Connect with us

Maranhão

MPT cobra mais segurança em fábrica da Suzano em Imperatriz

Publicado

em

Sem títuloO Ministério Público do Trabalho no Maranhão (MPT-MA) ajuizou uma Ação Civil Pública (ACP) contra a Suzano Papel e Celulose e as empresas contratadas para construir a sua fábrica em Imperatriz. Além de cobrar mais segurança no ambiente de trabalho, a ação requer R$ 50 milhões por dano moral coletivo.

Para construir o empreendimento de celulose em Imperatriz, a Suzano contratou a Metso Paper South America Ltda, empresa finlandesa incumbida do fornecimento de engenharia conceitual e equipamentos, que, por sua vez, contratou a Imetame Metalmecânica Ltda, do ramo da fabricação, montagem e manutenção industrial.

Em ações fiscais realizadas pelo Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) em fevereiro e novembro de 2012, foram constatadas diversas irregularidades relacionadas ao meio ambiente de trabalho. Em julho deste ano, os auditores fiscais do Trabalho novamente fiscalizaram a obra, verificando outros problemas que comprometem ainda mais a integridade dos trabalhadores.

Como a Imetame Metalmecânica se recusou a firmar um Termo de Ajuste de Conduta com o MPT-MA e entendendo que a empresa contratante tem o dever de atuar de forma integrada com as contratadas, a instituição ajuizou uma ACP contra as três empresas envolvidas, no objetivo de proteger a vida e a saúde dos trabalhadores.

Segundo a procuradora do Trabalho Adriana Candeira, autora da ação, “desconsiderar o valor da vida e da saúde do trabalhador implica coisificá-lo, em transformá-lo em um mero objeto ou engrenagem no sistema produtivo”.

Na ACP, são elencadas 59 obrigações de fazer e não fazer, entre elas: exigir o uso dos equipamentos de proteção individual; manter as instalações elétricas em condições seguras de funcionamento; manter canteiro de obras com área de lazer; manter instalações sanitárias com ventilação e iluminação adequadas.

Além da multa por dano moral coletivo, as empresas também estarão sob pena de multa diária de R$ 50 mil por obrigação descumprida. Os valores arrecadados com as penalidades poderão ser revestidos ao Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT).

Acidentes

Em setembro de 2012, dois trabalhadores morreram e outros ficaram feridos em um acidente na área de montagem de uma das caldeiras da fábrica da Suzano Papel e Celulose em Imperatriz. Em contato com a assessoria de impresa da Suzano Papel e Celulose, informou que está à disposição para quaisquer esclarecimentos. Confira a íntegra da nota abaixo:

A Suzano Papel e Celulose esclarece que as Ações Civis Públicas de que tem notícia, propostas pelo Ministério Público do Trabalho (MPT-MA), visam ao cumprimento de normas de Segurança e Saúde Ocupacional por parte de algumas empresas do ramo de construção civil contratadas para a construção da sua unidade industrial em Imperatriz, no Maranhão.

Essas prestadoras de serviço foram escolhidas ao fim de um rigoroso processo de seleção e os contratos preveem a execução das obras em estreita observância à legislação vigente.

A Suzano está à disposição das autoridades para prestar os esclarecimentos necessários e acredita que todas as exigências legais serão devidamente cumpridas pelas suas contratadas.

publicidade
FAÇA UM COMENTÁRIO
Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.
Faça um comentário

Maranhão

IMPERATRIZ: Sebastião Régis recebe Arrastão da Limpeza

Publicado

em

Nesta quinta-feira, 14, a Prefeitura de Imperatriz levou os trabalhos de limpeza urbana para o conjunto habitacional Sebastião Régis. Serviço executado pela Secretaria de Limpeza Pública, SLP, contempla os moradores com as ações de varrição manual, paliação de montes, roço das margens das vias, remoção de entulhos e pontas de lixo, entre outros. O mutirão Arrastão da Limpeza também é executado na BR-010, com foco nas entradas da cidade.

“Aproveitando o ensejo da inauguração da Escola Municipal Antônio Leite Andrade, intensificamos os trabalhos de limpeza urbana no Sebastião Régis. Mas as nossas equipes seguem com várias frentes de serviços em diversos pontos da cidade, para garantir que as ações da SLP contemplem o maior número de bairros possíveis. Um exemplo são as equipes de recolhimento de resíduos sólidos domiciliares, que hoje atuam em todos os bairros no sentido da Avenida Pedro Neiva De Santana”, ressalta Alan Johnes, secretário de Limpeza Pública.

As frentes de serviços responsáveis pela limpeza e manutenção das praças do município atuam na Jarbas Passarinho, Sagrada Família, Evangelho, Voz, Frei Damião, Calango, Vila Fiquene e Vila Cafeteira. Já os agentes da SLP que realizam o trabalho de remoção de entulhos e pontas de lixo, executam o trabalho na BR-010, nas ruas Sergipe e Dom Pedro II e no bairro Morada do Sol. Ainda na rua Sergipe e na BR-010, realizam o trabalho de poda e remoção de galharias e resíduos verdes.

