Connect with us

Maranhão

MARANHÃO: UPAs garantem atendimento de qualidade aos pacientes da grande São Luís

Publicado

em

As Unidades de Pronto Atendimento (UPA) do Parque Vitória, Vinhais e Cidade Operária já realizaram mais de 6,5 mil atendimentos nas áreas de clínica médica e pediatria em apenas 15 dias de funcionamento. No Parque Vitória foram contabilizados, até o final desta semana, 2.300 pessoas atendidas, no Vinhais foram 1.520 e na Cidade Operária 2.765 procedimentos realizados.

O secretário de Estado da Saúde, Ricardo Murad, destacou a importância das UPAs realizarem, em poucos dias, um grande número de atendimentos de qualidade. “Entramos nos atendimentos de urgência e emergência com unidades limpas, bem equipadas, onde não faltam médicos, remédios e estão sempre de portas abertas para receber o paciente em qualquer situação. Nas UPAs os pacientes são estabilizados e, dependendo da situação, são encaminhados para casa ou para um dos hospitais de referência até a completa resolução dos seus problemas”, explicou.

Janaíres Lima Rodrigues, dona-de-casa, estava com sua filha em observação na UPA do Parque Vitória e aprovou o atendimento recebido. “Precisei fazer um raio-x e fui prontamente atendida. Fiz a consulta, já tirei o raio-x e mostrei à médica. A UPA possui uma excelente estrutura, coisa de primeiro mundo. Espero que essa estrutura possa ser mantida”, ressaltou. Um total de 43 pacientes já ficou em observação por até 24 horas na unidade.

A UPA é um serviço de pronto-atendimento que funciona em horário integral, inclusive nos fins de semana. A unidade está equipada para atender desde pequenas e médias emergências a pacientes graves, até que sejam removidos para um hospital. A primeira UPA do Maranhão foi inaugurada na área do Itaqui-Bacanga e já realizou mais de 100 mil atendimentos.

 “Estou muito satisfeito com o atendimento e com as novas instalações médicas”, disse o servente Alys Rabelo Azevedo, 31 anos e morador do Parque Vitória. Ele chegou à UPA sentindo fortes dores abdominais, foi medicado e esteve em observação. O motorista Nivaldo José Santos Silva, residente no Recanto Turu, também elogiou o atendimento recebido pelo seu filho, que chegou à unidade de saúde apresentando febre e inflamação na garganta. “Fui prontamente atendido e medicado. É bom saber que podemos contar com serviços médicos de qualidade perto da nossa casa”, declarou.

A diretora da UPA, Quitéria Farias, disse que a maior demanda é de pacientes com quadro hipertensivo, mas há diversos tipos de ocorrência. “O paciente é prontamente atendido, medicado quando necessário, estabilizado e então referenciado para outro hospital onde será dada continuidade ao seu tratamento. Quando não há necessidade ele volta para sua casa”, informou.

Serviços

Dotada de modernos equipamentos, as UPAs são estruturas de complexidade intermediária entre as unidades básicas de saúde e as portas de urgência hospitalares, com acolhimento e classificação de risco, em conformidade com a Política Nacional de Atenção às Urgências.   

Estão preparadas para receber casos de pressão alta, febre, cortes e queimaduras, além de realizar o primeiro atendimento dos pacientes acometidos por enfarte ou AVE (Acidente Vascular Encefálico).  Ao todo são 10 unidades de saúde nessa categoria, em todo o Maranhão, como parte do Programa Saúde é Vida. No interior, já foi inaugurada a de Coroatá e ainda este ano serão entregues as de Imperatriz, Codó, Timon e São João dos Patos.

As UPAs comporão uma rede de atuação em atendimento de urgência e emergência, que trabalhará em conjunto com os 72 hospitais integrantes do programa Saúde é Vida, para tornar o acesso aos serviços de saúde rápidos e eficazes. “O Estado está montando uma estrutura única e interligada, com profissionais habilitados e unidades construídas nos melhores padrões da medicina, para que o cidadão tenha a certeza de que, ao chegar a uma das unidades do Estado, será atendido e terá seu problema resolvido”, garantiu Ricardo Murad.

UPA Cidade Operária

Com investimentos de R$ 5 milhões exclusivamente do governo estadual, A UPA da Cidade Operária conta com um moderno centro de urgência e emergência 24 horas. Tem capacidade para atender a uma população estimada em 300 mil pessoas, nas especialidades de Pediatria, Clínica Médica, Ortopedia e Odontologia, com o atendimento complementado pelo Centro de Especialidades Médicas (CEM), que funciona no mesmo local.

São 262 profissionais trabalhando para o funcionamento da UPA, entre médicos, enfermeiros, técnicos de enfermagem, administrativos, recepção, motoristas, vigias, limpeza, assistente social, maqueiros, dentistas, copeiros e auxiliares de rouparia.

A UPA também manterá em funcionamento o Centro de Reabilitação da Cidade Operária e os programas de acompanhamento às gestantes, hipertensão e diabetes (hiperdia), exames de densitometria, laboratório, raio-X, endoscopia, ultrasonografia e espirometria.

No Centro de Especialidades Médicas são oferecidas consultas ambulatoriais nas áreas de neurologia, otorrinolaringologia, gastroenterologia, pediatria, geriatria, endocrinologia, pneumologia, proctologia, cardiologia, ginecologia, ortopedia e odontologia.

