Connect with us

Maranhão

Maranhão realizará Conferência de Promoção da Igualdade Racial

Publicado

em

Com o objetivo de discutir políticas públicas de enfrentamento ao racismo acontece em São Luís, de quarta (14) a sexta-feira (16), no auditório do Centro Pedagógico Paulo Freire, na Universidade Federal do Maranhão (Ufma), a III Conferência Estadual de Promoção da Igualdade Racial (III COEPIR). A realização é do Conselho Estadual de Política de Igualdade Étnico-Racial (Ceirma), Casa Civil e Secretaria de Estado da Igualdade Racial (Seir).

A solenidade de abertura, na quarta-feira (14), às 18h, terá a presença da ministra da secretaria de Políticas de Promoção da Igualdade Racial da Presidência da República (Seppir), Luiza Bairros, e da secretária de Estado de Igualdade Racial, Claudett Ribeiro, além de militantes do movimento negro, quilombolas, povos indígenas, lideranças de comunidades de matriz africanas, ciganos e ribeirinhos. Na oportunidade será proferida a conferência “Democracia e Desenvolvimento sem racismo: por um Brasil Afirmativo” pela professora Maria de Lourdes Siqueira.

Para Claudett Ribeiro, que também é presidente do Ceirma, a conferência estadual cumpre a Constituição de 1988 que incorporou o princípio da participação popular direta na administração pública e ampliou a cidadania política. “Permite a participação popular direta, representada pela sociedade civil organizada, nas discussões da gestão pública. No caso desta conferência em especial nós vamos discutir mudanças e fortalecer o debate sobre a questão das desigualdades raciais no Maranhão”.

A III COEPIR antecipa a realização da III Conferência Nacional de Promoção da Igualdade Racial, que acontecerá no período de 05 a 07 de novembro, em Brasília, quando as questões referentes à política de igualdade racial de todo o território nacional serão colocadas em debate.

Para o Maranhão, a avaliação da Política de Promoção da Igualdade Racial é essencial, considerando que é o terceiro estado brasileiro com a maior população negra; possui em seu território grande número de comunidades remanescentes de quilombo chegando ao número de 912 comunidades; registra a existência de nove etnias indígenas vivendo no estado; e registra ainda a existência de povos ciganos em diversos municípios do estado.

Antecedendo a III Coepir foram realizadas 43 conferências municipais, regionais e reuniões ampliadas no Maranhão, envolvendo pelo menos 67 municípios. Nas conferências municipais foram eleitos 234 delegados entre representantes do poder público e da sociedade civil para participarem da III Coepir.

Programação

Após a realização da solenidade de abertura, no dia 14, a III COEPIR segue com as discussões sobre a política de promoção da igualdade racial, nos dias 15 e 16 de agosto.

Na manhã da quinta-feira (15) será realizado o painel para discussão dos quatro subtemas da conferência: “Estratégias para o desenvolvimento e o enfrentamento ao racismo”; “Políticas de Igualdade Racial no Brasil: avanços e desafios”; “Arranjos Institucionais para assegurar a sustentabilidade das políticas de igualdade racial – SINAPIR (órgãos de promoção da igualdade racial, fórum de gestores, conselhos e ouvidorias”, e “Participação política e controle social: igualdade racial nos espaços de decisão; mecanismo de participação da sociedade civil no monitoramento das políticas de igualdade racial”.

Este momento terá a participação do Prof. Dr. Carlos Benedito da Silva; do Prof. Dr. Aniceto Cantanhede; da representante do Conselho Nacional de Promoção da Igualdade Racial (CNPIR), Walkíria de Souza Silva; e da coordenadora do Centro de Formação para a Cidadania Akoni, Lúcia Azevedo.

No período da tarde, haverá a apreciação das propostas levantadas nas conferências municipais, regionais e reuniões ampliadas para definição de quais serão submetidas à avaliação da plenária composta por delegados representando o poder público e a sociedade civil.

No dia 16 será realizada a discussão em plenária e deliberação de propostas que serão encaminhadas para a III Conferência Nacional de Promoção da Igualdade Racial, seguida pela eleição de delegados e encerramento da conferência.

