- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
terça-feira, 05 / julho / 2022
- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
- Publicidade -spot_img

MAURILÂNDIA: Decisão volta a afastar prefeito Gilderlan

Mais Lidas

O Pleno do Tribunal de Justiça do Tocantins acatou, nesta quinta-feira, 6, agravo instrumento do Ministério Público Estadual (MPE) e o prefeito de Maurilândia, Gilderlan Ribeiro de Sousa Melo (PMDB), volta a ficar fora do cargo. O placar foi de 6 a 4 a favor da procedência do agravo.

Acusado pelo MPE de ter falsificado assinatura em documentos de pagamento de professores, o prefeito já havia sido afastado do cargo duas vezes – uma por liminar da Justiça local e outra por decisão do mérito também do Fórum local. Em ambas as ocasiões, obteve liminares no TJ e voltou ao cargo. Isso fez com que o MPE recorresse ao Pleno para que o prefeito ficasse fora do cargo.

A decisão do Pleno do TJ ainda não foi publicada. (Jornal do Tocantins)

- Publicidade -spot_img

2 Comentários

Assinar
Notificar-me
guest
2 Comentários
Mais antigo
Mais recente Mais votado
Inline Feedbacks
View all comments
Fafa

Ainda bem que temos justiça…segunda ele está de volta!!!

Aldo

Povo de Maurilândia! Vocês têm a força! Não precisa vir um juiz de outro lugar e se sensibilizar com o descaso da administração publica de seu Município e afastar o prefeito que já deveria ser afastado pelos Vereadores que vocês elegeram. Vereador serve para isso, na próxima eleição não eleja aquele Vereador que não fez nada para apurar o desvio de dinheiro público que resultou a cassação do Ex-Exmo. Sr. Gilderlan.

- Publicidade -spot_img
- Publicidade -spot_img

Últimas Notícias