Connect with us

Maranhão

MARANHÃO: Estradas asfaltadas começam a modificar o mapa rodoviário do Estado

Publicado

em

Quatro estradas inauguradas, 135 quilômetros de asfalto novo e mais de 150 mil pessoas diretamente beneficiadas. Este é o balanço inicial do Programa Viva Infraestrutura nos cinco primeiros meses de 2010.

Com 100% das obras do biênio 2009/2010 em andamento, as obras de asfaltamento e restauração de estradas coordenadas pela Secretaria e Estado de Infraestrutura estão, quase todas, em fase final e o cronograma de entrega das novas rodovias deve ser incrementado no mês de junho.

Desde o início do ano, a determinação do Governo do Estado é para que as máquinas trabalhem em ritmo acelerado. Em janeiro, foi entregue a obra de restauração da MA-122, trecho de 31 quilômetros desde o povoado Independência, em Peritoró, passando por Lima Campos e chegando até Pedreiras. O trecho foi um dos mais castigados pelas chuvas de 2008, que provocaram alagamentos e cortes da estrada em vários pontos.

Em abril, mais 60 quilômetros. A MA-132, que liga Colinas a Buriti-Bravo, um sonho antigo da população local e cuja pavimentação havia sido abandonada pelo governo anterior, foi entregue durante a visita da governadora Roseana Sarney à região.

Em discurso emocionado, o prefeito de Buriti Bravo, Nonato Pereira (PDT), lembrou o fato de a obra ter sido abandonada. “Sabemos que, neste governo, as coisas acontecem e por isso estamos reivindicando também a conclusão do nosso Anel Viário. O governo passado foi irresponsável porque deu um Anel Viário para o município e não concluiu os serviços”, afirmou.

Em maio, o Governo do Estado entregou mais duas importantes obras à população: a restauração da MA-020, entre o povoado Leite, às margens da BR-222, e o município de Presidente Vargas, e a pavimentação da MA-349, entre Caxias e Aldeias Altas. O primeiro trecho possui 11 quilômetros de extensão; o segundo, 33 quilômetros.

De acordo com o secretário de Infraestrutura, Fernando Leal, a rapidez na conclusão das obras e a previsão de entrega de ainda mais rodovias prontas até o fim deste mês refletem o cuidado que o Governo do Estado teve ao montar o plano rodoviário que compõe o Programa Viva Infraestrutura.

“A verdade é que o Maranhão tinha uma malha rodoviária sucateada. Praticamente tudo o que existia de asfalto no estado tinha sido feito há muito tempo e, com o período chuvoso extenso que existe aqui e a falta de conservação, as estradas estavam se deteriorando. Foi pensando em acabar com esse problema que o Programa Viva Infraestrutura foi desenvolvido. E os resultados começam a aparecer”, explica o secretário.

Mais estradas

Em junho, a Sinfra pretende entregar sete trechos totalmente restaurados e pavimentados. No total, são outros 249 quilômetros de asfalto novo. Entre eles, a obra de restauração dos 9 quilômetros da MA-202 (Estrada da Maioba). A via era considerada um “trecho-problema”, devido às deficiências na drenagem e dificuldades encontradas por conta do chamado “grade” da pista, o que ocasionava alagamentos constantes.

Na Região do Médio Mearim – que já foi beneficiada com a restauração da MA-122 – serão entregues os 73 km de restauração da MA-245, entre Pedreiras e Lago da Pedra, e os 20 km de restauração da MA-119, entre Lago da Pedra e Paulo Ramos.

Entre a BR-316 e o município de Lago Verde, o Governo do Estado deve entregar também a obra de restauração da MA-326. São 15 quilômetros de estrada totalmente recuperada. Situação que se repete na MA-020, trecho de 10 km entre Vargem Grande e Nina Rodrigues, e na MA-345, trecho de 76 km entre São Bernardo e o povoado Pirangi, na divisa do Maranhão com o Piauí.

Em Porto Rico, na Baixada Maranhense, a população aguarda com ansiedade a inauguração MA-302, que liga o município à MA-304 e é a única ligação da cidade com o resto do estado. A estrada era de terra até o ano passado e, agora, depende apenas da conclusão da sinalização para ser entregue.

“O que se vê, é que o Governo do Estado está trabalhando em todas as regiões do Maranhão, sem distinções, sem apego a colorações partidárias e o resultado é o trabalho sendo reconhecido pela classe política e, principalmente, pela população, que é quem mais depende dessas estradas”, conclui Fernando Leal.

publicidade
FAÇA UM COMENTÁRIO
Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.
1 Comment

Maranhão

IMPERATRIZ: Campanha de Multivacinação acontece entre 01 a 29 de outubro

Publicado

em

A Secretaria Municipal de Saúde (SEMUS) realiza entre os dias 01 e 29 de outubro a campanha de multivacinação em crianças e adolescentes menores de 15 anos. Objetivo é atualizar as vacinas dos jovens e melhorar as coberturas vacinais para diminuir a incidência das doenças imunopreviníveis. 