A expectativa do Ceirma é que aproximadamente 350 pessoas, entre representantes do poder público e da sociedade civil do segmento étnico-racial do estado, participem da conferência estadual.

publicidade
FAÇA UM COMENTÁRIO
Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.
Faça um comentário

Maranhão

IMPERATRIZ: Feirinha do Bacuri passa por reforma e modernização

Publicado

em

Após duas décadas de espera, o Mercado da Feirinha do Bacuri passa por importante reforma e modernização. Objetivo é melhorar as instalações elétricas, hidráulicas e sanitárias, para proporcionar mais conforto aos trabalhadores e consumidores. Ação foi iniciada em setembro de 2020, pela Secretaria Municipal de Infraestrutura e Serviços Públicos, Sinfra.

Assim que finalizada, obra beneficiará trabalhadores, consumidores e também toda a comunidade da região. O empreendimento é executado em três etapas, por se tratar de uma estrutura dividia em três blocos. Ao finalizar a obra em uma parte, logo a equipe da Sinfra passa a trabalhar na seguinte, para que as atividades do local não sejam suspensas por completo.

Dessa forma, os feirantes que atuam no primeiro bloco, no qual se deu o início da reforma e modernização, foram realocados para outros boxes vazios, localizados ainda dentro do Mercado do Bacuri. Por conta da pandemia do Novo Coronavírus, Covid-19, houve um atraso na obra em decorrência do isolamento social e do desabastecimento de materiais de construção, mas as atividades comerciais no espaço seguem normalizadas.

A Secretaria de Agricultura, Abastecimento e Produção, Seaap, é a responsável pela administração dos mercados municipais. O secretário da Seaap, Valdir Torres, explica que apesar do pequeno atraso na obra, os trabalhadores da feira não foram prejudicados. “Nenhum feirante deixou de exercer suas atividades na Feirinha do Bacuri. O feirante pode não estar utilizando o box que costumeiramente era dele, mas está utilizando, temporariamente, um espaço dentro do prédio”, disse.

Continue lendo

Maranhão

IMPERATRIZ: Mariana Carvalho articula e se aproxima de Alberto Sousa presidente da Câmara

Publicado

em

Na semana passada, Mariana Carvalho (PSC), que foi ex-candidata a prefeita e hoje é presidente do Partido Social Cristão (PSC) de Imperatriz, esteve no gabinete da presidência da Câmara Municipal.

Mariana foi a postulante mais jovem (26 anos) das últimas eleições locais, é imperatrizense e obteve 10.009 votos, o que lhe garantiu o 5º lugar entre 10 concorrentes.

Mariana conversou com o presidente Alberto Souza (PDT), momento em que pôde parabenizá-lo pela reeleição e também pela conquista da presidência, além de poder conversar sobre conjunturas políticas e projetos para 2022.

“Alberto mostrou que é possível agregar, unir forças em um só propósito e está aqui hoje demonstrando que vai fazer um bom trabalho, voltado realmente para a população de Imperatriz. Com uma casa que tenha cada vez mais acesso às pessoas e o poder legislativo esteja, de fato, perto do povo. Isso é o que realmente importa e interessa para todos nós. Ele também parabenizou nossa participação na campanha e eu me sinto realizada por ter o reconhecimento de mais uma autoridade. Desejo um bom trabalho, que ele continue com essa capacidade de unir, agregar e pensar nas pessoas, nesse momento e sempre”, disse.

O presidente retribui e tratou sobre o aprendizado que todos os candidatos tiveram na campanha de 2020, as expectativas para a cidade e os planejamentos que vem pela frente, sempre numa construção através do entendimento, da união de forças para fazer a boa política e avançar na melhoria da qualidade de vida dos imperatrizenses.

“Mariana tem nosso respeito, principalmente pela forma como conduziu o seu projeto político. Passou por um grande teste e não sumiu do radar, com um discurso de propostas, teve um grande desempenho com uma posição forte e um grande discurso. Tenho certeza que ela vai poder contribuir muito com nossa cidade”, afirmou.

Continue lendo

Maranhão

IMPERATRIZ: Homem sem uma perna é preso suspeito de furtar loja

Publicado

em

Imagens de segurança mostram um homem com deficiência física soltando as muletas e escalando apenas com uma perna um poste para entrar em um estabelecimento comercial de Imperatriz nessa sexta-feira (22).

De acordo com informações da polícia, o homem teria quebrado o forro de uma loja localizada no Centro da cidade e furtado dinheiro. Os agentes policiais conseguiram identificar o suspeito, que foi apresentado no Plantão Central de Imperatriz.

Ainda segundo a polícia, o homem é apontado como autor de dois furtos que aconteceram na semana passada. Após a prisão, ele foi ouvido e liberado por estar fora do flagrante.

Continue lendo
publicidade Bronze