- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
sexta-feira, 20 / maio / 2022
- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
- Publicidade -spot_img
Array

MARANHÃO: Três componentes do bando que assaltou o BB de Vitorino Freire são presos e dois mortos

Mais Lidas

Foram presos ainda na noite desta sexta-feira (22), três dos oito componentes do bando que assaltou o Banco do Brasil de Vitorino Freire, no último dia 20, e dois foram mortos na troca de tiros com a polícia. Um dos mortos era membro do Primeiro Comando da Capital (PCC), organização criminosa que tem sede na capital paulista.

Os presos são Antônio Kennedy Correia Freitas, 41 anos, mototaxista de Paulo Ramos, que deu apoio logístico para o assalto; Marcos Alexandre Costa Bezerra, 24 anos, natural de Vitorino Freire; e Roberto Carlos Genésio Freitas, 24 anos, que natural do estado de Goiás.

Os dois quadrilheiros mortos na troca de tiros com os policiais são Wagnor Viana de Castro, vulgo “Paulista”, que era membro do PCC; e Elineudo Henrique Barbosa, vulgo “Nan” ou “Baixinho”, do estado de Tocantins.

Os três bandidos presos, bem como os dois mortos, foram transferidos na manhã desta sábado (23) para a capital maranhense.

Os presos foram diretos para a Delegacia Estadual de Investigações Criminais (DEIC), onde foram ouvidos e em seguida transferidos para Pedrinhas. Os corpos foram para o Instituto Médico Legal (IML).

Os bandidos foram encontrados em um sítio, a cerca de 15 Km do município de Paulo Ramos, por policiais militares com apoio do Grupo Tático Aéreo.

Com eles, a polícia apreendeu 2 revólveres calibre 38 municiados, dois veículos Fiat Uno, sendo um vermelho e outro de cor preta e a quantia de R$ 89.788.00.

Segundo o Delegado Geral de Polícia Civil do Maranhão, Nordmann Ribeiro, três ainda estão foragidos. Segundo ele, a polícia continua desenvolvendo diligências na região central do estado, para que os três últimos componentes desse bando sejam presos. O três fugitivos foram identificados apenas por Araújo, Pará e Caveira.

Esse mesmo bando também é suspeito de assaltar um depósito de bebidas em Presidente Dutra, de onde foram levados R$ 400 mil. Nos dois casos, vigilantes ficaram feridos.

Segundo o secretário de Segurança, Aluísio Mendes Guimarães Filho, em 18 meses já foram desarticuladas 6 quadrilhas em todo o Maranhão. Segundo ele, a maioria dessas quadrilhas é composta por bandidos de outros estados. (O Progresso/ Foto: Karlos Jeromy/O Imparcial)

- Publicidade -spot_img
Assinar
Notificar-me
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
- Publicidade -spot_img
- Publicidade -spot_img

Últimas Notícias