O secretário de Saúde, Alcemir Costa, ressalta a importância da imunização para garantir o controle e eliminação de doenças como pólio, rubéola e síndrome da rubéola congênita. “É inadmissível termos registro de doenças que já existem antídotos para preveni-las. Faremos uma campanha voltada à busca ativa das nossas crianças e jovens, disponibilizando todas as vacinas do calendário nacional” – ressaltou. 

Alcemir acrescenta que política de saúde se faz com ações preventivas, e as vacinas são fundamentais nesse processo. Ele explica que para atender a campanha, as 39 Unidades Básicas de Saúde (UBS) de Imperatriz estão aptas a atender os adolescentes. Ao observar as cadernetas e identificar qualquer vacina em atraso, os pais devem procurar uma dessas unidades para seu filho receber a dose. 

“O horário de atendimento é das 8h às 16h: “Nosso atendimento é até 17h, mas por questão da logística de armazenamento e uso das vacinas, as senhas serão entregues até 16h” – informou a coordenadora de Imunização do Município, Socorro Ribeiro. 

Vacinas disponíveis para campanha:

Vacinas disponibilizadas para crianças: BCG; Hepatite B; Poliomielite 1,2,3 (VIP – inativada); Poliomielite 1 e 3 (VOP – atenuada); Rotavírus humano G1P1 (VRH); DTP+Hib+HB (Penta); Pneumocócica 10 valentes; Meningocócica C (conjugada); Febre Amarela (Atenuada); Sarampo, Caxumba, Rubéola (SCR); Sarampo, Caxumba, Rubéola e Varicela (SCRV); Hepatite A (HA); Difteria, Tétano, Pertussis (DTP); Difteria, Tétano (dT); Papilomavírus Humano (HPV); Varicela, pneumocócica 23-valente (Pncc 23*), vacina indicada para população indígena a partir dos cinco anos de idade.

Vacinas disponibilizadas para adolescentes: Hepatite B (HB recombinante); Difteria, Tétano (dT); Febre amarela (Atenuada); Sarampo, Caxumba e Rubéola (SCR); Papilomavírus humano (HPV); Meningocócica ACWY (conjugada); Pneumocócica 23-valente (Pncc 23) vacina indicada para população indígena.

Continue lendo

Maranhão

Operação combate furto de energia em municípios do Maranhão

Publicado

em

Visando apurar denúncias de furto de energia, a Polícia Civil do Maranhão realizou entre os 12 e 18 de setembro, uma ação policial batizada de “Operação Mormaço”, que resultou em seis prisões nos municípios de Colinas e Timon. A ação policial foi deflagrada pela Departamento de Defesa De Serviços Delegados(DDSD) vinculado a Superintendência Estadual de Investigações Criminais(SEIC).

A operação, que contou com o apoio de equipes da Equatorial Maranhão, resultou na inspeção de 12 locais distintos e na lavratura de 6 autos de prisão em flagrante, e na identificação do “fraudador-chefe” responsável pela prática de instalação de dispositivo acionado por controle remoto, oriundo da cidade de Teresina, capital do Piauí, o qual já foi devidamente identificado e será indiciado.

Na cidade de Colinas duas pessoas foram presas em flagrante com irregularidade em residências e  estabelecimentos comerciais. Já o município de Timon, quatro pessoas foram autuadas em flagrante por prática fraudulenta em suas residências nos bairros Vila João Reis; Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, Boa Vista e Jóia.

Continue lendo

Maranhão

Policiais penais estavam facilitando entrada de celulares para presos na Penitenciária de Pedrinhas no Maranhão

Publicado

em

Uma operação da Polícia Civil do Maranhão foi deflagrada na manhã desta sexta-feira(24), visando cumprir mandados de busca e apreensão e de prisão preventiva contra alvos investigados de participarem de uma associação criminosa que ofereceria vantagens para presos do sistema prisional de São Luís. Como resultado da ação policial, três pessoas foram presas em São Luís, entra elas, um policial penal.

Segundo as investigações da Superintendência Estadual de Prevenção e Combate à Corrupção(SECCOR), dois policiais penais e familiares de um deles teriam envolvimento em extorsões praticadas contra presos. Consta que o grupo obteve vantagens financeiras junto a presos para viabilizar a entrada de aparelhos celulares dentro do Complexo Penitenciário de Pedrinhas, além de influenciarem nos processos de saídas temporárias indevidas. Segundo às investigações, o esquema criminosos se sustentou entre os anos de 2019 e 2021.


Além da prisão de um dos policiais penais, a Polícia Civil do Maranhão também prendeu duas pessoas que seriam parentes do mesmo e que integravam a quadrilha. Após serem submetidos aos processos legais na SECCOR, os presos devem ser recambiados à Unidade Prisional de São Luís.

Continue lendo
publicidade
publicidade Bronze