Connect with us

Maranhão

MARANHÃO: Governo e lideranças indígenas discutem demandas para a educação

Publicado

em

Uma comissão formada por técnicos das secretarias de Estado da Educação e de Igualdade Racial receberam, na tarde desta segunda-feira, 22, lideranças indígenas de várias etnias, com o objetivo de discutir ações ligadas à área de educação para as aldeias.

Participaram da reunião, a secretária de Igualdade Racial, Claudete Ribeiro, a secretária-adjunta de Planejamento e Orçamento da Seduc, Ivana Colvara, a secretária adjunta de Ensino, Graça Tajra, a supervisora de Educação Indígena, Isa Quadros, a superintendente de Modalidades e Diversidades Educacionais, Leonor Penha, a supervisora de Alimentação Escolar, Ana Ayres, entre outros.

Representando o Ministério Público, estava o promotor José Cláudio Cabral, assessor da procuradora-geral de Justiça. Em nome da Secretaria de Representação Institucional no Distrito Federal participou o secretário adjunto Marco Antônio Toccolini.

Durante a reunião, os índios relataram suas demandas concernentes ao setor educacional, principalmente em relação à merenda escolar, à construção de novas escolas e transporte escolar. Eles solicitaram uma reavaliação dos itens da merenda escolar e pediram ao governo que repense a estratégia de repasse dos recursos.

Para os índios, seria melhor que os recursos fossem repassados diretamente às associações comunitárias, com as quais ficaria a responsabilidade de comprar os itens da merenda.  Ana Ayres informou que a Secretaria de Educação já definiu a inclusão na merenda de gêneros da agricultura familiar, a exemplo de frutas e verduras.

Segundo Marco Antônio Toccolini, o Governo do Estado está se empenhando para sanar todos os problemas indígenas e atender o mais rápido possível às suas demandas. Ele disse que a governadora Roseana Sarney determinou atendimento prioritário às necessidades dos indígenas.

“Para isso, criamos um Comitê Gestor, formado por representantes das secretarias de Igualdade Racial e de representação em Brasília. Estamos acompanhando e buscando soluções. Estamos acompanhando todos os passos”, disse Marco Antônio Toccolini.

A secretária adjunta da Seduc, Ivana Colvara, sugeriu encontros periódicos com a participação de representantes das duas secretarias nas próprias áreas indígenas e a idéia foi acatada por eles. “Será uma forma de discutirmos os problemas de cada região, para podermos agilizar as soluções”, finalizou Ivana Colvara.

publicidade
FAÇA UM COMENTÁRIO
Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.
Faça um comentário

Maranhão

IMPERATRIZ: Com vitória de Braide em São Luís, Josivaldo JP vai assumir cadeira de deputado federal

Publicado

em

A vitória de Eduardo Braide (PODEMOS), para prefeito de São Luís, capital do Maranhão, neste domingo, 29, derrotando Duarte Júnior (REPUBLICANOS), beneficiou também o empresário imperatrizense, Josivaldo JP, que é primeiro suplente de deputado federal pela Coligação PMN/PHS, constituída na eleição de 2018.

A referida coligação acabou elegendo dois deputados federias, Braide e Pastor Gildenemyr, ambos do PMN na época. Braide mudou para o PODEMOS, onde se elegeu prefeito.

Josivaldo JP que acabou se tornando um dos principais interessados na vitória de Braide na capital, vai agora assumir a titularidade do mandato, com a renúncia de Braide, para assumir o comando da Prefeitura de São Luís.

Josivaldo teve 23.113 e disputou a eleição pelo PHS.

Continue lendo

Maranhão

IMPERATRIZ: Imagem inusitada nas Quatro Bocas

Publicado

em

Nesta noite de sábado, 29, uma cena chamou atenção dos frequentadores da região das Quatro Bocas, na cidade de Imperatriz, na região Tocantina, no estado do Maranhão.

Uma mulher foi vista comendo panelada, uma comida tradicional da região, em trajes, digamos, bem à vontade. Depois de comer, a mulher embarcou em um mototáxi e foi embora.

Continue lendo

Maranhão

Flávio Dino solicita antecipação da campanha de vacinação da gripe no Maranhão

Publicado

em

Na última reunião do ano do Conselho Nacional da Amazônia Legal, nesta quinta-feira (26), o governador Flávio Dino solicitou ao presidente do Conselho e vice-presidente da República, Hamilton Mourão, que seja antecipada a campanha de vacinação da gripe (influenza). 

“No Maranhão começou o período de chuvas e as síndromes gripais começam a aparecer. É muito importante antecipar a vacina da gripe para proporcionar melhores condições operacionais no combate ao coronavírus e à influenza”, disse o governador. 

Meio Ambiente

Na reunião virtual, o governador divulgou ainda que em 2020, o Maranhão apresentou um menor número de queimadas, quando comparado com o ano anterior. “Agora, aqui no Maranhão, as queimadas começam fortemente a declinar. O nosso indicador de 2020 foi menor que o 2019 e ficou abaixo média histórica do Maranhão, no que se refere a queimadas, focos de incêndio”, disse o governador ao ressaltar a atuação do Governo do Estado por meio do Corpo de Bombeiros e secretarias do Meio Ambiente e Agricultura, em conjunto com produtores e agricultores de todo o estado. 

Outro tema abordado durante o encontro foi o Zoneamento Ecológico Econômico (ZEE). O Maranhão já concluiu todo o zoneamento do Bioma Amazônico e está em fase de execução do bioma Cerrado-Costeiro. “Até meados de 2021 teremos 100% do território com maranhense com o ZEE aprovado em lei na Assembleia Legislativa do Maranhão”, afirmou Dino. 

O governador questionou ainda sobre o repasse de recursos do Fundo da Amazônia e sugeriu a temática da bioeconomia, com maior sinergia entre setor público e o privado. “No Maranhão nós temos muitas possibilidades de arranjos produtivos significativos e ter um PPP da produção, da bioeconomia, seria uma boa oportunidade para geração de trabalho no estado”, finalizou o governador.

Continue lendo
publicidade Bronze