Connect with us

Maranhão

MARANHÃO: Agente de trânsito é presa pela Polícia Federal em São Luís

Publicado

em

Uma agente de trânsito identificada como Lígia foi presa pelo agente da Polícia Federal Gilbernon, nesta segunda-feira (21), no Aeroporto Internacional Marechal Cunha Machado, em São Luís. Ela será autuada em flagrante por descato e prevaricação, por ter, segundo a PF, impedido que o agente estacionasse o carro oficial em vaga destinada ao órgão no aeroporto e ter permitido que outros carros estacionassem no local.

Segundo informações do próprio Gilbernon, que é responsável pelo setor de Comunicação da PF, ele estava em serviço em um carro da polícia, quando tentou estacionar na vaga destinada à PF. “Ela disse que a vaga não era da polícia, sendo que eu mostrei a ela que a vaga, na área de embarque e desembarque era de uso da polícia. Ela, então, foi ríspida e eu fui obrigado a dar voz de prisão a ela”, disse Gilbernon por telefone ao Imirante.

Ainda de acordo com ele e com o delegado da PF Alan Dantas, a agente Lígia estava há alguns meses dificultando o acesso dos veículos oficiais da PF à vaga destinada a eles. “Há alguns meses recebemos reclamações sobre a atitudade da agente, que chegou a dizer que só estaciona no local quem ela quisesse. Outros veículos chegaram a estacionar no local, sem nenhum problema com ela, sendo que a vaga é destinada à PF”, afirmou o delegado, que já havia orientado os policiais que tomassem as medidas necessárias nas próximas ocorrências.

Questionado sobre um possível abuso de autoridade da Polícia Federal ao prender a agente Lígia, o delegado Alan nega. “De maneira alguma! Abuso de autoridade quem cometeu foi ela ao não permitir que o carro fosse estacionado no local destinado a ele!”, rebateu.

Outro lado

Já a versão dos agentes de trânsito diz que a agente Lígia recomendou ao polícia federal que tirasse o seu veículo da área de embarque e desembarque e o colocasse no estacionamento, que para a PF é gratuito. Segundo os agentes, o policial federal teria reclamado da atitude da agente de trânsito e dando voz de prisão a ela.

Por telefone, o presidente do Sindicato dos Agentes de Trânsito, Francisco Araújo Lima, disse ao Imirante que a agente Lígia está na carceragem da PF, mas que a advogada Ionara Bispo, do sindicato, já está se informando sobre o caso na PF. (iMirante)

publicidade
FAÇA UM COMENTÁRIO
Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.
1 Comment

Maranhão

IMPERATRIZ: Motorista bêbado perde controle de veículo e cai dentro de riacho

Publicado

em

Um homem que segundo informações de moradores estava embriagado, acabou perdendo a direção do veículo de conduzia pela Avenida Liberdade, nesta segunda-feira, 29, entre os bairros Amazonas e Cafeteira, e caiu dentro do Riacho Capivara, na cidade de Imperatriz, região Tocantina, Maranhão.

Um morador da região, que presenciou o incidente e ajudou a socorrer o motorista, contou que ele e outro homem, passaram sufoco para ajudar na retirada do motorista, que segundo ele, correu risco de afogamento, mas devido a ação rápida da dupla, acabou saindo ileso.

Continue lendo

Maranhão

IMPERATRIZ: Associação Comercial pede mais policiamento em áreas comerciais

Publicado

em

Devido ao aumento de roubos e furtos no setor comercial da cidade, a Associação Comercial e Industrial de Imperatriz (ACII) protocolou na quarta-feira, 24, um ofício solicitando mais policiamento ao responsável pelo Comando de Policiamento de Área do Interior – CPAI 3.

Os membros da diretoria foram recebidos pelo Comandante Andrade, onde tiveram a oportunidade de falar mais sobre a situação de medo e insegurança que lojistas  e clientes vêm sofrendo. 

“A associação vem se preocupando com o aumento de roubos e crimes, especialmente no comércio. Nos inquieta essa intranquilidade neste período natalino, que pode afetar a economia local”, explicou o presidente da ACII, Edmar Nabarro.

Sensível ao pedido e preocupação da Associação Comercial e Industrial de Imperatriz, e de toda a sociedade imperatrizense, o Comandante Andrade se comprometeu em mobilizar órgãos públicos para buscar soluções para o aumento da segurança no centro comercial.

