Connect with us

Maranhão

MARANHÃO: Cesta básica em São Luís chega a R$ 190,18

Publicado

em

O valor da cesta básica em São Luís no mês de abril atingiu o valor de R$ 190,18. De acordo com os cálculos do Instituto de Estudos Socioeconômicos Cartográficos (Imesc), em relação ao mês de março, a cesta básica teve um acréscimo de R$ 1,16, o que equivale a uma variação de 0,61 %. O presidente do Imesc, Fernando Barreto, enumerou que os principais produtos que ocasionaram essa elevação foram o feijão com alta de 15,8%; leite, 6,1%; tomate, 5,6%; farinha, 5,5%; e açúcar com 1,7%.

De acordo com o levantamento do Imesc, o trabalhador que ganha um salário mínimo por mês compromete 37,3% de sua renda na aquisição dos 12 produtos que compõem a cesta básica: carne, leite, feijão, arroz, farinha, tomate, pão, café, banana, açúcar, óleo e manteiga e são necessárias 82 horas e 2 minutos de trabalho para a compra desses produtos levando-se em consideração uma jornada de trabalho de 220 horas mensais. Dessa forma, explica Barreto, “restam 62,7% do seu salário para outras despesas como habitação, vestuário, transporte, higiene e lazer”.

Em relação as 17 capitais em que o Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Sócio-Econômicos (Dieese) calcula a cesta básica, o presidente do Imesc informou que os valores foram em Porto Alegre (R$ 268,72), São Paulo (R$ 261,39), Rio de Janeiro (R$ 253,13), Vitória (R$ 244,07), Manaus (R$ 241,52), Florianópolis (R$ 239,67), Belo Horizonte (R$ 239,06), Curitiba (R$ 238,71), Brasília (R$ 237,76), Belém (R$ 227,04), Natal (R$ 223,22), Salvador (R$ 220,00), Recife (R$ 214,48), Goiânia (R$ 206,46), João Pessoa (R$ 203,86), Fortaleza (R$ 187,21) e Aracaju (R$ 184,97).

Dessas capitais, 16 tiveram aumento no valor da cesta básica. Os índices de elevação foram Natal (12,09%), Belo Horizonte (6,55%), Recife (6,17%), Salvador (5,41%), Rio de Janeiro (5,37%), Belém (5,25%), Vitória (5,10%), Porto Alegre (4,53%), Manaus (4,41%), Florianópolis (4,30%), João Pessoa (3,86%), Curitiba (3,20%), São Paulo (3,01%), Fortaleza (2,62%), Aracaju (1,80%) e Brasília (0,57%). Somente Goiânia registrou um decréscimo de -0,22%.

publicidade
FAÇA UM COMENTÁRIO
Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.
Faça um comentário

Maranhão

GRAJAÚ: Cirurgia por videolaparoscopia é realizada no Hospital Geral

Publicado

em

O Hospital Geral de Grajaú, da rede estadual de saúde, realizou nesta semana a primeira cirurgia por meio de videolaparoscopia. O procedimento foi usado para uma cirurgia de retirada de vesícula de uma paciente de 44 anos de idade, residente do município maranhense de Barra do Corda. A utilização da técnica reflete o avanço já realizado pela Secretaria de Estado da Saúde (SES) no processo de modernização das unidades de saúde. ​

A cirurgia por videolaparoscopia é considerada minimamente invasiva, pois os cortes são substituídos por pequenos furos, quase imperceptíveis feitos com a ajuda de pequenas pinças com câmeras nas pontas, o que permite a visualização em duas dimensões do local da cirurgia e facilitam o procedimento. De acordo com o médico cirurgião responsável pelo procedimento, Adriano Brandes, a técnica de laparoscopia é mais vantajosa para o paciente por ser menos invasiva.  

“Os procedimentos cirúrgicos por vídeo favorecem muito a alta hospitalar em menor tempo, por ser um procedimento menos invasivo do que as cirurgias abertas. Ela é popularmente conhecida como cirurgia à laser e é bem mais simples do que as antigas técnicas usadas. A videolaparoscopia tem algumas vantagens importantes para o paciente no pós-operatório: menor trauma cirúrgico, redução da taxa de infecção, menor dor, diminuição da quantidade de analgésicos após a cirurgia, recuperação mais rápida com retorno precoce às atividades habituais e ao trabalho”, explica o cirurgião. 

Para a diretora administrativa da unidade, Aparecida Kelly Lima Coelho Chaves, quem ganha é a população da região com um hospital cada vez mais equipado, ampliando o alcance da assistência especializada e de qualidade. “Com esta nova técnica, há um benefício não somente na autoestima do paciente, mas é um procedimento que traz menos dor, desconforto e possibilita uma recuperação mais curta. Com a técnica, conseguimos atender mais pessoas em menos tempo”, comentou.

