- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
sexta-feira, 20 / maio / 2022
- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
- Publicidade -spot_img
Array

MARANHÃO: Licitação para reforma do Castelão ocorrerá na próxima terça (1º)

Mais Lidas

Por determinação da governadora Roseana Sarney, a licitação para conclusão da reforma e modernização do Estádio Castelão será realizada na próxima terça-feira (1º), mesmo a data tendo o ponto facultativo no Estado. Será às 14h30, na sede da Comissão Central de Licitação (CCL – Rua 3, no São Francisco; prédio da antiga Seduc).

Na ocasião, a CCL receberá os envelopes com propostas e documentos, que serão minuciosamente analisados para a realização da habilitação. Caso não sejam impetrados recursos, serão abertas as propostas de preço para a obra. “Acredito que todo o processo correrá com tranquilidade, pois o edital está muito bem feito”, assinalou o presidente da CCL, Francisco Baptista Ferreira.

O secretário de Infraestrutura, Max Barros, declarou que o processo licitatório está seguindo os trâmites normais e que a obra será mais um presente pelos 400 anos de São Luís, a serem comemorados no ano que vem. “Estamos dentro do cronograma previsto. A reforma fará do Castelão um estádio ultramoderno, que atende a todas as exigências da Fifa e do Estatuto do Torcedor no que diz respeito ao conforto e à segurança do público e será mais um presente do Governo do Estado à cidade de São Luís”, destacou Max Barros.

Projeto

De acordo com o Edital, os serviços têm valor estimado em R$ 25.450.373,53 – o projeto anterior, elaborado pela empresa que realizou a primeira parte da reforma, estimava em R$ 50 milhões o custo. No projeto de reforma e modernização elaborado pela Secretaria de Infraestrutura (Sinfra), o novo Castelão terá sua capacidade de público reduzida de 72 mil para 40 mil lugares – todos com cadeiras anti-vandalismo -, tudo para atender às exigências de segurança da FIFA e da legislação brasileira.

O conforto para a torcida está garantido. Antes, o espaço destinado a um torcedor era de 30cm, agora, ele deve ser de, no mínimo, 45cm. “Estamos atendendo a normas de seguranças. Em termos percentuais, a perda de espaço será menor que em estádios como o Maracanã e o Mineirão”, assegurou Barros.

O projeto de reforma inclui a recuperação de vias de acesso, instalação de catracas eletrônicas, de 22 câmeras para CFTV, adaptação total aos portadores de necessidades especiais (inclusive nos banheiros), instalação de 12 cabines de rádio e quatro cabines de TV, todas climatizadas; dois centros de imprensa, uma sala de entrevista coletiva e moderno sistema de iluminação – com instalação de 75 novos holofotes na marquise e 70 nas duas torres -, atendendo às necessidades de iluminação para favorecer as transmissões de TV.

Também haverá substituição das subestações – serão duas de 1.250 KVA -, para atender a capacidade elétrica projetada, e instalação de dois grupos geradores com autonomia de 60 minutos cada.

- Publicidade -spot_img
Assinar
Notificar-me
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
- Publicidade -spot_img
- Publicidade -spot_img

Últimas Notícias