Connect with us

Maranhão

MARANHÃO: Governo convoca municípios para mobilização contra a Hepatite B

Publicado

em

O Governo do Maranhão está alertando e convocando os 217 municípios para participarem de uma mobilização contra a hepatite B, direcionada, principalmente, aos jovens de 11 a 19 anos, faixa etária cuja cobertura vacinal no Maranhão e no restante do país está muito baixa. Uma das estratégias encontradas é desenvolver parcerias com o objetivo de disponibilizar a vacina contra a doença em escolas da rede pública da capital e interior do estado.

Neste contexto, São Luís será o primeiro município a iniciar a vacinação, que acontecerá em etapas. A partir desta segunda-feira, 8, e até o próximo dia 12 deste mês, 17 escolas da rede pública municipal e estadual de São Luís serão alvos da mobilização, que espera atingir cerca de oito mil alunos com idade entre seis e 19 anos, matriculados nos turnos matutino, vespertino e noturno.

O trabalho será executado pela Secretaria Municipal de Saúde (Semus) e conta com o apoio da Secretaria de Estado da Saúde (SES), e das Secretarias de Estado e Municipal da Educação. A vacina contra a hepatite B é ministrada em três doses, com intervalos de 30 dias da primeira para a segunda e 160 dias para a última dose.  

“A intenção é aplicar as duas primeiras doses até dezembro para que os jovens dêem início às férias com o processo de imunização da doença já iniciado. Estamos solicitando ainda que eles levem a carteira de vacinação para a escola porque acreditamos que muitas pessoas já estão vacinadas”, explicou o coordenador do Programa de Hepatites Virais da SES, Genildo Cardoso. 

Além da capital, a SES está em intensa articulação com os municípios de Caxias, Imperatriz e Codó, que em breve devem divulgar o cronograma de atividades nas escolas. Nesta primeira fase, serão beneficiados os alunos das unidades de ensino que mantêm o Programa Saúde na Escola. “Hoje, existem 102 municípios com o Saúde na Escola e de imediato estamos utilizando o Programa para fazer a mobilização, mas a nossa intenção é ampliar o leque para outras instituições e municípios”, destacou Cardoso.

O coordenador das Hepatites Virais disse que o Ministério da Saúde vem recomendando esta vacinação aos Estados e Municípios por entender que é preciso proteger a faixa etária de 11 a 19 anos, cuja cobertura vacinal não é satisfatória. E para completar, segundo as autoridades de saúde, estes jovens vivem em situação de vulnerabilidade. Segundo dados da SES, no Maranhão, em 2010 foram notificados 174 casos de hepatite B, sendo dois entre jovens de 10 a 14, cuja cobertura vacinal contra a doença B é de quase 80%. Na faixa etária dos 15 aos 19, são outros 12 casos, sendo que a cobertura é ainda mais baixa: 37,38%.

“Os jovens estão iniciando a vida sexual cada vez mais cedo e sem a proteção do preservativo. Além disso, é uma faixa etária mais exposta a objetos pérfuro-cortantes de uso compartilhado como é o caso das seringas. Por outro lado, como eles não têm mais acompanhamento tão de perto dos pais, e a vacina não é obrigatória, eles dificilmente procuram as salas de vacinação”, explicou ele.

A doença

As hepatites são doenças graves que atacam o fígado, um dos órgãos mais importantes do corpo humano. Os cinco principais tipos (A, B, C, D e E) são causados por vírus que podem passar de uma pessoa para outra. As hepatites geralmente não apresentam sintomas. Quando aparecem podem provocar cansaço, tontura ou ânsia de vômito. Muitas vezes, a pele e os olhos ficam amarelados, a urina escura e as fezes mais claras.

A medida mais eficaz e de melhor custo-benefício para interromper a cadeia de transmissão da hepatite B consiste na vacinação dos indivíduos antes da exposição ao vírus, tendo em vista ser essa uma doença grave e sexualmente transmissível. “É importante que a vacina contra a hepatite B está disponível nos postos de saúde para crianças e adolescentes menores de 20 anos, profissionais de saúde, manicures, podólogos, gestantes a partir do terceiro mês, entre outros”, frisou Genildo Cardoso.

publicidade
FAÇA UM COMENTÁRIO
Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.
Faça um comentário

Maranhão

IMPERATRIZ: Com vitória de Braide em São Luís, Josivaldo JP vai assumir cadeira de deputado federal

Publicado

em

A vitória de Eduardo Braide (PODEMOS), para prefeito de São Luís, capital do Maranhão, neste domingo, 29, derrotando Duarte Júnior (REPUBLICANOS), beneficiou também o empresário imperatrizense, Josivaldo JP, que é primeiro suplente de deputado federal pela Coligação PMN/PHS, constituída na eleição de 2018.