O Hospital Regional de Grajaú, administrado pela Empresa Maranhense de Serviços Hospitalares (EMSERH), presta atendimento nas áreas de Cirurgia Geral, Ortopedia, ultrassonografias e Clínica Médica. A unidade possui 50 leitos de enfermaria e 11 de UTI e é referência para municípios da região do Centro Maranhense.

Continue lendo

Maranhão

SENADOR LA ROCQUE: Governo anuncia pacote de obras

Publicado

em

“É um dia muito alegre aqui em Senador La Rocque, na presença firme do governador Flávio Dino e com muitas realizações. Nós estamos felizes com a missão dada por ele de executarmos diversas ordens de serviço e atendermos melhor a população”, pontuou o presidente da Agência Executiva Metropolitana do Sudoeste Maranhense (Agemsul), Davison Nascimento, sobre o olhar sensível e humanizado do governador Flávio Dino durante a agenda na cidade de Senador La Rocque, na última quarta-feira (21).

Durante a agenda na cidade, foi entregue Sistema de Abastecimento de Água, assinada Ordem de Serviço para a reforma do Estádio Municipal Reinaldão e entregue cestas de alimentos do Programa Comida na Mesa, além de assinatura de Ordens de Serviço para obras em outros municípios da Região Tocantina. O presidente da Agemsul lembrou que as ações refletem a postura de diálogo e apoio aos municípios pela gestão estadual.

Os municípios da Região Metropolitana do Sudoeste Maranhense contemplados nesse momento, foram: Senador La Rocque – requalificação do Estádio Municipal Reinaldão; Campestre, Cidelândia, Itinga, São Francisco do Brejão, Sítio Novo – requalificação e urbanização de campos de futebol de pequeno porte pelo projeto Areninha; Lajeado Novo – revitalização da Praça Celso Pereira de Melo; Montes Altos – revitalização e urbanização da orla; Ribamar Fiquene – revitalização e urbanização da orla de Sumaúma.

Abastecimento de água

Durante a agenda em Senador La Rocque, o governador entregou para a população o Sistema de Abastecimento de Água, no bairro Novo Mucuíba. Uma obra que irá beneficiar com água potável de qualidade centenas de famílias. O novo sistema tem vazão de 70 mil litros por hora, 360 metros de profundidade e compreende cerca de 600 metros de rede adutora, um investimento do Governo do Estado superior a R$ 750 mil. 

Comida na Mesa

Também foram entregues 533 cestas básicas, no âmbito do Programa Comida na Mesa. As cestas serão destinadas a famílias em situação de vulnerabilidade social, em razão das dificuldades oriundas da pandemia da Covid-19.

O governador Flávio Dino destacou o trabalho realizado pela Agemsul. “Quero agradecer ao Davison e toda equipe da Agemsul, porque têm feito um trabalho exemplar na concretização dessas metas. Ele tem tido atenção para verificar o cumprimento dos objetivos, dos resultados e atender com velocidade e, por isso, nós já começamos várias obras. Hoje autorizei o início de mais nove obras e daqui a 15 ou 20 dias, estarei novamente na região. A Agemsul vai concretizar muitos objetivos e metas, sempre visando dois benefícios: primeiro melhorar a vida das pessoas, e segundo gerar emprego e trabalho, mediante essas obras que a Agemsul conclui aqui na Região Tocantina”, declarou.

Continue lendo

Maranhão

IMPERATRIZ: Estabelecimentos noturnos podem voltar a funcionar até 2h da manhã

Publicado

em

Os protocolos sanitários de combate ao contágio e disseminação da Covid-19 continuam vigentes. Além de reforçar as medidas exigidas pelos órgãos de enfrentamento da doença, o novo decreto municipal, divulgado nesta quinta-feira (22), autoriza que todas as atividades econômicas e de aspecto coletivo voltem a funcionar com o horário restrito até 02h00.

Decisão contempla bares, casas de shows e de demais eventos, clubes, áreas comuns de lazer em condomínios, padarias, delicatessen, restaurantes e similares. Esses locais devem obedecer as conformidades estabelecidas na lei de poluição sonora, obrigatoriedade do uso de máscara de proteção, distanciamento social e a disponibilidade de álcool gel aos clientes, assim como a higienização constante das superfícies.

O novo decreto, de número 53, pode ser conferido na íntegra clicando aqui. Importante observar as determinações decretadas, pois o documento é válido até dia 06 de agosto, quando novas medidas serão tomadas ou apenas prorrogadas, a partir da análise do quadro de desenvolvimento da doença na cidade. Vale ressaltar que a flexibilização da Prefeitura leva em consideração vários indicadores positivos.

A campanha de vacinação contra a Covid-19 segue em ritmo acelerado no município, com a previsão da imunização das pessoas de 18 anos ainda em agosto. Até o momento, já foram aplicadas mais de 150 mil doses entre a população de Imperatriz, o que reflete na baixa no número de óbitos e na diminuição na ocupação dos leitos.

Mas lembre-se: flexibilizar não é relaxar. Imunização e as medidas sanitárias continuam fundamentais para barrar o avanço da doença.

Continue lendo
publicidade
publicidade Bronze