Connect with us

Pará

Ministério da Educação e FNDE atenderam prefeitos do Pará nesta sexta, 2

Publicado

em

O Ministério da Educação (MEC) e o Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) atenderam, nesta sexta-feira (02), prefeitos do estado do Pará, na cidade de Salinópolis. O atendimento aos prefeitos do estado visava esclarecer dúvidas sobre os programas, políticas públicas e prestação de contas dos municípios.

Estavam presentes no atendimento o ministro da Educação, Milton Ribeiro; o presidente do FNDE, Marcelo Ponte; o prefeito municipal de Salinópolis, Carlos Alberto Sena Filho; os deputados federais, Eder Mauro e Joaquim Passarinho; e a secretária de educação, Márcia Beatriz.

Além de receberem explicações sobre os programas do MEC em parceria com o FNDE, os prefeitos também tiveram a oportunidade de conhecer as plataformas de serviços do Ministério e do Fundo, que visam o desenvolvimento da educação regional. Essa iniciativa é mais uma oportunidade para que os gestores se aproximem do MEC e aprimorem a gestão educacional em suas regiões. Até o momento, já foram atendidos mais de 350municípios.

Milton Ribeiro, em seu discurso, explanou sobre os desafios de exercer a função de ministro da Educação. “Ser ministro da Educação num país que só na educação básica pública possui 46 milhões de estudantes é desafiador. Quando eu falo isso fora do país, as pessoas pedem para eu repetir, porque muitas vezes elas pensam que estou enganado”, afirmou.

O ministro contou, ainda, sobre as motivações que o fez aceitar ocupar o cargo. “Eu já fui um desses 46 milhões de estudantes e é por isso que eu aceitei o convite para ser ministro, porque foi uma oportunidade de devolver ao meu país o muito que ele me deu”, afirmou Ribeiro.

Milton agradeceu a hospitalidade e cordialidade com que foi recebido, e fez um agradecimento especial ao prefeito de Salinópolis, Kaká Sena, pelo convite e oportunidade de realizar essa visita à cidade. Por fim, o ministro afirmou que “há dinheiro sim e vai ter condições sim de sustentar a nossa educação brasileira”.

O presidente do FNDE, Marcelo Ponte, destacou que a autarquia está ao lado dos estudantes em todas as etapas da educação básica, da creche ao ensino médio e, ainda, dos programas direcionados a jovens e adultos. “O que queremos é continuar trabalhando para ter uma autarquia cada vez mais eficiente na execução das políticas do Ministério da Educação e colaborativo com estados, municípios, escolas e muitas outras organizações”, afirmou. 

Educação em números

No ano passado, o estado do Pará recebeu R$ 2,4 bilhões, por meio do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb), para a manutenção da educação básica. Desse recurso, R$ 25,2 milhões se destinaram ao município de Salinópolis. Somente em 2021, até o presente momento, foram repassados R$ 862,6 milhões ao estado do Pará, e R$ 9,1 milhões ao município de Salinópolis.

Também em 2020, foram repassados R$ 202,8 milhões ao estado, por meio do Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE); e R$ 77,4 milhões, por meio do Programa Nacional de Apoio ao Transporte do Escolar (PNATE).

publicidade
FAÇA UM COMENTÁRIO
Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.
Faça um comentário

Pará

PARAUAPEBAS: Construção do sistema viário avança às margens do Igarapé Ilha do Coco

Publicado

em

Do quintal da casa da aposentada Maria Pereira Batista, de 66 anos, é possível ver a movimentação de homens e máquinas da empresa Transvias na construção de novas vias às margens do Igarapé Ilha do Coco. As execuções resultarão em maior proteção ao canal, melhor mobilidade urbana na área do projeto, e benefícios para toda a comunidade.

Moradora da rua 19, no bairro União, dona Maria acompanha de perto os trabalhos, confiante de que as melhorias serão sentidas por ela e seus vizinhos.  “Se Deus quiser, isso aqui vai ficar muito bom! Vai melhorar cada dia mais. Agora eu estou gostando, meu filho também está satisfeito”, diz a aposentada sobre os serviços realizados na área.


O engenheiro civil do Prosap, Lucas Carvalho, reforça que nessa primeira etapa de obras serão construídos 3,44 quilômetros de vias marginais ao longo do Igarapé Ilha do Coco, em ambos os lados do canal, com sarjeta, meio-fio, calçada e ciclofaixa, além de dispositivos de drenagem, sinalização e iluminação pública.

“Ainda na semana passada, realizamos uma obra de drenagem visando à melhoria de uma situação ocorrida em uma margem do viário na rua 19, que gerou um alagamento pontual. Como ainda vamos aumentar a dimensão do sistema viário, uma drenagem provisória foi executada com a implantação de manilhas”, explica o engenheiro civil.

O sistema viário vai interligar os bairros Liberdade e Rio Verde, alcançando a avenida Liberdade, e a estrutura em construção em frente à prefeitura municipal. “Com os Parques Lineares do Liberdade e Rio Verde, o Parque Urbano Municipal e a lagoa, a população terá mais lazer e bem-estar”, acrescenta o engenheiro Lucas. (Jéssica Borges / Fotos: Jéssica Borges)

Continue lendo

Pará

PARAUAPEBAS: Corpo de Faisal é sepultado sob forte emoção

Publicado

em

Velório na Câmara Municipal

O médico pediatra Faisal Salmen foi sepultado no final da tarde deste sábado, 24, no Cemitério Jardim da Saudade, em Parauapebas, região de carajás, Pará. O corpo foi velado na Câmara Municipal.

Faisal foi o primeiro prefeito de Parauapebas, deputado estadual por dois mandatos e vereador. Ele vinha lutando contra as sequelas de um câncer.

Faisal Faris Mahmoud Salmen Hussain, tinha 68 anos e era paulista de Agudos. Foi eleito prefeito de Parauapebas, em novembro de 1988 e cumpriu o mandato de 1989 a 1992.

Continue lendo

Pará

Helder tem celular clonado e Toni Cunha dispara, “Será que fez bobagem pelo telefone…?”

Publicado

em

Esta semana o governador do Pará, Helder Barbalho (MDB), disse por meio de suas redes sociais, que mais uma vez, teve seu telefone clonado. “Boa noite, pessoal. Fui vítima de crime cibernético. Meu número de telefone foi clonado. Já fiz boletim de ocorrência e estou tomando as providências para resolver o problema”, escreveu.

Encabulado, com a quantidade de vezes que o governador já teve seu aparelho alvo de ataques cibernéticos, o deputado estadual, Toni Cunha (PTB), seu adversário, escreveu. “De novo!! Será que o governador está mal orientado por quem cuida de sua privacidade!!? Toda vez é isso!! Acho que é o governador que mais teve telefones “clonados” na história do Brasil. Vá ser clonado assim “lá na China”!!. Será que fez bobagem pelo telefone e quer dizer que não foi ele?”

Continue lendo
publicidade
publicidade Bronze