Connect with us

Maranhão

MARANHÃO: Mantida condenação de policial que matou ex-namorada

Publicado

em

Em decisão unânime, a 1ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça manteve a condenação de Félix do Sacramento Padilha a 20 anos e 6 meses de reclusão a ser cumprido em regime inicialmente fechado, pelos crimes de homicídio consumado e homicídio tentado. O réu entrou com recurso contra a sentença do juiz de Direito da 2ª Vara do Tribunal do Júri.

Conforme inquérito policial, os crimes ocorreram na noite do dia 18 de dezembro de 2001, em uma instituição de ensino superior da capital, quando Félix Padilha, armado de um revólver calibre 38, disparou contra sua ex-namorada Aline Moreira Santos Jacinto, assassinando-a com dois tiros e, em ato contínuo, atentou contra a vida de José da Silva Calvet Neto, que foi atingido na mão esquerda com um tiro.

De acordo com os autos do processo, à época do crime, o réu teria feito ameaça de morte às vítimas, por não se conformar com o término do namoro com Aline.

O desembargador Antonio Bayma Araújo (presidente da 1ª Câmara) foi o relator do processo. Sua decisão foi acompanhada pelos desembargadores Raimundo Melo e José Luiz Almeida. O Ministério Público Estadual também decidiu pelo improvimento do recurso e a manutenção da sentença em todos os seus termos.

Julgamento

O julgamento foi realizado em novembro de 2008. Félix Padilha foi condenado a 20 anos e 6 meses de reclusão, sendo treze anos pelo assassinato da escrivã de polícia Aline Moreira Jacinto e 7 anos e 6 meses pela tentativa de homicídio contra José Calvet Neto, crimes ocorridos na noite de 18 de dezembro de 2001, no estacionamento do Uniceuma, no Renascença.

Adiado seis vezes, o juiz Luiz Belchior chegou a nomear dois defensores públicos para atender o réu e decretou duas vezes a prisão do policial, a fim de garantir o julgamento. (iMirante)

publicidade
FAÇA UM COMENTÁRIO
Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.
Faça um comentário

Maranhão

IMPERATRIZ: Trio aplica golpe em moradores do Pará por meio do PIX

Publicado

em

A Polícia Civil prendeu três homens que estariam roubando dinheiro usando o PIX, a nova forma de transferir e receber dinheiro criado pelo Banco Central.

Segundo a polícia, os suspeitos moram em Imperatriz, no Maranhão, e conseguiram roubar R$ 16.800 da conta de duas pessoas que moram no Pará.

Ao serem presos, os três foram autuados pela prática de crimes cibernéticos, furto mediante fraude e Associação Criminosa. Com eles, a polícia ainda apreendeu a quantia de R$ 10.429,00, celulares e objetos de valor.

Continue lendo

Maranhão

IMPERATRIZ: Com vitória de Braide em São Luís, Josivaldo JP vai assumir cadeira de deputado federal

Publicado

em

A vitória de Eduardo Braide (PODEMOS), para prefeito de São Luís, capital do Maranhão, neste domingo, 29, derrotando Duarte Júnior (REPUBLICANOS), beneficiou também o empresário imperatrizense, Josivaldo JP, que é primeiro suplente de deputado federal pela Coligação PMN/PHS, constituída na eleição de 2018.

A referida coligação acabou elegendo dois deputados federias, Braide e Pastor Gildenemyr, ambos do PMN na época. Braide mudou para o PODEMOS, onde se elegeu prefeito.

Josivaldo JP que acabou se tornando um dos principais interessados na vitória de Braide na capital, vai agora assumir a titularidade do mandato, com a renúncia de Braide, para assumir o comando da Prefeitura de São Luís.

Josivaldo teve 23.113 e disputou a eleição pelo PHS.

Continue lendo

Maranhão

IMPERATRIZ: Imagem inusitada nas Quatro Bocas

Publicado

em

Nesta noite de sábado, 29, uma cena chamou atenção dos frequentadores da região das Quatro Bocas, na cidade de Imperatriz, na região Tocantina, no estado do Maranhão.

Uma mulher foi vista comendo panelada, uma comida tradicional da região, em trajes, digamos, bem à vontade. Depois de comer, a mulher embarcou em um mototáxi e foi embora.

Continue lendo
publicidade Bronze