Connect with us

Maranhão

MARANHÃO: Empresário é morto a tiros no bairro Juçara em Imperatriz

Publicado

em

Mais um homicídio com características de encomenda foi perpetrado em Imperatriz. O quinto assassinato registrado neste mês de dezembro na cidade aconteceu na noite de sexta-feira (9), por volta de 20h30, na Rua Urbano Santos, bairro Juçara.

A vítima foi o empresário do ramo de peças de motocicletas, Aristides de Sousa Milhomem Neto, 48 anos, bastante conhecido em Imperatriz e que atendia também pelo apelido de “Aranha”.

Aristides Neto foi morto a tiros quando se encontrava sentado na porta de sua casa, localizada na Rua Urbano Santos, 553, Juçara. Ele levou cerca de oito tiros, foi levado para o Hospital Municipal, o Socorrão, onde não resistiu às lesões sofridas e veio a óbito. Um irmão de “Aranha”, que se encontrava com ele, teve um tiro disparado em sua direção, mas não foi alvejado.

Ao ser atingida com o primeiro tiro, a vítima conseguiu entrar na área da residência, onde o assassino entrou atirando e executou o empresário. Em seguida, saiu com a arma apontando para as pessoas que estavam passando, subiu na garupa de uma moto preta e fugiu. Segundo testemunhas, o assassino estava de roupa preta e o que pilotava a moto com a qual empreenderam fuga estava de branco. Dez tiros foram efetuados com uma pistola 380, sendo que oito acertaram o peito e barriga de “Aranha”.

Uma motocicleta Honda CG 150, cor preta, placa NNE-0460 de São Miguel do Tocantins, foi deixada no local e seria de um dos dois homens que executaram “Aranha”, os quais teriam chegado em duas motocicletas. A Polícia está investigando para saber se essa moto foi roubada.

O delegado Assis Ramos, demonstrou toda a sua preocupação em função de execuções em série que estão ocorrendo em Imperatriz nos últimos dias. Dias atrás, em entrevista à imprensa, Assis Ramos não descartou a possibilidade de estar existindo em Imperatriz um grupo de pistoleiros matando pessoas por encomenda.

A mesma preocupação foi demonstrada pelo Tenente Coronel Aldimar Zanoni Porto, comandante do 3º Batalhão de Polícia Militar do Estado do Maranhão, com sede em Imperatriz. (O Progresso / Fotos: Blog Notícia da Foto)

publicidade
FAÇA UM COMENTÁRIO
Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.
Faça um comentário

Maranhão

ESTREITO: Orla corre risco de desmoronamento

Publicado

em

A Defesa Civil informou que há riscos de desmoronamento em partes da estrutura da Orla, na cidade de Estreito, na região Tocantina maranhense, que faz divisa com o Bico do Papagaio.

A Prefeitura solicitou que a população não ultrapasse as áreas interditadas que estão identificadas com as fitas zebradas.

Continue lendo

Maranhão

IMPERATRIZ: Marginais estão saqueando casas alagadas

Publicado

em

Famílias da cidade de Imperatriz, na região Tocantina, sul do Maranhão, que faz divisa com o Bico do Papagaio, em São Miguel, além de passagem por sérias dificuldades por conta da enchente do Rio Tocantins, estão sendo vítimas de criminosos que estão saqueando as casas durante a madrugada.

Os marginais estão roubando telhas e fiação elétrica das residências.

A Polícia Militar de Imperatriz deflagrou a “Operação Anfibius” para caçar os delinquentes. A operação, que irá ocorrer até a normalização do nível do Rio Tocantins, com patrulhamento nas áreas alagadas com utilização de carros e lanchas.

Continue lendo

Maranhão

Técnico de enfermagem é suspeito de furtar medicamentos da rede pública no Maranhão

Publicado

em

Um técnico de enfermagem, pertencente a Rede Municipal de Saúde de Santa Luzia, a 294 km de São Luís, foi preso na tarde de domingo (16) suspeito de furtar medicamentos do hospital do município. A prisão foi realizada pela Polícia Militar (PM) após denúncia anônima.

A PM foi informada que o técnico de enfermagem, de 46 anos, que não teve a sua identidade revelada, aproveitava os plantões de fim de semana para praticar os furtos. A polícia revistou o carro do funcionário e no local foram encontrados alguns medicamentos do hospital público.

A polícia apreendeu frascos, de pelo menos, oito tipos de medicamentos. Além disso, foi encontrada uma carteira de identidade com a foto dele e o nome de outro homem. Também havia com ele um bloco de receita de controle especial, que fica sob responsabilidade do diretor do hospital e que somente o diretor deveria liberar esse documento.

Os policiais ainda apreenderam também carimbos em nome de dois médicos. O técnico de enfermagem foi apresentado na delegacia de Polícia Civil de Santa Inês.

Continue lendo
publicidade
publicidade Bronze