Connect with us

Maranhão

MARANHÃO: Governo convoca municípios para mobilização contra a Hepatite B

Publicado

em

O Governo do Maranhão está alertando e convocando os 217 municípios para participarem de uma mobilização contra a hepatite B, direcionada, principalmente, aos jovens de 11 a 19 anos, faixa etária cuja cobertura vacinal no Maranhão e no restante do país está muito baixa. Uma das estratégias encontradas é desenvolver parcerias com o objetivo de disponibilizar a vacina contra a doença em escolas da rede pública da capital e interior do estado.

Neste contexto, São Luís será o primeiro município a iniciar a vacinação, que acontecerá em etapas. A partir desta segunda-feira, 8, e até o próximo dia 12 deste mês, 17 escolas da rede pública municipal e estadual de São Luís serão alvos da mobilização, que espera atingir cerca de oito mil alunos com idade entre seis e 19 anos, matriculados nos turnos matutino, vespertino e noturno.

O trabalho será executado pela Secretaria Municipal de Saúde (Semus) e conta com o apoio da Secretaria de Estado da Saúde (SES), e das Secretarias de Estado e Municipal da Educação. A vacina contra a hepatite B é ministrada em três doses, com intervalos de 30 dias da primeira para a segunda e 160 dias para a última dose.  

“A intenção é aplicar as duas primeiras doses até dezembro para que os jovens dêem início às férias com o processo de imunização da doença já iniciado. Estamos solicitando ainda que eles levem a carteira de vacinação para a escola porque acreditamos que muitas pessoas já estão vacinadas”, explicou o coordenador do Programa de Hepatites Virais da SES, Genildo Cardoso. 

Além da capital, a SES está em intensa articulação com os municípios de Caxias, Imperatriz e Codó, que em breve devem divulgar o cronograma de atividades nas escolas. Nesta primeira fase, serão beneficiados os alunos das unidades de ensino que mantêm o Programa Saúde na Escola. “Hoje, existem 102 municípios com o Saúde na Escola e de imediato estamos utilizando o Programa para fazer a mobilização, mas a nossa intenção é ampliar o leque para outras instituições e municípios”, destacou Cardoso.

O coordenador das Hepatites Virais disse que o Ministério da Saúde vem recomendando esta vacinação aos Estados e Municípios por entender que é preciso proteger a faixa etária de 11 a 19 anos, cuja cobertura vacinal não é satisfatória. E para completar, segundo as autoridades de saúde, estes jovens vivem em situação de vulnerabilidade. Segundo dados da SES, no Maranhão, em 2010 foram notificados 174 casos de hepatite B, sendo dois entre jovens de 10 a 14, cuja cobertura vacinal contra a doença B é de quase 80%. Na faixa etária dos 15 aos 19, são outros 12 casos, sendo que a cobertura é ainda mais baixa: 37,38%.

“Os jovens estão iniciando a vida sexual cada vez mais cedo e sem a proteção do preservativo. Além disso, é uma faixa etária mais exposta a objetos pérfuro-cortantes de uso compartilhado como é o caso das seringas. Por outro lado, como eles não têm mais acompanhamento tão de perto dos pais, e a vacina não é obrigatória, eles dificilmente procuram as salas de vacinação”, explicou ele.

A doença

As hepatites são doenças graves que atacam o fígado, um dos órgãos mais importantes do corpo humano. Os cinco principais tipos (A, B, C, D e E) são causados por vírus que podem passar de uma pessoa para outra. As hepatites geralmente não apresentam sintomas. Quando aparecem podem provocar cansaço, tontura ou ânsia de vômito. Muitas vezes, a pele e os olhos ficam amarelados, a urina escura e as fezes mais claras.

A medida mais eficaz e de melhor custo-benefício para interromper a cadeia de transmissão da hepatite B consiste na vacinação dos indivíduos antes da exposição ao vírus, tendo em vista ser essa uma doença grave e sexualmente transmissível. “É importante que a vacina contra a hepatite B está disponível nos postos de saúde para crianças e adolescentes menores de 20 anos, profissionais de saúde, manicures, podólogos, gestantes a partir do terceiro mês, entre outros”, frisou Genildo Cardoso.

publicidade
FAÇA UM COMENTÁRIO
Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.
Faça um comentário

Maranhão

IMPERATRIZ: Feirinha do Bacuri passa por reforma e modernização

Publicado

em

Após duas décadas de espera, o Mercado da Feirinha do Bacuri passa por importante reforma e modernização. Objetivo é melhorar as instalações elétricas, hidráulicas e sanitárias, para proporcionar mais conforto aos trabalhadores e consumidores. Ação foi iniciada em setembro de 2020, pela Secretaria Municipal de Infraestrutura e Serviços Públicos, Sinfra.