O serviço de recolhimento de móveis velhos e outros bens inutilizáveis realizado pelo Cata Treco, cumpre cronograma na BR-010, Vila Fiquene, Vila Cafeteira, Vila Ipiranga, Recanto Universitário, Vila Nova, Morada do Sol, São José, Santa Rita, Asa Norte, Sebastião Régis, Nova Imperatriz e no Centro. O trabalho é executado mediante agendamento prévio e de acordo com a demanda da população. Para solicitar o serviço, a SLP disponibiliza o número de telefone (99) 99162-6101, de segunda à sexta-feira, das 8h às 18h.

Continue lendo

Maranhão

IMPERATRIZ: Equipes de tapa-buracos chegam ao residencial Sebastião Régis

Publicado

em

Equipes de tapa-buracos iniciaram nesta quinta-feira, 14, trabalho de recomposição asfáltica das avenidas José de Ribamar Cunha e Circular I, no residencial Sebastião Régis. Ação é realizada pela Prefeitura de Imperatriz, por intermédio da Secretaria Municipal de Infraestrutura e Serviços Públicos – Sinfra.

Pela manhã, o secretário Zigomar Filho verificou o andamento das frentes de serviços que reforçam a melhoria de acesso dos principais corredores de trânsito dos bairros de Imperatriz. “Nós começamos essa vistoria pelas vias do Sebastião Régis. Objetivo é ampliar o trabalho nestas próximas semanas”, garante.

Ele pontuou que equipes trabalham na recuperação da malha asfáltica da Avenida Jacob, via que interliga a BR-010 à Avenida Pedro Neiva de Santana, passando pelos bairros Jardim Tropical, Parque das Estrelas, Brasil Novo e Vila Redenção I. “É mais um importante corredor de trânsito que começa a ser recuperado pelas equipes da Sinfra”, completa.

Também começou a ser recuperada com tapa-buracos a Avenida Caiçara, na Vila Redenção I; Rua Leôncio Pires Dourado, no Bacuri, e a Rua Floriano Peixoto, no bairro Nova Imperatriz.

Marginais da BR-010

A recomposição asfáltica está sendo realizada ainda nas marginais da BR-010, perímetro urbano de Imperatriz, próximo ao DNER, acesso à Vilinha; Viaduto, no Entroncamento, e nas alças de acesso aos bairros Maranhão Novo e Vila Lobão, próximo à Tocauto. (Gil Carvalho)

Continue lendo

Maranhão

IMPERATRIZ: Sistema de gerenciamento e armazenamento de imagens é implantado no Socorrão

Publicado

em

Foi iniciada na manhã desta quinta-feira, 15, a implantação do Sistema de Gerenciamento e Armazenamento de Imagens do Hospital Municipal de Imperatriz, HMI Socorrão. Iniciativa vai agilizar o processo de atendimento, permitindo que a equipe médica decida a conduta de tratamento de forma mais rápida, evitando que pacientes percam tempo esperando películas e laudos de exames para realização de procedimentos. 

Instalação de monitores e computadores do sistema já foram feitas na sala de raio – x e no consultório da ortopedia. Em breve, serão instalados também no consultório da clínica cirúrgica e no Centro Cirúrgico do Hospital.  

“A partir de agora, os exames de raio-x, ultrassom e tomografias vão automaticamente para o computador do médico. Quando o paciente retornar para o consultório, já vai saber o diagnóstico e a conduta a ser adotada. Isso traz muita agilidade e rapidez no processo de atendimento” – explica a secretária Mariana Jales.  

Segundo a Diretora do HMI, Marília Carvalho, acesso imediato da equipe médica ao exame e ao laudo, além de inovador na rede pública, é um marco para a gestão Assis Ramos. “Já tivemos época que demorávamos de 15 a 30 dias para receber um laudo, porque isso era feito externamente. Hoje recebemos em questão de horas e com o sistema será instantâneo” – afirma. 

Para o técnico em radiologia, Nildo Reis, um dos maiores ganhos para a população é a agilidade no atendimento. “Fazemos o raio-x e, em questão de minutos, já está no consultório médico. O paciente não vai mais precisar ficar esperando, nem andando para um lado e outro com papel na mão” – disse o servidor, que trabalha há 10 anos no Socorrão. 

Além disso, segundo Nildo, este sistema permite analisar imagens com maior rapidez, e melhor visibilidade porque nele há recurso para ampliá-la na hora da visualização. “Outro ponto importante também é que agora teremos armazenamento das imagens e isso melhora a segurança porque eliminaremos o risco de perder exames” – ressaltou o técnico. (Maria Almeida)

Continue lendo
publicidade Bronze