- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
segunda-feira, 08 / agosto / 2022
- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
- Publicidade -spot_img
Array

MARANHÃO: Empresário é morto a tiros no bairro Juçara em Imperatriz

Mais Lidas

Mais um homicídio com características de encomenda foi perpetrado em Imperatriz. O quinto assassinato registrado neste mês de dezembro na cidade aconteceu na noite de sexta-feira (9), por volta de 20h30, na Rua Urbano Santos, bairro Juçara.

A vítima foi o empresário do ramo de peças de motocicletas, Aristides de Sousa Milhomem Neto, 48 anos, bastante conhecido em Imperatriz e que atendia também pelo apelido de “Aranha”.

Aristides Neto foi morto a tiros quando se encontrava sentado na porta de sua casa, localizada na Rua Urbano Santos, 553, Juçara. Ele levou cerca de oito tiros, foi levado para o Hospital Municipal, o Socorrão, onde não resistiu às lesões sofridas e veio a óbito. Um irmão de “Aranha”, que se encontrava com ele, teve um tiro disparado em sua direção, mas não foi alvejado.

Ao ser atingida com o primeiro tiro, a vítima conseguiu entrar na área da residência, onde o assassino entrou atirando e executou o empresário. Em seguida, saiu com a arma apontando para as pessoas que estavam passando, subiu na garupa de uma moto preta e fugiu. Segundo testemunhas, o assassino estava de roupa preta e o que pilotava a moto com a qual empreenderam fuga estava de branco. Dez tiros foram efetuados com uma pistola 380, sendo que oito acertaram o peito e barriga de “Aranha”.

Uma motocicleta Honda CG 150, cor preta, placa NNE-0460 de São Miguel do Tocantins, foi deixada no local e seria de um dos dois homens que executaram “Aranha”, os quais teriam chegado em duas motocicletas. A Polícia está investigando para saber se essa moto foi roubada.

O delegado Assis Ramos, demonstrou toda a sua preocupação em função de execuções em série que estão ocorrendo em Imperatriz nos últimos dias. Dias atrás, em entrevista à imprensa, Assis Ramos não descartou a possibilidade de estar existindo em Imperatriz um grupo de pistoleiros matando pessoas por encomenda.

A mesma preocupação foi demonstrada pelo Tenente Coronel Aldimar Zanoni Porto, comandante do 3º Batalhão de Polícia Militar do Estado do Maranhão, com sede em Imperatriz. (O Progresso / Fotos: Blog Notícia da Foto)

- Publicidade -spot_img
Assinar
Notificar-me
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
- Publicidade -spot_img
- Publicidade -spot_img

Últimas Notícias