Connect with us

Tocantins

No Tocantins, “tarado” que dava tapa na bunda de mulheres é identificado

Publicado

em

Após intensa investigação, a Polícia Civil do Tocantins, por intermédio da 4ª Delegacia Especializada na Repressão a Crimes de Menor Potencial Ofensivo (4.ª DEIMPO), de Gurupi, no sul do Estado, identificou um indivíduo de 22 anos, o qual ficou conhecido pelas ações praticadas contra mulheres na cidade de Gurupi por “maníaco do tapa”.

Suspeito de atacar mulheres com tapas e socos, o homem já estava sendo investigado há algumas semanas pela equipe da Unidade Especializada, sob o comando da delegada Zilvane Messias de Oliveira Araújo, depois que uma das vítimas registrou um Boletim de Ocorrência, relatando que havia sido atacada por um homem enquanto trafegava com sua motocicleta.

Com o aprofundamento das investigações, os agentes descobriram que várias outras mulheres tinham sido vítimas do mesmo homem, na cidade de Gurupi e que as abordagens eram similares.

“Modus Operandi”

De acordo com as investigações da DEIMPO, para cometer os delitos, o indivíduo trafegando em uma motocicleta pelas ruas e avenidas, observava mulheres que também estavam conduzindo motocicletas, sobretudo nos setores, Sol Nascente e Waldir Lins. Em determinado momento e sem ser notado, o homem se aproximava e as atacava com tapas nas nádegas, e, em alguns casos, também desferia soco nas costas das mulheres.

As investigações apontaram que, inicialmente, o homem agia no período noturno geralmente, próximo à meia-noite, mas, recentemente, ele teria passado a praticar os delitos também durante o dia na parte da manhã, tendo feito inúmeras vítimas. Segundo a delegada Zilvane, os constantes ataques perpetrados pelo indivíduo estavam causando pânico e terror em mulheres de Gurupi, nos meses de abril e maio do corrente ano. Desse modo, a ação da Polícia Civil foi concentrada no sentido de identificar o agressor e descobrir quantas vítimas ele já teria feito.

Após minuciosas buscas e investigações, a equipe da Delegacia Especializada conseguiu identificar o homem e passou a procurar por seu paradeiro. Contudo, na última segunda-feira, dia 10, o homem se apresentou na 4ª DEIMPO onde foi ouvido pela autoridade policial.

Na ocasião, ele confessou a prática dos crimes e informou que, depois que iniciou a conduta delituosa, não conseguia mais se controlar. Ele também afirmou que atacou cerca de dez vítimas no período compreendido entre abril e maio de 2021.

Inicialmente, o caso estava sendo investigado com base no Artigo 147-A do Código Penal, que é o crime de perseguição, incorporado pelo CPB através da Lei n.º 14,132/2021. No entanto, ainda segundo a autoridade policial, o caso será repassado à 87.ª Delegacia de Polícia Civil de Gurupi, uma vez que as investigações serão intensificadas, pois, há indícios da prática do crime de importunação sexual.A delegada ressalta ainda que a Polícia Civil investiga a possibilidade de o número de vítimas ser ainda maior. Nesse sentido, ela pede que qualquer pessoa que tenha sido vítima do investigado, que compareça até a sede da DEIMPO e registre a ocorrência. 

publicidade
FAÇA UM COMENTÁRIO
Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.
Faça um comentário

Tocantins

Sebrae Tocantins abre vaga para área de Tecnologia da Informação

Publicado

em

O Sebrae Tocantins abriu processo seletivo para uma vaga de Analista I, na área de Tecnologia da Informação. A seleção é para ingresso imediato e o candidato selecionado irá atuar no Sebrae em Palmas, com carga horária de 40 horas semanais. Com salário de R$ R$ 3.870,50, mais benefícios, interessados devem se inscrever até 28 de setembro, no link  https://bit.ly/3CeLXxc

A inscrição para o seletivo custa R$ 80,00 (oitenta reais) e os candidatos precisam ter graduação completa em um dos seguintes cursos: Análise e Desenvolvimento de Sistemas, Ciência da Computação, Engenharia da Computação, Engenharia de Software, Gestão da Tecnologia da Informação, