Connect with us

Bico do Papagaio

Mutirão de documento contempla trabalhadoras do Bico

Publicado

em

O Tocantins também está engajado no programa de documentação da trabalhadora rural, do Governo Federal, que tem como foco a emissão de documentação como Carteira de Identidade, CPF, Carteira de Trabalho, 1ª e 2ª vias das certidões de nascimento, casamento e óbito, entre outros documentos. A meta principal do projeto é a emissão da primeira certidão de nascimento acima de 11 anos.

A ação está sendo coordenada pelo MDA – Ministério do Desenvolvimento Agrário e INCRA – Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária e Programa de Promoção da Igualdade, Gênero, Raça e Etnia.

Segundo a assistente social do Balcão da Cidadania da Secretaria da Cidadania e Justiça, Olinda Maria Carvalho de Nogueira, 2009 é o ano da erradicação do sub-registro no Brasil e, também, no Tocantins. “A ação vem sendo realizada em todos os municípios tocantinenses. Num primeiro momento, faz-se uma mobilização com todos os agentes sociais e, posteriormente, é realizado um grande mutirão onde serão emitidos os documentos para as trabalhadoras rurais”. Os documentos emitidos no decorrer da ação são todos gratuitos, inclusive o sub-registro que, anteriormente, era cobrado.

“Nos relatos das pessoas era nítida a satisfação delas em ter acesso ao serviço. Todos os relatos me chamaram à atenção, no entanto, um deles, é o caso de uma jovem senhora grávida de sete meses. Ela vivia um dilema, era motivo de chacota na cidade, onde mora, por não ter o documento que a tornava uma cidadã brasileira e o seu filho provavelmente teria o mesmo destino, não poderia ser batizado, ter acesso aos benefícios básicos, após concluir e oficializar o seu documento ela chorou de alegria, e disse que a partir daquele momento a sua vida teria um novo rumo”, disse a assistente social.

Olinda explicou que no período de 26 de agosto a 2 de setembro foram emitidos um total de 349 certidões de 2ª vias de nascimentos e casamentos, nos municípios de Itaguatins (Sede do município) 92, Maurilândia (sede do município) 40, Axixa (58), Esperantina (sede do município) 46, Araguatins 11, Araguatins (distrito de Socó) 11, São Bento (zona rural e sede) 102, contabilizando 349 certidões de 2° vias nascimento e casamento.

No período de 30 de agosto a 2 de setembro deste ano, foram contemplados os municípios de Esperantina (sede do município) 11, Maurilândia (sede do município) 03, São Bento 02, total de 16 emissões de sub-registros, que correspondem à primeira certidão de nascimento.

Essas ações fazem parte da Campanha Nacional de Mobilização pela Certidão de Nascimento e Documentação Básica do Governo. O mutirão é desenvolvido em parceria com estados e municípios, e conta com a participação de ministérios, autarquias, entre outros. No Tocantins, o Comitê Gestor faz parte da Secretaria da Cidadania e Justiça.

publicidade
FAÇA UM COMENTÁRIO
Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.
1 Comment

Bico do Papagaio

TOCANTINÓPOLIS: Cacique faz denúncias graves contra gestão Paulo Gomes e descaso com saúde de indígena

Publicado

em

Cacique Orlando Apinajé fez um desabafo grave, alertando quando a suposto descaso da Prefeitura de Tocantinópolis, quando a saúde de indígenas no município. O cacique quede socorro das autoridades.

Continue lendo

Bico do Papagaio

ARAGUATINS: Aquiles manda recado para assentados, “Não sou governado pelo rabo”

Publicado

em

O prefeito de Araguatins, no Bico do Papagaio, Aquiles da Areia (PP), ficou irritado por estar sendo cobrado por moradores de diversas regiões de assentamentos e distritos, por conta das más condições das estradas vicinais, que tem dificultado a vida dessa parte da população que necessita se locomover até a cidade.

O gestor gravou um vídeo e divulgou nas redes sociais, respondendo os críticos. Assista:

Continue lendo

Bico do Papagaio

AUGUSTINÓPOLIS: Estelionatário especialista em falsificação de diplomas de medicina é preso após desligar padrões de energia

Publicado

em

Por força de mandado judicial pelo crime de estelionato, a Polícia Militar realizou a prisão de um homem de 33 anos, na noite de segunda-feira, 24, na cidade de Augustinópolis, no Bico do Papagaio. 

A prisão foi feita pela equipe de policiais militares do 9º Batalhão da PM (9º BPM) e contou com o apoio de um militar que se encontrava de folga e agentes da Polícia Civil, que auxiliaram com informações que levaram a prisão do indivíduo.

As primeiras informações que chegaram para a Polícia Militar davam conta de que moradores da área central da cidade de Augustinópolis estariam amedrontados devido uma pessoa estar desligando o padrão de energia das casas durante a noite.

No local, a PM foi recebida por moradores que disseram para a polícia o nome do possível suspeito da ação e o indivíduo acabou sendo localizado pela equipe de policiais militares e preso. 

Através de consulta ao Banco Nacional de Mandados de Prisão, o sistema apontou que havia um mandado judicial aberto em desfavor do foragido, acusado pelo crime de estelionato. Segundo informações, o indivíduo era especialista em falsificação de certificados escolares e universitários, principalmente de curso de medicina.

O autor foi apresentado na Central de Flagrantes para as providências cabíveis.

Continue lendo
publicidade
publicidade Bronze