- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
domingo, 03 / julho / 2022
- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
- Publicidade -spot_img
Array

MARANHÃO: SSP promove Curso Nacional de Polícia Comunitária em Grajaú

Mais Lidas

Sessenta profissionais integrantes das Polícias Civil e Militar, do Corpo de Bombeiros, Agentes de Trânsito e dezenas de lideranças comunitárias dos municípios de Barra do Corda, Presidente Dutra e Grajaú, iniciaram nesta segunda-feira (22), mais uma turma do Curso Nacional de Promotor de Polícia Comunitária (CNPPC).

O objetivo da ação é desenvolver políticas públicas que contribuam na redução da criminalidade integrando a sociedade civil organizada na busca de soluções conjuntas para o setor de segurança.

A qualificação é desenvolvida pela Secretaria de Estado de Segurança Pública, (SSP), por meio da Secretaria Adjunta de Desenvolvimento e Articulação Institucional (Sadai), em parceria com a Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp), do Ministério da Justiça.

As aulas acontecem no auditório da Câmara de Vereadores de Grajaú até sexta-feira (26). Na abertura do Curso, o prefeito municipal de Grajaú, Mercial Lima de Arruda enfatizou a importância da aproximação polícia e comunidade. Além de Grajaú, estão previstas turmas também na cidade de Santa Inês.

Ao todo, a SSP planeja capacitar, até o final do ano, 250 profissionais do Sistema de Segurança. “Já foram capacitados ao longo do Curso, mais de 1.700 promotores de Polícia Comunitária. Todos serão agentes de promoção da paz. Eles deverão desenvolver ações de prevenção contra a criminalidade”, disse o gestor da Sadai, tenente-coronel Antonio Roberto Silva.

Conteúdo Programático

No conteúdo programático serão abordados temas voltados para a construção e busca da paz social, como “Gestão pela qualidade na segurança pública”; “Polícia comunitária e sociedade”; “Direitos humanos”; “Mediação de Conflitos e demais meios de resolução pacífica de conflitos e a Polícia Comunitária”.

A capacitação também qualificará os participantes a atuarem na mobilização social e na estruturação dos Conselhos Comunitários de Segurança. Os profissionais ainda receberão noções de Relações Interpessoais. A carga horária total é composta de 44 horas/aulas.

Ao fim, cada profissional receberá um certificado comprovando estar apto a desenvolver ações de Polícia Comunitária.

Estiveram presentes, também, na aula inaugural, o delegado de Polícia Civil, Idaspe Perdigao; o comandante da 15ª Companhia Independente de Polícia Militar, capitão Jean Levi; o presidente da Câmara Municipal, vereador Evandro Jorge; entre outros.

- Publicidade -spot_img

1 Comentário

Assinar
Notificar-me
guest
1 Comentário
Mais antigo
Mais recente Mais votado
Inline Feedbacks
View all comments
jordeane lima

gostei da aprovçao.que isso se mantenhe por longos temp que nao seja
somente politica que esta avin…

- Publicidade -spot_img
- Publicidade -spot_img

Últimas Notícias