Connect with us

Pará

MEDICILÂNDIA: Prefeitura terá 120 dias para lançar edital de concurso

Publicado

em

A Justiça estadual acatou pedido liminar do Ministério Público do Estado (MPPA) em ação civil pública ajuizada pela promotora de Justiça Thais Rodrigues Cruz Tomaz e determinou ao Município de Medicilândia que providencie o lançamento de edital de concurso público para o preenchimento dos cargos existentes – ou que venham a ser criados, em até 120 dias, sob pena de pagamento de multa no valor de R$ 30 mil por cada mês de atraso.

A ação é decorrente de Inquérito Civil instaurado no ano de 2013 para apurar possíveis irregularidades na contratação de servidores temporários e nas nomeações de candidatos aprovados no concurso público nº 001/2012. As irregularidades das nomeações dos candidatos aprovados no concurso de 2012 já foram objeto de Ação Civil Pública.

A nova ação do MPPA teve o objetivo de obrigar o Município de Medicilândia a cessar a prática de realizar contratos temporários fora das hipóteses legais.

O último concurso no município foi homologado em 17 de outubro de 2012, o que demonstra uma lacuna temporal preocupante de quase sete anos sem concurso público.

Em novembro de 2018 a Promotoria de Medicilândia expediu Recomendação ao gestor municipal para que realizasse concurso público no prazo de seis meses, de forma que os servidores temporários fossem substituídos por servidores efetivos, o que não ocorreu.

“É perceptível que a Administração Pública não se preocupou nesse decurso todo de tempo em elaborar novo certame que se proponha a findar esse ímpeto de contratações temporárias, com o propósito de encerrar eventual ciclo vicioso de ‘apadrinhamento’”, enfatizou na ação a promotora de Justiça Thaís Cruz.

Diante disso foi ajuizada a ação, com decisão liminar favorável ao pedido do MPPA.

publicidade
FAÇA UM COMENTÁRIO
Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.
Faça um comentário

Pará

Homem e dois adolescentes foram encontrados baleados dentro de ônibus no interior do Pará

Publicado

em

Um homem e dois adolescentes foram baleados com vários tiros e amordaçados dentro de um ônibus no residencial Goiânia em Capitão Poço, nordeste do Pará.

Um dos adolescentes morreu no local com tiro na cabeça e os outros dois ficaram gravemente feridos.

As vítimas foram encontradas por moradores no ônibus abandonado em área de mata, por volta das 10h30. As pessoas chegaram a entrar no veículo e fizeram imagens.

A Polícia Militar chegou às 15h30 no local, nas proximidades de um ginásio de esportes. Segundo a PM, ninguém no local soube dar informações sobre o caso, “imperando a lei do silêncio”.

As vítimas foram identificadas como Reinaldo Brito da Silva, de 23 anos, e os adolescentes A. C. V. C. e E.S.V. Dois deles foram transferidos para Belém.

Em nota, a Polícia Civil informou que, durante as buscas no ônibus, foram encontradas cápsulas de armas de fogo e que o caso está sendo investigado pela polícia local, com apoio da Coordenadoria de Operações Especiais, Diretoria de Polícia Especializada, Diretoria de Polícia do Interior e da Superintendência da 6º Região Integrada de Segurança Pública (RISP) Caeté.

Até então, a motivação e a autoria do crime ainda não foram confirmadas.

Continue lendo

Pará

SÃO DOMINGOS DO ARAGUAIA: Colisão entre caminhão e carreta deixa homem carbonizado na Transamazônica

Publicado

em

Um grave acidente entre caminhão baú e uma carreta foi registrada nesta segunda-feira (18), na rodovia Transamazônica (BR-230), em São Domingos do Araguaia, sudeste do Pará. Uma pessoa ficou presa nas ferragens e outra morreu carbonizada.

A carreta ultrapassou o corrimão de proteção e o condutor ficou preso nas ferragens. Ele foi retirado com vida e encaminhado para o Hospital Regional de Marabá.

O caminhão baú entrou em combustão e um dos passageiros teve o corpo carbonizado e morreu no local. O motorista do caminhão sofreu ferimentos leves e foi conduzido pelo SAMU a uma unidade de saúde da região.

Continue lendo

Pará

Vacinação contra Covid-19 começa no Pará

Publicado

em

A enfermeira Shirley Cuimar Cruz Maia de 39 anos foi a primeira paraense vacinada contra a Covid-19 em Belém. Em seguida, a técnica de enfermagem Marielza da Silva Monteiro, 57 anos, também recebeu a primeira dose da CoronaVac. As duas imunizadas atuam na linha de frente no combate a pandemia, no Hospital de Campanha de Belém.

A cerimônia simbólica que marcou o início da vacinação contra o coronavírus aconteceu na manhã desta terça-feira (19), no Hangar, Centro de Convenções, mesmo lugar onde funciona o hospital de campanha da capital. O ato foi acompanhado pelo governador do Pará, Helder Barbalho e pelos prefeitos de Belém, Edmilson Rodrigues, e de Ananindeua, Dr. Daniel.

Durante a cerimônia também foi realizada a primeira imunização do município de Ananindeua, região metropolitana de Belém. O enfermeiro João Bernardo, 37 anos, que trabalha no combate a pandemia foi o terceiro a receber a vacina.

As 173 mil doses de vacina devem imunizar cerca de 86 mil pessoas no Pará. De acordo com Helder, o carregamento que já está no estado precisam garantir as duas doses que cada pessoa imunizada.

Continue lendo
publicidade Bronze