Connect with us

Bico do Papagaio

Manoel Queiroz diz não entender motivos de ação do MPE: “Eu fui expulso”

Publicado

em

manoelO deputado estadual Manoel Queiroz(PPS) disse nesta terça-feira, 8, não compreender os motivos de o Ministério Público Eleitoral (MPE) ter movido ação de perda de mandato eletivo contra ele. A Procuradoria Regional Eleitoral no Tocantins apresentou ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE-TO) ação de decretação da perda de cargo eletivo contra o deputado em razão da desfiliação partidária, sem justa causa. “Acredito muito na Justiça de Deus e dos homens e que não vão cometer esse crime de tirar o meu mandato”, afirmou.

O parlamentar disse que até o momento não foi notificado, mas destacou que não deixou o Partido dos Trabalhadores (PT) por vontade própria. Ele lembrou que foi expulso da sigla. “Tantas vezes eu briguei, fui para Justiça para continuar no partido…”, comentou.

Para ele, houve distorção na forma como as informações chegaram ao MPE. “Estão dizendo que eu saí do PT e isso não é verdade. Eu fui expulso”, declarou. Ele disse ainda que até  agora não conseguiu compreener e se convencer dos motivos de ter sido tirado da sigla.

Expulsão

Queiroz foi expulso do PT no dia 27 de setembro sob a alegação de ter desrespeitado as regras do partido. Um dos principais motivos foi ter declarado, através da imprensa, seu voto na eleição extemporânea de Augustinópolis. Na ocasião, o PT apoiava a candidatura do PMDB e Queiroz disse que votaria na candidata do DEM. Por essa razão, o grupo majoritário do partido moveu um processo pedindo a expulsão do deputado. (Portal CT – Patrícia Saturno)

publicidade
FAÇA UM COMENTÁRIO
Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.
Faça um comentário

Bico do Papagaio

TOCANTINÓPOLIS: Cacique faz denúncias graves contra gestão Paulo Gomes e descaso com saúde de indígena

Publicado

em

Cacique Orlando Apinajé fez um desabafo grave, alertando quando a suposto descaso da Prefeitura de Tocantinópolis, quando a saúde de indígenas no município. O cacique quede socorro das autoridades.

Continue lendo

Bico do Papagaio

ARAGUATINS: Aquiles manda recado para assentados, “Não sou governado pelo rabo”

Publicado

em

O prefeito de Araguatins, no Bico do Papagaio, Aquiles da Areia (PP), ficou irritado por estar sendo cobrado por moradores de diversas regiões de assentamentos e distritos, por conta das más condições das estradas vicinais, que tem dificultado a vida dessa parte da população que necessita se locomover até a cidade.

O gestor gravou um vídeo e divulgou nas redes sociais, respondendo os críticos. Assista:

Continue lendo

Bico do Papagaio

AUGUSTINÓPOLIS: Estelionatário especialista em falsificação de diplomas de medicina é preso após desligar padrões de energia

Publicado

em

Por força de mandado judicial pelo crime de estelionato, a Polícia Militar realizou a prisão de um homem de 33 anos, na noite de segunda-feira, 24, na cidade de Augustinópolis, no Bico do Papagaio. 

A prisão foi feita pela equipe de policiais militares do 9º Batalhão da PM (9º BPM) e contou com o apoio de um militar que se encontrava de folga e agentes da Polícia Civil, que auxiliaram com informações que levaram a prisão do indivíduo.

As primeiras informações que chegaram para a Polícia Militar davam conta de que moradores da área central da cidade de Augustinópolis estariam amedrontados devido uma pessoa estar desligando o padrão de energia das casas durante a noite.

No local, a PM foi recebida por moradores que disseram para a polícia o nome do possível suspeito da ação e o indivíduo acabou sendo localizado pela equipe de policiais militares e preso. 

Através de consulta ao Banco Nacional de Mandados de Prisão, o sistema apontou que havia um mandado judicial aberto em desfavor do foragido, acusado pelo crime de estelionato. Segundo informações, o indivíduo era especialista em falsificação de certificados escolares e universitários, principalmente de curso de medicina.

O autor foi apresentado na Central de Flagrantes para as providências cabíveis.

Continue lendo
publicidade
publicidade Bronze