Connect with us

Maranhão

MARANHÃO: Reunião tenta organizar retirada de areia do rio Tocantins

Publicado

em

Mais uma reunião entre donos de dragas e representantes da Prefeitura de Imperatriz tenta organizar a retirada de areia às margens do rio Tocantins.

A segunda reunião para tratar sobre o assunto, em menos de um mês, definiu novas estratégias para resolver o problema, como por exemplo, a exigência, para quem explora areia, de um pátio de armazenamento fora da área urbana da cidade. A medida amenizaria o transtorno provocado pelas caçambas no bairro Bacurí.

A reunião ocorreu no local onde é feita a extração de areia, próximo a margem do rio Tocantins. O secretário de Meio Ambiente, o secretário de Transportes e o de Governo apresentaram para os donos de dragas e para os representantes dos moradores a alternativa para que o problema causado pelo transporte irregular de areia seja resolvido. Segundo o secretário, a estocagem de areia no local atual está proibida.

A Polícia Militar foi chamada para dar segurança durante a reunião que durou mais de uma hora. Em alguns momentos os moradores e os donos de dragas discutiram por causa do transporte de areia.

Os donos das dragas que fazem a extração de areia do rio vão ter até sábado para retirar toda a areia do pátio de estocagem levar para uma área que fique fora da área urbana de Imperatriz. Depois deste prazo, o transporte vai ser fiscalizado.

A extração da areia feita pela cooperativa dos donos de dragas é feita neste local há mais de vinte e cinco anos, a alternativa apresentada pela secretaria de meio ambiente para que o problema seja resolvido segundo eles é inviável.

Os cooperados dizem que não tem como levar a areia para a área destinada pelo secretário e que não tem condições de comprar terrenos em outros locais ao longo do rio que estejam fora da área urbana. |iMirante|

publicidade
FAÇA UM COMENTÁRIO
Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.
Faça um comentário

Maranhão

AÇAILÂNDIA: Salário de servidores municipais será pago nesta segunda, 2

Publicado

em

A Prefeitura de Açailândia, na região Tocantina, através da Secretaria de Economia e Finanças, anunciou, a liberação da folha salarial dos servidores municipais referente ao mês de julho, que será paga na segunda, dia 2.

O pagamento aquece a economia local e assegura aos servidores o poder de compra.

Continue lendo

Maranhão

Navio é colocado em quarentena após tripulante testar para a Covid-19 no Maranhão

Publicado

em

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) informou nesta quinta-feira (29) que monitora a tripulação a tripulação do navio ‘MV Pipit Arrow’, após um dos tripulantes testar positivo para a Covid-19. A embarcação está atracada em uma área de fundeio na Baía de São Marcos, no litoral de São Luís.

O navio, que tem bandeira do Panamá, saiu da Bahia e chegou a São Luís em 19 de julho. Após a notificação suspeita do caso, a Anvisa foi notificada e determinou o isolamento do tripulante e a embarcação foi colocada em quarentena.

O nome e a nacionalidade do homem não foi identificada. Até o momento, não foi confirmado se o tripulante foi infectado com algum tipo de variante do novo coronavírus.

Continue lendo

Maranhão

ITINGA DO MARANHÃO: Conselho Tutelar precisa passar por melhorias

Publicado

em

O promotor de justiça Tiago Quintanilha Nogueira, que responde pela Promotoria de Justiça de Itinga do Maranhão, inspecionou, na terça-feira, 27, o Conselho Tutelar da cidade. Acompanharam a vistoria secretária de Assistência Social de Açailândia, Arly Brenda Lima Franco Jardim, conselheiros tutelares, integrantes do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente, incluindo a presidente Maria Valdirene Fernandes da Costa.

Na ocasião, foi constatado que o prédio do Conselho necessita de algumas melhorias, assim como o veículo pertencente ao referido órgão.

Foi discutida também a efetivação do Plano Municipal da Primeira Infância no Município, plano intersetorial que visa ao atendimento aos direitos das crianças na primeira infância (até os seis anos de idade) no âmbito do município, cuja elaboração é recomendada pelo Marco Legal da Primeira Infância (Lei 13.257/2016).

Outro tema tratado foi a implantação do Sipia no Conselho Tutelar, sistema nacional de registro e tratamento de informações sobre a garantia e defesa dos direitos fundamentais preconizados no Estatuto da Criança e do Adolescente.

Igualmente foi abordado o treinamento dos integrantes da rede de proteção acerca da escuta especializada, procedimento de entrevista previsto na Lei Federal n. 13.431/17, sobre possível situação de violência contra criança ou adolescente, no intuito de garantir a proteção e o cuidado da vítima.

Continue lendo
publicidade
publicidade Bronze