Connect with us

Pará

Membros do Comando Vermelho são presos no Pará

Publicado

em

Durante a ação, foram apreendidos 600 quilos de drogas

Cinco pessoas foram presas durante a operação “Guilhotina” conjunta das Polícias Civil do Pará e Ceará, realizada nesta segunda e terça-feira, 15 e 16, em Belém e Benevides, cidade da região metropolitana. A ação teve como principal objetivo cumprir mandados de prisão de lideranças de uma facção criminosa que comandava crimes no estado do Ceará e desarticulação da rota do tráfico no Pará.  

Há uma semana de trocas de informações entre Policiais Civis da Divisão de Repressão ao Crime Organizado (DRCO) e Delegacia de Repressão às Ações Criminosas Organizadas (DRACO/CE), foi deflagrada a Operação Guilhotina que deu cumprimento a dois mandados de prisão preventiva em desfavor dos líderes faccionados, em um edifício no bairro Umarizal, em Belém. 

Após a captura dos líderes, a equipe se diligenciou a um sítio no município de Benevides, onde mais três membros do grupo criminoso foram autuados em flagrante e aproximadamente 600 kg de entorpecentes foram apreendidos. A droga estava armazenada em um quarto e dividida em 19 sacos, entre eles pedra de oxi e cocaína, avaliados em 9 milhões de Reais. 

Para Evandro Araújo, delegado titular da DRCO, após o contato de policiais civis do estado do Ceará, foi possível identificar a localização dos principais alvos e efetuar a prisão, para chegar à autuação de outros envolvidos. “Recebemos ligações solicitando apoio para efetuar a prisão de membros de facção criminosa que atuava em vários estados do País, com pontos específicos no Ceará e Rio de Janeiro. Diante das informações, frentes de trabalho foram formadas em Belém e Benevides. Com essas prisões, conseguimos desarticular uma rota de tráfico de drogas no estado do Pará e prender os cabeças da ação”, afirmou o Delegado. 

Durante coletiva de imprensa, o Delegado-geral, Walter Resende, pontuou sobre as frentes de inteligência da Polícia Civil que deram celeridade ao processo de localização dos criminosos e armazenamento das drogas. “Com as prisões efetuadas nessa operação vamos dar continuidade às investigações para identificar outros membros da associação criminosa e continuarmos o trabalho de combate à criminalidade em nosso estado, tirando de rota todo o material ilícito que impulsiona outros crimes”.

As investigações iniciaram no ano de 2018 contra o líder da facção que atuava no estado do Ceará e posteriormente se filiou também a grupos no Rio de Janeiro. Segundo o Delegado adjunto da DRACO/CE,  Clever Farias, com o desenvolvimento da investigação foi constatado que o mesmo estava residindo no Pará e tinha ligações com outros criminosos da região que forneciam drogas para o estado do Ceará.  Em posse dessas informações, uma equipe da Polícia Civil do Ceará veio à capital e, com apoio dos agentes locais, efetuaram as prisões e apreenderam as drogas, como uma resposta às ações criminosas que agem nos estados da região. 

Os cinco presos vão responder pelo crime de tráfico de drogas e associação criminosa. Dois indiciados, que atuavam como liderança de facção, serão recambiados ao Estado do Ceará e três autuados pela DRCO ficarão à disposição da justiça paraense. As drogas apreendidas serão encaminhadas ao Instituto Médico Legal para perícias. (Roberta Meireles)

publicidade
FAÇA UM COMENTÁRIO
Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.
Faça um comentário

Pará

Helder tem celular clonado e Toni Cunha dispara, “Será que fez bobagem pelo telefone…?”

Publicado

em

Esta semana o governador do Pará, Helder Barbalho (MDB), disse por meio de suas redes sociais, que mais uma vez, teve seu telefone clonado. “Boa noite, pessoal. Fui vítima de crime cibernético. Meu número de telefone foi clonado. Já fiz boletim de ocorrência e estou tomando as providências para resolver o problema”, escreveu.

Encabulado, com a quantidade de vezes que o governador já teve seu aparelho alvo de ataques cibernéticos, o deputado estadual, Toni Cunha (PTB), seu adversário, escreveu. “De novo!! Será que o governador está mal orientado por quem cuida de sua privacidade!!? Toda vez é isso!! Acho que é o governador que mais teve telefones “clonados” na história do Brasil. Vá ser clonado assim “lá na China”!!. Será que fez bobagem pelo telefone e quer dizer que não foi ele?”

Continue lendo

Pará

PARAUAPEBAS: Morre aos 68 anos Faisal Salmen

Publicado

em

Faisal Salmen, médico e primeiro prefeito de Parauapebas, município da região de Carajás, Pará, morreu na noite desta sexta, 23.

Faisal vinha lutando contra as sequelas de um câncer.

Faisal Faris Mahmoud Salmen Hussain, tinha 68 anos e era paulista de Agudos. Foi eleito prefeito de Parauapebas, em novembro de 1988 e cumpriu o mandato de 1989 a 1992.


O atual prefeito de Parauapebas, Darci Lermen (MDB), comentou sobre a morte. “Obrigado Faisal Salmen, nosso primeiro prefeito, por ter compartilhado, com todos nós, tanto carinho e dedicação. Nesse momento doloroso em que a natureza subverte o curso da vida. Parauapebas terá sempre muito orgulho desse cidadão parauapebense. A força de Faisal Salmen vem do seu exemplo e do seu caráter. leal à família, aos amigos, ao povo de Parauapebas, sua garra nos inspira e seu trabalho nos motiva”, disse o gestor.

O corpo de Faisal Salmen será velado na Câmara Municipal de Parauapebas a partir das 15 horas deste sábado e seu sepultamento está marcado para as 18 horas no Cemitério local.

A Prefeitura de Parauapebas decretou luto oficial de três dias.

Continue lendo

Pará

Assista o Conexão Rural deste final de semana – Dias 24 e 25

Publicado

em

Continue lendo
publicidade
publicidade Bronze