- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
quarta-feira, 25 / maio / 2022
- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
- Publicidade -spot_img
Array

MARANHÃO: SSP forma 288 jovens no Projeto Inclusão Digital nesta segunda-feira

Mais Lidas

A Secretaria de Estado de Segurança Pública (SSP) promove nesta segunda-feira (28) a formatura de mais 288 jovens participantes do Projeto Inclusão Digital nos Centros Integrados de Defesa Social (CIDS). A solenidade acontece no Auditório da SSP, a partir das 15h e será presidida pelo secretário Aluísio Mendes.

O projeto é uma parceria firmada entre a Segurança Pública do Maranhão e o Ministério da Justiça, por meio do Programa Nacional de Segurança com Cidadania (Pronasci), voltado para atender e qualificar jovens e adolescentes entre a faixa etária de 15 a 24 anos e que residem na área de abrangência dos Cids e Batalhões da Polícia Militar. No total, 1.437 jovens já foram beneficiados com o projeto.

O secretário Aluísio Mendes ressaltou a importância da parceria com o Governo Federal na garantia da execução dessas iniciativas preventivo-sociais, uma vez que colaboram significativamente para a diminuição da criminalidade e da violência, e aproximam ainda mais a Polícia das comunidades. “Além disso, estamos oferecendo nossa contribuição para a formação e o desenvolvimento humano e social desses jovens e adolescentes, que buscam, em sua maioria, uma oportunidade de emprego e trabalho”, destacou Aluísio, informando ainda que a SSP está buscando o apoio da classe empresarial para a absorção dessa mão de obra.

Estarão presentes também os secretários de Estado de Esporte e Lazer, Joaquim Haickel; de Igualdade Racial, Claudett Ribeiro; de Trabalho e Economia Solidária, José Antônio Heluy; da Educação, Olga Simão; de Direitos Humanos, Luíza Oliveira; de Desenvolvimento Social, Francisco Gomes, além de representantes do Sistema de Segurança Pública e empresários.

Aulas

No Maranhão, o Projeto de Inclusão Digital é supervisionado pela Secretaria Adjunta de Desenvolvimento e Articulação Institucional (Sadai) da SSP e consiste em oferecer gratuitamente a esses jovens que vivem em situações de vulnerabilidade social, noções de informática básica, qualificando-os para o mercado de trabalho. No conteúdo programático, técnicos de informática repassaram conhecimentos em Windows, Word, Excel e Internet.

A carga horária total é de 4 horas diárias, totalizando 70 horas e os centros funcionam nos três turnos para atender toda a demanda Os alunos também receberam noções de Língua Portuguesa durante as aulas de Word e Matemática no Excel, além de palestras sobre noções de comportamento em entrevistas para emprego.

Nova etapa

Nesta terça-feira, dia 1º de março começa mais uma etapa do programa, em que serão atendidos mais 370 adolescentes já inscritos e selecionados pela coordenação, distribuídos nos quatro Cids da Região Metropolitana.

- Publicidade -spot_img
Assinar
Notificar-me
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
- Publicidade -spot_img
- Publicidade -spot_img

Últimas Notícias