Connect with us

Maranhão

MARANHÃO: Aeroporto de Imperatriz será ampliado, informa a Infraero

Publicado

em

O Aeroporto Renato Cortez Moreira, de Imperatriz, será ampliado. As obras começarão em outubro deste ano, conforme planejamento da Empresa Brasileira de Infra-Estrutura Aeroportuária (Infraero), a estatal que administra aeroportos em todo o Brasil.

A medida visa garantir melhor atendimento ao município e região, que começam a receber grandes empreendimentos, além de impulsionar ainda mais o turismo de negócios.

A Infraero trabalha com a possibilidade de iniciar o projeto de ampliação do aeroporto na primeira quinzena de outubro, sem previsão de conclusão da obra de valor também não divulgado.

Mopes

O novo superintendente da Infraero em Imperatriz, Enos Domingues Lima, adiantou que no projeto estão previstas obras do chamado Modos Operacionais (Mopes), que consistem na ampliação das salas de embarque e desembarque, saguão, duplicação das esteiras e ainda a geração de mais postos de trabalho com a contratação de funcionários. Há, ainda, o previsível reforço no sistema de segurança, que já conta com detector de metais e rastreadores.

Apesar dessas melhorias, o Aeroporto de Imperatriz permanecerá na categoria ou grupo 3, que opera com vôos domésticos. “O aeroporto não mudará de categoria, mas tão logo aumente o número de passageiros e outras facilidades, será possível que ele venha até a mudar de categoria no futuro”, previu Enos Domingues.

A pista de padrões internacionais, com 2 mil metros de comprimento, reforça essa possibilidade em um futuro não muito distante.

Assim como acontece no comércio onde predomina a lei da oferta e da procura, nessa área o número de passageiros e de vôos são determinantes para a categoria do aeroporto, que está incluído na faixa que corresponde até 400 mil passageiros por ano. Dados recentes da empresa mostram que a média atual é de 200 mil passageiros por ano, com evolução nos últimos meses.

Atendimento

Com a ampliação, toda a estrutura aeroportuária será melhorada por possibilitar maior espaço, comodidade e conforto, itens fundamentais, principalmente, para o caso de os passageiros terem de esperar por um vôo em atraso.

“Hoje, para você ter uma idéia, a gente vai quase que quadruplicar o desembarque que é pequeno. Vamos ter duas esteiras, o saguão, o check in e o check out. Tudo isso sofrerá mudanças para o benefício de todos os usuários e passageiros”, comemorou o superintendente da Infraero.

Enos Domingues disse que, embora oficialmente não exista previsão para a criação de novos vôos, essa possibilidade não está descartada. Sondagens realizadas recentemente o fazem crer que, além da TAM e da Gol, que operam atualmente, uma outra empresa aérea esteja interessada em entrar no mercado promissor, levando em conta o projeto de um novo terminal.

“A gente acredita, com olhos no futuro, que com o projeto de um novo terminal em construção, que venhamos ter outras empresas, pois vamos ter mais espaço no pátio para aeronaves”, observou o superintendente, sugerindo que autoridades e empresários reivindiquem esses novos vôos até como forma de incrementar o turismo de negócios.

Em levantamento interno, a Infraero confirmou que há grande número de empreendimentos no município, o que reforça a necessidade da ampliação do Aeroporto de Imperatriz, levando em conta que a demanda só tende a aumentar.

Mais pessoas serão contratadas

No projeto de ampliação do Aeroporto Renato Cortez Moreira, de Imperatriz, também está a contratação de funcionários. Atualmente, trabalham 31 pessoas, sem incluir aqueles que integram o quadro das prestadoras de serviço ou terceirizadas.

Isso pode aumentar ainda mais se o projeto de construção de um novo terminal sair do papel, um sonho ainda distante, mas com possibilidade de ser realizado.

“Eu não diria que é utópico. Com certeza, isso será contemplado no Plano Diretor da Infraero. Todas as situações da Infraero, em nível de diretoria, sede e superintendência regional, estão voltadas para agilização desses projetos. Vamos ter resultado positivo”, previu o superintendente da Infraero em Imperatriz, Enos Domingues.

