Connect with us

Bico do Papagaio

MPE quer que Iderval Silva seja responsabilizado por falsificação de documentos

Publicado

em

O Ministério Público Estadual (MPE) protocolou na 3ª Vara da Fazenda, no Fórum de Palmas, um aditivo à Ação Civil Pública proposta em novembro de 2010 contra quatro delegados de polícia (que ocupavam cargos de gestão) e o então servidor Diego Giovanni de Melo Silva, filho do Deputado Estadual Iderval Silva. A ação do MPE, assinada pelo Promotor de Justiça Adriano Neves, apontou que o servidor praticou ato de improbidade administrativa ao descumprir dever funcional de frequência ao serviço.

Nesta segunda-feira, 28 , o promotor de Justiça Adriano Neves propôs à Justiça a responsabilização do deputado estadual Iderval Silva (PMDB) e de seu Chefe de Gabinete, Luis de Melo Gomes. Conforme informado na Ação, eles enviaram folha de frequência de Diego Giovanni como se ele fosse servidor à disposição do gabinete do parlamentar, entretanto, não há qualquer ato neste sentido. A princípio, segundo o Promotor de Justiça, trata- se de documentação falsa.

Conforme informações do Ministério Público, Diego Silva havia ingressado no cargo em setembro de 2003 e, desde então, vinha tendo abono de faltas e sucessivas promoções e remoções na Secretaria de Segurança Pública, mesmo cursando integralmente Faculdade de Medicina em Porto Nacional desde janeiro de 2005. De acordo com o Promotor, ele estaria se utilizando da influência de seu pai para não comparecer ao trabalho e continuar recebendo pagamento.

Ainda em novembro, o juiz Helvécio Maia Brito deferiu liminarmente a Ação proposta pelo MPE e afastou Diego do cargo de agente de polícia. O juiz também determinou a suspensão do pagamento de salários ao servidor. Porém, dias depois, o Desembargador Amado Cilton, mesmo sabendo que o servidor não estava trabalhando, revogou a decisão de primeira instância, por meio de agravo de instrumento, fazendo com o que o mesmo retornasse ao cargo para que pudesse receber os salários normalmente.

Desta forma, segundo o MPE, as condutas dos envolvidos caracterizam prejuízo ao erário e afrontam os princípios constitucionais da impessoalidade, moralidade, legalidade e eficiência. O MPE também requereu à Justiça, que encaminhe cópia da Ação à Polícia Judiciária para abertura de inquérito policial, a fim de averiguar a prática do crime de falsificação de documento. (Portal CT)

publicidade
FAÇA UM COMENTÁRIO
Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.
7 Comments

Bico do Papagaio

ANGICO: Cleofan e Nena se juntam

Publicado

em

O final de semana no município de Angico, no Bico do Papagaio, foi marcado por um ato político importante. A união dos até então adversários, prefeito Cleofan (PP) e Nena Maria (MDB).

Antagonistas em 2020, quando disputaram a Prefeitura Municipal, Cleofan venceu Nena por uma margem pequena, de apenas 40 votos, que representa 1,7%.

Agora, resolveram deixar os dissabores para trás, unir forças e seguir em frente juntos. Ambos, chamaram o deputado estadual Jair Farias (MDB), para ser padrinho do tratado.

Continue lendo

Bico do Papagaio

XAMBIOÁ: Balsa bate em pilares de ponte em construção no Rio Araguaia

Publicado

em

Uma balsa responsáveis por fazer a travessia no Rio Araguaia, entre os municípios de Xambioá, no Bico do Papagaio e São Geraldo, em Carajás, no Pará, se chocou nesta terça, 21, com dois pilares da ponte que está sendo construída pelo Governo Federal.

Imagens gravadas por passageiros mostram o exato momento do incidente.

A empresa responsável pela obra, ainda não informou se houve algum dano na estrutura.

Continue lendo

Bico do Papagaio

SÃO MIGUEL: Amélio entrega ultrassom e diz que foco é melhorar atendimento na Saúde

Publicado

em

Durante o final de semana, a população de São Miguel, no Bico do Papagaio, recebeu uma série de melhorias nos equipamentos que prestam atendimento em Saúde. Ação em parceria da Prefeitura e do deputado estadual Amélio Cayres (SD). Entre essas melhorias, está o funcionamento de um aparelho de ultrassonografia, destinados por meio de emendar parlamentar de Amélio Cayres.

O investimento foi de cerca de R$ 200 mil.

“O prefeito Alberto Moreira nos trouxe essa demanda, e com bastante empenho conseguimos sana-la. Vamos juntos buscar ainda mais avanços para São Miguel. Esse equipamento entregue aqui, vai poder atender à várias especialidades como ginecologia, obstetrícia, urologia, entre outras. É um equipamento de alta produtividade que vai dar melhor atendimento a população”, disse Amélio.

O deputado disse ainda, que o prefeito Alberto Moreira tem focado em buscar melhorias na área de Saúde por entender a importância disso para a população.

Continue lendo
publicidade
publicidade Bronze