- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
terça-feira, 17 / maio / 2022
- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
- Publicidade -spot_img
Array

MARANHÃO: Região Tocantina registra redução na emissão de cheques

Mais Lidas

Compras com o cartão de crédito aumentam e a emissão de cheques diminui na região Tocantina. Os motivos estariam relacionados a uma tendência nacional. Primeiro, a facilidade e comodidade das compras com o cartão de crédito, e, segundo, a resistência das lojas em aceitar os cheques por causa do risco da inadimplência.

Ao contrário do cheque, o uso dos cartões de crédito, em todo o país, subiu de 8% para 13%, de 2007 a 2010. Já os cheques apresentam uma redução de dois por cento na emissão. A facilidade para o pagamento das compras com os cartões de crédito tem atraído mais adeptos. São consumidores de diferentes classes sociais. Além disso, há, também, situações em que os consumidores se decepcionaram com as compras no cheque ou cartão, ficaram endividados e, agora, só compram a vista, uma maneira de manter o equilíbrio financeiro.

A professora Naide Silva, se enquadra nestas estatísticas. Após enfrentar momentos difíceis por causa dos juros do cartão de crédito e cheque especial ela teve que mudar os planos. Pagou as contas. E, há quase dois anos, qual a única forma de pagamento? Só a vista.

Para o empresário Darcy Baiano, a situação é oposta. Há um ano e meio, o empresário só trabalha com cartões, os cheques representam prejuízos. Agora, nas empresas da rede a intenção é disponibilizar o próprio cartão de compras.

A quantidade de cheques devolvidos soma quase R$ 70 mil. Alguns destes as agências de alguns dos cheques emitidos, já até fecharam as portas. Em outra loja, os cartões somam 90% dos negócios. A aceitação do cheque não foi suspensa definitiva, mas as restrições são maiores.

E, no mês de junho, o Maranhão ficou em segundo lugar no número de cheques devolvidos, com 9,16%, ficando atrás apenas de Roraima, que teve 11,8%. Ainda de acordo com dados da Serasa, em todo o país, 1,93% dos cheques emitidos foram devolvidos por falta de fundos. (iMirante)

- Publicidade -spot_img
Assinar
Notificar-me
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
- Publicidade -spot_img
- Publicidade -spot_img

Últimas Notícias