UPA Vinhais

Os moradores do bairro do Vinhais e áreas adjacentes estão satisfeitos com a proximidade do atendimento. “Antes eu tinha que ir aos bairros do Bequimão, São Francisco em caso de qualquer emergência. Agora, com esta UPA tudo ficará mais fácil”, falou Arlete Barbosa dos Santos, moradora da Vila Conceição.

O diretor da UPA, Rodrigo Fernandes, disse que a maioria dos pacientes que chega à unidade apresenta quadro de crise hipertensiva, dores abdominais, AVC, crises renais, doenças respiratórias, febre acima de 39 graus e vômito. A média diária na UPA Vinhais é de 100 atendimentos.

Torquato dos Santos é diabético e veio do município de Bacuri, na Baixada Maranhense, com problemas inflamatórios. Ele recebeu medicação ainda na UPA do Vinhais. “Fui muito bem recebido e atendido. Se pudesse, gostaria de ficar aqui e continuar meu tratamento nesta unidade”, declarou. A direção da UPA informou que o paciente será referenciado para o Centro de Medicina Especializado (Cemesp), que é referência estadual em hipertensão e diabetes e foi uma das obras do Programa Saúde é Vida inauguradas este mês.

publicidade
FAÇA UM COMENTÁRIO
Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.
Faça um comentário

Maranhão

IMPERATRIZ: Projeto “Cidadania na Faixa” é realizado no Calçadão

Publicado

em

Com 24 anos de existência, a faixa de pedestre é uma de tantas medidas do Código de Trânsito Brasileiro (CTB), que visa a proteção, responsabilidade e conscientização da preferência dada ao pedestre. Diante disto, a Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Trânsito e Transportes (Setran), realiza intensivamente o projeto “Cidadania da Faixa”, que promove educação, prevenção e mudanças de hábitos no trânsito da cidade.

Promovida pela equipe de “Educação Para o Trânsito”, a ação desta segunda-feira (29) ocorre na Avenida Getúlio Vargas, no Calçadão de Imperatriz, onde o fluxo de pessoas e veículos aumenta consideravelmente final do ano por conta dos pontos comerciais.  

A coordenadora do projeto, Teresinha Miranda, alerta aos inúmeros acidentes nas faixas. Ela destaca que a falta de atenção, alta velocidade, e o uso de telefone na direção, são os grandes responsáveis pelos incidentes.

“A preferência é sempre do pedestre, mas as pessoas não entendem isso. A quantidade de acidentes que poderiam ser evitados, de vidas que poderiam ter sidos salvas, e final do ano infelizmente a tendência é aumentar, visto que a pressa e ingestão de bebidas alcoólicas é maior. Diante desses fatores, nada mais crucial que fiscalizar e enfatizar o que falamos no decorrer de todo o ano através de campanhas, palestras educativas e blitz, para que a população entenda a sua responsabilidade com a vida do outro”, afirma.

Ação no Calçadão levou informações sobre boas condutas do trânsito, respeito à faixa de pedestres, velocidade, gentileza, educação ao dirigir, orientação a ciclistas e pedestres, e direção defensiva. Deixar de dar preferência de passagem a pedestre que se encontre na faixa, é infração gravíssima, com penalidade de multa no valor de R$ 293,47, mais sete pontos na carteira de habilitação.

Continue lendo

Maranhão

IMPERATRIZ: Novo Decreto Municipal torna obrigatório o uso de máscara

Publicado

em

Conforme o novo decreto de nº 116, divulgado pela Prefeitura de Imperatriz nesta segunda-feira, 29, a medida sanitária de enfrentamento à Covid-19 retoma a obrigatoriedade do uso de máscara facial de proteção em locais públicos e de uso coletivo, por todas as pessoas e em todas as atividades empresárias ou não. Os cuidados de higienização das mãos com álcool em gel, água e sabão continuam, assim como a disponibilização de informações sobre a doença.

Entrada e permanência nas escolas, inclusive nas salas de aula, creches, conservatórios da rede pública municipal, acima de 4 anos, fica obrigatório o uso de máscara facial, cobrindo o nariz, boca e ajustadas perfeitamente ao rosto.


As escolas e afins da rede privada poderão exigir o uso de máscara facial de proteção, conforme protocolo sanitário adotado, para entrada e permanência em suas dependências.

Decreto de nº 109/2021 permanece em vigor, não conflitantes com o atual decreto, disponíveis AQUI

Continue lendo

Maranhão

IMPERATRIZ: Motorista bêbado perde controle de veículo e cai dentro de riacho

Publicado

em

Um homem que segundo informações de moradores estava embriagado, acabou perdendo a direção do veículo de conduzia pela Avenida Liberdade, nesta segunda-feira, 29, entre os bairros Amazonas e Cafeteira, e caiu dentro do Riacho Capivara, na cidade de Imperatriz, região Tocantina, Maranhão.

Um morador da região, que presenciou o incidente e ajudou a socorrer o motorista, contou que ele e outro homem, passaram sufoco para ajudar na retirada do motorista, que segundo ele, correu risco de afogamento, mas devido a ação rápida da dupla, acabou saindo ileso.

Continue lendo
publicidade
publicidade Bronze