A Universidade do Estado do Pará (Uepa) realiza até o dia 10 de julho, as inscrições para o processo seletivo 2019 do Programa de Pós-Graduação em Ciências Ambientais (PPGCA), nível de mestrado. Esta turma será destinada ao município de Marabá.

Para solicitar a inscrição, o interessado deverá acessar a página da Uepa e realizar o pagamento do boleto bancário no valor de R$ 100. O candidato deverá também, anexar os documentos necessários presentes no edital.

O mestrado oferta 12 vagas para portadores do diploma de ensino superior, em qualquer área de conhecimento. Os candidatos aprovados serão classificados em ordem decrescente dos pontos totais obtidos.

O curso está estruturado em uma área de concentração denominada Ambiente e Sustentabilidade na Amazônia Brasileira, ​e nas linhas de pesquisa: Meio Ambiente e Sustentabilidade; e Estudos de Ecossistemas Amazônicos. A seleção será composta por duas fases. A primeira de prova escrita e de proficiência em inglês, marcada para o dia 1 de agosto de 2019; a segunda é a entrevista, marcado para o dia 13 de agosto.

A matrícula deverá ser feita nos dias 28 e 29 de agosto, na Secretaria do Campus VIII, em Marabá, e deve ser renovada semestralmente. No ato da matrícula deverão ser entregues os seguintes documentos: 
– Requerimento de matrícula; 
– Ficha de cadastro de aluno regular, 
– Termo de compromisso de dedicação integral ao PPGCA; 
– Cópias autenticadas da Certidão de Nascimento ou Casamento; 
– Carteira de Identidade (RG); 
– Cadastro de Pessoa Física (CPF), 
– Certificado de Alistamento Militar (se for o caso)
– Título de Eleitor, com comprovante de quitação eleitoral; Comprovante de conclusão de curso de Graduação e Histórico Escolar. Não serão aceitas matrículas de candidatos com documentação incompleta.

O resultado final do processo seletivo será divulgado na Secretaria do PPGCA e no site da Uepa, no dia 26 de agosto.

O Edital 31/19 está disponível no site da Uepa (www.uepa.br)

- Publicidade -

FAÇA UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.