- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
sexta-feira, 01 / julho / 2022
- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
- Publicidade -spot_img
Array

MARABÁ: Clauber Martins e Lena Garcia vencem GuruFestival

Mais Lidas

A primeira edição do GuruFestival chegou ao fim na noite deste domingo, 11. O festival que recebeu artistas de vários Estados e contou com shows de cantores consagrados como Genésio Tocantins, Paulo Braga e Dorivã, foi marcado pelo alto nível das canções apresentadas e pelo resgate da cultura dos festivais de música de Gurupi. A última noite teve participação massiva do público, que interagia a cada exibição dos finalistas.

Os grandes vencedores da noite, escolhidos tanto pelos jurados quanto pelo público, nas categorias “Canto” e “Música mais popular”, foram Clauber Martins e Lena Garcia. A dupla que veio de Marabá (PA) e interpretaram a canção “O poema e o poeta”, levaram para casa o valor de sete salários mínimos mais troféu.

“A experiência de vencer um festival é única, apesar de participar de festivais há mais de 30 anos, cada um nos dá uma experiência ímpar. E nós, minha irmã Lena Garcia e eu, nos sentimos muito felizes a cada vitória e a cada participação”, declara Clauber Martins, que também destacou a receptividade e a beleza de Gurupi. “A cidade é linda, cantei forró na feira, andando pelas ruas as pessoas cumprimentando a gente, quando vencemos pareceu que todos venceram com a gente, isso é muito lindo, essa cidade nos abraçou com muito carinho”, conclui.

O presidente da comissão de jurados, José Carlos de Freitas conta, dentre os critérios, o que levou a escolha da canção “O poema e o poeta” para o 1º lugar. “A letra desta canção resume o ofício do próprio cantador com aquilo que é a materialidade do canto, ela registra o que é que faz um cantador e o que faz um poeta”, explica o jurado, que também destacou o nível das apresentações do festival e a importância de festivais como esse para a cidade. “Quase todas as canções mereciam estar no primeiro lugar. Gurupi precisava de um evento de tal altura, porque quando você traz artistas de fora a cidade vai com essas pessoas. É necessário que além das atividades econômicas a gente tenha cultura desse nível, é muito mais que ser competição, significa melhorar e humanizar a cidade”, finaliza.

O 2º lugar da noite quem levou foi Charles Cristiê, que também veio de Marabá (PA) e interpretou a canção “Rio mar”; Querenhapuque (Palmas/TO) filho de Braguinha Barroso, que apresentou a música “Iara” ganhou o 3º lugar; para o 4ª lugar a canção escolhida foi “Brasil dos invisíveis” cantada por Ronai Nava (Cuiabá/MT); e em 5º lugar ficou o artista J Bulhões (Palmas/TO) com a música “Vá construir seu país”.

As categorias “Melhor intérprete” e “Melhor pesquisa tema Tocantinense”, os vencedores foram Nacha Moretto (Palmas/TO) com a canção “Enfim acabou”, e Josifran com a música “Sussa”, respectivamente. O artista Chermont Junior (Macapá/AP) levou para casa um violão, que foi sorteado entre os artistas não premiados. O violão foi doado pela Rádio Araguaia FM em comemoração ao seu aniversário de 30 anos. (John Souza e Lino Vargas)

- Publicidade -spot_img
Assinar
Notificar-me
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
- Publicidade -spot_img
- Publicidade -spot_img

Últimas Notícias