Um dos aspectos positivos, além da franca expansão da região, é o fato de a pista comportar aeronaves do porte dos Airbus 320 e 319, que fazem linhas internacionais. “No futuro, a pista será reformulada e então teremos empresas interessadas em vir para Imperatriz”, frisou o superintendente.

Movimentação

– O Aeroporto de Imperatriz opera com seis vôos diários, dois por cada período do dia. Pela manhã, aeronaves da TAM e Gol fazem a linha São Luís/Imperatriz/Brasília com desembarque em Imperatriz às 6h30 e 7h, respectivamente.

– As mesmas empresas oferecem, ainda, vôos da linha Imperatriz/São Luís às 14h. À noite, o aeroporto é escala para a linha Brasília/São Luís, com a chegada dos vôos às 23h. Além disso, o aeroporto também é ponto para aviões de pequeno e médio porte (mono e bimotor, jatinhos) de empresas de táxi aéreo. Há ainda empresas que fazem linhas regionais para Belém do Pará.

– Hoje, a Infraero fez uma nova reestruturação orgânica e mudaram algumas situações. Foi criada a Regional de Belém, que abrange os aeroportos da Região Tocantina, entre eles o de Imperatriz.

– Enos Domingues assumiu a superintendência da Infraero em Imperatriz em substituição a Hildebrando Coelho, que foi transferido para a empresa em São Luís. Ele é de Recife (PE). Essa mudança faz parte de uma rotina de revezamento de funcionários a cada quatro anos.

Obra no terminal já está agradando ao setor empresarial da região

O anúncio da ampliação do único aeroporto do município de Imperatriz agrada ao empresariado da Região Tocantina. O presidente da Associação Comercial e Industrial de Imperatriz (ACII), Gilson de Sousa Kyt, disse que a ampliação do Aeroporto Renato Cortez Moreira inicia-se com atraso, se comparada a crescente demanda regional de passageiros.

A entidade que ele preside reivindicou várias vezes às autoridades a implementação de melhorias no aeroporto, sendo a última delas na audiência com a governadora Roseana Sarney durante a primeira visita dela a Imperatriz, logo que assumiu o governo.

“É fundamental que isso aconteça para o crescimento desta região, que necessariamente passa por isso. Temos que incentivar o turismo, já estava passando da hora desse aeroporto ser ampliado”, frisou Kyt. A liderança também entende que a ampliação é estratégica para o crescimento e desenvolvimento do Brasil.

“A Associação Comercial já vinha reivindicando a obra ao Governo do Estado e ao Governo Federal, por meio da Infraero. Tínhamos posto o assunto como um dos três principais da pauta do encontro com a governadora. Os outros dois eram o Distrito Industrial, que está sendo executado pelo governo, e a Delegacia Estadual de Repressão a Crimes Contra o Meio Ambiente”, relembrou o presidente da ACII.

Sobre a delegacia, em instalação em Imperatriz e em Balsas, Kyt disse que espera que o órgão seja atuante e não sirva apenas para fazer protocolo.

Alegria

O presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas(CDL), Francisco Almeida (Chico Brasil), também demonstrou contentamento com o projeto de ampliação do aeroporto, obra que, segundo ele, também já deveria ter acontecido.

“A ampliação do aeroporto é uma necessidade real porque a gente percebe que ele já está pequeno para a demanda atual, com perspectivas de novos investimentos como a Suzano, a Aciaria de Açailândia e, ainda, atende uns 300 quilômetros na região”, analisou o presidente.

Francisco Almeida disse que, caso a ampliação não fosse realizada em pouco tempo, o aeroporto ficaria inviável. Ele ressaltou que as melhorias na infra-estrutura aeroportuária também forçarão maior concorrência entre as empresas aéreas, possibilitando assim passagens com preços mais acessíveis. (O Estado)

publicidade
FAÇA UM COMENTÁRIO
Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.
Faça um comentário

Maranhão

Em cemitério no Maranhão, corpo de mulher é encontrado nu e com cabeça esmagada

Publicado

em

Uma jovem de 22 anos foi encontrada morta dentro de um cemitério na cidade de São Mateus do Maranhão, a 193 km de São Luís, nesse domingo (16). De acordo com a polícia, a vítima estava nua e com a cabeça esmagada.

