Publicado

em

A Secretaria de Estado da Saúde (SES) informa que nesta sexta-feira, 26 de fevereiro, foram contabilizados 788 novos casos confirmados para Covid-19.

Deste total, 215 foram registrados nas últimas 24 horas e o restante por exames coletados em dias anteriores e que tiveram seus resultados liberados na data de ontem.

Desta forma, hoje o Tocantins registra um total de 357.025 pessoas notificadas com a Covid-19 e acumula 112.823 casos confirmados da doença. Destes, 101.042 pacientes estão recuperados e 10.272 estão ainda ativos (em isolamento domiciliar ou hospitalar), além de 1.509 óbitos.

Clique AQUI e veja o boletim completo.

Continue lendo

Tocantins

Superintendente do Sebrae Tocantins discute projetos para MPE em Brasília

Publicado

em

O superintendente do Sebrae, Moisés Gomes, esteve reunido nesta quinta-feira, 25/02, em Brasília-DF com o presidente do Sebrae Nacional, Carlos Melles, e o presidente da Associação Brasileira dos Sebrae Estaduais (Abase), Cláudio Mendonça. Na pauta foram discutidos projetos importantes e de interesse das micro e pequenas empresas que estão em andamento no Congresso.

Moisés Gomes comentou que estes projetos que estão em discussão irão contribuir com um ambiente cada vez mais favorável para o desenvolvimento e a produtividade dos pequenos negócios num momento tão delicado como este causado pela pandemia.

“Aproveitamos também para discutir pontos importantes relacionados à implantação abrangente do Cidade Empreendedora no país. Este projeto terá o objetivo de tornar os municípios muito mais competitivos na gestão pública e no fomento ao fortalecimento dos pequenos negócios”, disse o superintendente, acrescentando que no mês de março iniciará um circuito de visitas nos municípios tocantinenses para tratar sobre esta pauta.

Continue lendo
publicidade Bronze