Assim que finalizada, obra beneficiará trabalhadores, consumidores e também toda a comunidade da região. O empreendimento é executado em três etapas, por se tratar de uma estrutura dividia em três blocos. Ao finalizar a obra em uma parte, logo a equipe da Sinfra passa a trabalhar na seguinte, para que as atividades do local não sejam suspensas por completo.

Dessa forma, os feirantes que atuam no primeiro bloco, no qual se deu o início da reforma e modernização, foram realocados para outros boxes vazios, localizados ainda dentro do Mercado do Bacuri. Por conta da pandemia do Novo Coronavírus, Covid-19, houve um atraso na obra em decorrência do isolamento social e do desabastecimento de materiais de construção, mas as atividades comerciais no espaço seguem normalizadas.

A Secretaria de Agricultura, Abastecimento e Produção, Seaap, é a responsável pela administração dos mercados municipais. O secretário da Seaap, Valdir Torres, explica que apesar do pequeno atraso na obra, os trabalhadores da feira não foram prejudicados. “Nenhum feirante deixou de exercer suas atividades na Feirinha do Bacuri. O feirante pode não estar utilizando o box que costumeiramente era dele, mas está utilizando, temporariamente, um espaço dentro do prédio”, disse.

Continue lendo

Maranhão

IMPERATRIZ: Mariana Carvalho articula e se aproxima de Alberto Sousa presidente da Câmara

Publicado

em

Na semana passada, Mariana Carvalho (PSC), que foi ex-candidata a prefeita e hoje é presidente do Partido Social Cristão (PSC) de Imperatriz, esteve no gabinete da presidência da Câmara Municipal.

Mariana foi a postulante mais jovem (26 anos) das últimas eleições locais, é imperatrizense e obteve 10.009 votos, o que lhe garantiu o 5º lugar entre 10 concorrentes.

Mariana conversou com o presidente Alberto Souza (PDT), momento em que pôde parabenizá-lo pela reeleição e também pela conquista da presidência, além de poder conversar sobre conjunturas políticas e projetos para 2022.

“Alberto mostrou que é possível agregar, unir forças em um só propósito e está aqui hoje demonstrando que vai fazer um bom trabalho, voltado realmente para a população de Imperatriz. Com uma casa que tenha cada vez mais acesso às pessoas e o poder legislativo esteja, de fato, perto do povo. Isso é o que realmente importa e interessa para todos nós. Ele também parabenizou nossa participação na campanha e eu me sinto realizada por ter o reconhecimento de mais uma autoridade. Desejo um bom trabalho, que ele continue com essa capacidade de unir, agregar e pensar nas pessoas, nesse momento e sempre”, disse.

O presidente retribui e tratou sobre o aprendizado que todos os candidatos tiveram na campanha de 2020, as expectativas para a cidade e os planejamentos que vem pela frente, sempre numa construção através do entendimento, da união de forças para fazer a boa política e avançar na melhoria da qualidade de vida dos imperatrizenses.

“Mariana tem nosso respeito, principalmente pela forma como conduziu o seu projeto político. Passou por um grande teste e não sumiu do radar, com um discurso de propostas, teve um grande desempenho com uma posição forte e um grande discurso. Tenho certeza que ela vai poder contribuir muito com nossa cidade”, afirmou.

Continue lendo

Maranhão

IMPERATRIZ: Homem sem uma perna é preso suspeito de furtar loja

Publicado

em

Imagens de segurança mostram um homem com deficiência física soltando as muletas e escalando apenas com uma perna um poste para entrar em um estabelecimento comercial de Imperatriz nessa sexta-feira (22).

De acordo com informações da polícia, o homem teria quebrado o forro de uma loja localizada no Centro da cidade e furtado dinheiro. Os agentes policiais conseguiram identificar o suspeito, que foi apresentado no Plantão Central de Imperatriz.

Ainda segundo a polícia, o homem é apontado como autor de dois furtos que aconteceram na semana passada. Após a prisão, ele foi ouvido e liberado por estar fora do flagrante.

Continue lendo
publicidade Bronze