A ACII deverá se reunir com o Comandante, acompanhado de representantes  da Guarda Municipal, Ministério Público e do Governo do Maranhão na próxima semana para debater estratégias e garantir à população de Imperatriz um fim de ano com mais segurança.

Continue lendo

Maranhão

IMPERATRIZ: UEMASUL prepara concurso público com 20 vagas para o curso de Medicina

Publicado

em

Encontra-se em fase de elaboração o edital para realização de concurso público com 20 vagas para o curso de Medicina, do Centro de Ciências da Saúde (CCS), campus Imperatriz, da Universidade Estadual da Região Tocantina do Maranhão (UEMASUL). Serão ofertadas 13 vagas para área de Medicina, seis vagas para as áreas de Enfermagem, Fisioterapia, Farmácia, Ciências Biológicas e Psicologia, e uma vaga para a área de Pedagogia, com experiência no método de Aprendizagem Baseada em Problemas (ABP). O certame tem previsão de lançamento ainda para este mês de novembro.

No momento, a direção do CCS está finalizando as informações para o processo de abertura do concurso que, na sequência, serão enviadas ao Gabinete da Reitoria. “O concurso é importante para o crescimento do curso baseado nos pilares do ensino superior: ensino, pesquisa, extensão e inovação, porque com os professores efetivos, além do ensino, teremos como desenvolver a pesquisa e a extensão”, explica a diretora do CCS, professora Iane Paula Rego Cunha Dias.

A UEMASUL esteve impossibilitada de realizar concurso para o CCS desde o primeiro semestre de 2020, em decorrência da Lei Complementar nº173/2020, do Governo Federal, publicada em 27 de maio de 2020. A lei proíbe estados e municípios de admitir ou contratar pessoal, a qualquer título, até 31 de dezembro de 2021. Para agilizar o processo, o governador Flávio Dino assinou, no último dia 3 de novembro, durante solenidade de aniversário de cinco anos da UEMASUL e entrega do novo prédio para o Centro de Ciências Agrárias (CCA), uma autorização para que o concurso fosse realizado.


“O governador assinou uma autorização para que pudéssemos realizar este concurso. Com essa autorização, nos adiantamos e encaminhamos o pedido para a Secretaria de Estado de Gestão, Patrimônio e Assistência dos Servidores (SEGEP), para que fosse emitida uma nota técnica. Nesta nota técnica, que já recebemos, a SEGEP e a Secretaria de Estado do Planejamento e Orçamento do Maranhão (SEPLAN) autorizam a realização do concurso. A Pró-reitora de Planejamento e Administração (PROPLAD) já fez os estudos de viabilidade financeira e logo o processo seguirá para a Pró-reitora de Gestão e Sustentabilidade Acadêmica (PROGESA), que ficará responsável pela publicação do Edital, por meio da Divisão de Concursos e Vestibulares”, detalha a professora Sheila Elke Araújo Nunes, Pró-Reitora de Planejamento e Administração e presidente da Comissão de Implantação do Curso de Medicina.

Para a Pró-reitora Sheila Elke, a realização do concurso representa mais uma passo na consolidação do Centro de Ciências da Saúde (CCS). “Estas 20 vagas foram criadas pela Lei nº 10.880, de 5 de julho 2018, e a realização deste concurso ajudará no fortalecimento do curso de Medicina e da universidade como um todo, representando mais uma etapa do planejamento da estruturação do CCS, feita pela Gestão Superior da UEMASUL”, finaliza.

A Pró-reitora de Gestão e Sustentabilidade Acadêmica, professora Regina Célia Costa Lima, falou da importância da realização do concurso público, destacando a necessidade de ampliação de vagas para a o corpo docente da UEMASUL. “Nós temos 32 vagas para professores efetivos a serem preenchidas, mas estávamos impedidos de realizar concurso. Com a articulação da Reitora, professora Elizabeth Nunes, e diante das nossas necessidades, o governador assinou uma permissão para a realização desse concurso. A principal porta de entrada para o serviço público é o concurso público. É ele quem garante maior qualidade na educação superior pública, pois o professor efetivo tem condições de trabalhar todos os eixos da universidade: ensino, pesquisa, extensão e inovação. Nossa expectativa para esse concurso é muito grande, assim como dos estudantes e dos professores e professoras do CCS. Esse concurso vai consolidar o formato de qualidade do curso de Medicina da UEMASUL” reitera a Pró-reitora.

Continue lendo
publicidade
publicidade Bronze