Segundo informações preliminares, a jovem estava em uma festa da cidade, saiu do local por volta de meia-noite de domingo e não foi mais vista. O corpo da vítima foi encontrado com suspeita de violência sexual. Uma cruz de madeira pode ter sido usada no crime.


Ainda de acordo com a polícia, até o momento, não há informações sobre a autoria e motivação do crime. No entanto, um homem foi encontrado com a bolsa e o celular da vítima ainda no domingo. Encaminhado para a delegacia, ele afirmou que era amigo dela e que ficava com os pertences da amiga quando ela estava muito bêbada. O homem também disse à polícia que saiu da festa na companhia da jovem e a deixou bem perto de casa.

O suposto amigo da vítima ainda alegou que só não deixou ela dentro da residência, porque a mãe da vítima poderia brigar. O corpo foi trazido para o Instituto Médico Legal de São Luís, onde será periciado. O caso segue sendo investigado.

Continue lendo

Maranhão

IMPERATRIZ: Motorista atropela família na rua e menina de 12 anos morre

Publicado

em

Na noite de sábado, 15, um motorista em alta velocidade atropelou uma família e causou a morte de Eloísa Santos Costa, de 12 anos, em Imperatriz, no sul do Maranhão. Segundo a polícia, o caso foi registrado na Rua 5, no bairro Vila Ipiranga.

O pai, Rômulo Sousa, estava andando de bicicleta e carregava o seu filho, Augusto Santos, de 1 ano de idade. Ao seu lado estava a filha Eloísa, que andava de patins. Repentinamente, um motorista em alta velocidade saiu de uma curva, bateu no meio fio e atropelou os três.


Eloísa morreu ainda no local. Já o motorista não prestou socorro e fugiu. O carro usado no acidente foi encontrado abandonado na Vila Cafeteira, horas depois.

O pai e o bebê foram socorridos e levados para o Hospital Municipal de Imperatriz, onde seguem internados. O motorista que causou o acidente já foi identificado, mas segue foragido.

Continue lendo

Maranhão

Sampaio vence Moto Club e abre vantagem na final do Maranhense 2021

Publicado

em

Deu Sampaio Corrêa na partida de ida da final do Campeonato Maranhense! Em Superclássico realizado no Estádio Castelão, o Tricolor derrotou o Moto Club por 1 a 0, com gol do atacante Ciel, e deu um passo importante em busca do 35º título estadual.

Disposto a encerrar a seca de gols, o Sampaio Corrêa foi ao ataque no início do Superclássico e abriu o placar aos 11 minutos, com Ciel, aproveitando cruzamento do lateral Sávio. Mesmo em vantagem, o Tricolor manteve a pressão sobre o Moto, aproveitando principalmente as jogadas pela ponta-direita com Pimentinha, que arriscou duas finalizações e parou em boas defesas de Joanderson.


Depois de um primeiro tempo abaixo das expectativas, o Moto Club melhorou de produção na etapa final e criou boas oportunidades diante de um Sampaio Corrêa mais retraído, que não conseguia explorar os contragolpes. Negueba, aos 39 minutos, teve a melhor chance do Papão, mas parou em uma grande defesa de Mota, que garantiu a vitória tricolor no Superclássico.

Com a vitória na partida de ida, o Sampaio Corrêa está a uma nova vitória ou um empate de conquistar o título maranhense, enquanto o Moto Club terá de derrotar o rival por dois ou mais gols de diferença para ser campeão. Uma vitória do Papão por um gol de diferença, por sua vez, leva a decisão para os pênaltis. Moto e Sampaio voltam a se enfrentar no próximo domingo (23), às 10h, no Estádio Castelão. (Foto: Andriolli Araújo)

Continue lendo
publicidade
publicidade Bronze