- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
segunda-feira, 16 / maio / 2022
- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
- Publicidade -spot_img
Array

MARANHÃO: Iniciada formação de professores para Olimpíada de Língua Portuguesa

Mais Lidas

Teve início, nesta quinta-feira (13) e se estende até sábado (15), no São Luís Hotel, a Formação Presencial da Olimpíada de Língua Portuguesa, para professores das redes estadual e municipal, técnicos e coordenadores pedagógicos. A ação é promovida pela parceria entre o Ministério da Educação (MEC), Secretaria de Estado de Educação (Seduc), Fundação Itaú Social (FIS) e Centro de Estudos e Pesquisas em Educação, Cultura e Ação Comunitária (Cenpec).

A Olimpíada de Língua Portuguesa (OLP) é direcionada a professores e alunos das 7ª e 8ª séries (8º e 9º anos ) do Ensino Fundamental e os de 2º e 3º anos do Ensino Médio, com o propósito de contribuir para a melhoria da leitura e da escrita, valorizando a interação dos estudantes com a realidade em que vivem.

Para a coordenadora estadual da OLP na Seduc, Rosangela Diniz Soares, a Olimpíada se diferencia dos outros concursos por preparar antecipadamente tanto os professores e, principalmente, os estudantes, para se submeterem à disputa com igualdade de condições. “É um concurso diferenciado por preparar profissionais da educação para trabalharem em sala de aula com alunos, temáticas relacionadas à língua portuguesa, assegurando assim uma participação acirrada e com igualdade de condições a todos os participantes”, informou a coordenadora.

Numa promoção educativa do Programa Escrevendo o Futuro, a OLP adota metodologia diferente dos demais concursos literários e uma sistemática bienal: nos anos pares são feitas as inscrições das escolas, enviados os textos para seleção e realizadas as etapas de classificação (Escolar, Municipal, Estadual, Regional e Nacional), enquanto nos anos ímpares acontecem as formações presenciais e a distância de professores.

 “A Olimpíada de Português é de fundamental importância por não se resumir apenas ao concurso de textos. Contribui para o desenvolvimento total do aluno tanto na questão do letramento, quanto na preparação do estudante como cidadão, capaz de desenvolver uma percepção crítica da realidade em que ele está inserido”, observou a professora Rosa de Maria Sorges Lima, do CE Dom Garelli, no município de Pinheiro.

Ao participar da Olimpíada de Língua Portuguesa o aluno concorre em quatro categorias: poema, memórias, crônicas e artigo de opinião. Os semifinalistas recebem como premiação coleção de livros, um aparelho de som e medalha de prata. O campeão receberá o prêmio de um computador e uma impressora.

- Publicidade -spot_img
Assinar
Notificar-me
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
- Publicidade -spot_img
- Publicidade -spot_img

Últimas Notícias