A referida coligação acabou elegendo dois deputados federias, Braide e Pastor Gildenemyr, ambos do PMN na época. Braide mudou para o PODEMOS, onde se elegeu prefeito.

Josivaldo JP que acabou se tornando um dos principais interessados na vitória de Braide na capital, vai agora assumir a titularidade do mandato, com a renúncia de Braide, para assumir o comando da Prefeitura de São Luís.

Josivaldo teve 23.113 e disputou a eleição pelo PHS.

Continue lendo

Maranhão

Flávio Dino solicita antecipação da campanha de vacinação da gripe no Maranhão

Publicado

em

Na última reunião do ano do Conselho Nacional da Amazônia Legal, nesta quinta-feira (26), o governador Flávio Dino solicitou ao presidente do Conselho e vice-presidente da República, Hamilton Mourão, que seja antecipada a campanha de vacinação da gripe (influenza). 

“No Maranhão começou o período de chuvas e as síndromes gripais começam a aparecer. É muito importante antecipar a vacina da gripe para proporcionar melhores condições operacionais no combate ao coronavírus e à influenza”, disse o governador. 

Meio Ambiente

Na reunião virtual, o governador divulgou ainda que em 2020, o Maranhão apresentou um menor número de queimadas, quando comparado com o ano anterior. “Agora, aqui no Maranhão, as queimadas começam fortemente a declinar. O nosso indicador de 2020 foi menor que o 2019 e ficou abaixo média histórica do Maranhão, no que se refere a queimadas, focos de incêndio”, disse o governador ao ressaltar a atuação do Governo do Estado por meio do Corpo de Bombeiros e secretarias do Meio Ambiente e Agricultura, em conjunto com produtores e agricultores de todo o estado. 

Outro tema abordado durante o encontro foi o Zoneamento Ecológico Econômico (ZEE). O Maranhão já concluiu todo o zoneamento do Bioma Amazônico e está em fase de execução do bioma Cerrado-Costeiro. “Até meados de 2021 teremos 100% do território com maranhense com o ZEE aprovado em lei na Assembleia Legislativa do Maranhão”, afirmou Dino. 

O governador questionou ainda sobre o repasse de recursos do Fundo da Amazônia e sugeriu a temática da bioeconomia, com maior sinergia entre setor público e o privado. “No Maranhão nós temos muitas possibilidades de arranjos produtivos significativos e ter um PPP da produção, da bioeconomia, seria uma boa oportunidade para geração de trabalho no estado”, finalizou o governador.

Continue lendo

Maranhão

IMPERATRIZ: Governo vistoria obras de pavimentação e reforma do prédio da AIL

Publicado

em

O titular da Secretaria de Estado Extraordinária da Região Tocantina (SEERT), Pastor Luiz Carlos Porto, vistoriou as obras realizadas pelo Governo do Estado na cidade de Imperatriz. Ele informou que após a pandemia do coronavírus (Covid-19) serão vistoriadas obras em outros municípios que estão na área de abrangência da SEERT.

No Parque São José, a principal reivindicação dos moradores era o asfaltamento do segmento da Rua Rui Barbosa, uma das principais artérias do bairro, que foi incluída no programa Mais Asfalto. Outra via beneficiada com as obras da gestão estadual é a Rua do Buritizal, no Parque das Palmeiras II. 

O secretário Luiz Carlos Porto explicou que várias ruas estão sendo beneficiadas, incluindo as vias em periferias. “O secretário de Infraestrutura, Clayton Noleto, vem realizando um grande trabalho”, afirmou.

AIL

Entre as obras vistoriadas pelo secretário Luiz Carlos Porto encontra-se a de restauração do prédio que abriga a Academia Imperatrizense de Letras (AIL), um dos mais suntuosos e antigos da cidade.

Por determinação do governador Flávio Dino, as obras continuam aceleradas, a expectativa é que o prédio seja entregue à população de Imperatriz até o dia 15 de dezembro.

Na companhia do presidente da AlL, Raimundo Trajano Neto, o secretário Luiz Carlos Porto tem acompanhado o trabalho dos operários, que seguem o projeto de reforma preservando a originalidade da bela arquitetura do prédio.

Aprovado pela unanimidade dos acadêmicos, a partir de sua reinauguração o prédio será nomeado como Paço da Cultura Sálvio Dino, em homenagem ao saudoso acadêmico Sálvio Dino, falecido recentemente.

Continue lendo
publicidade Bronze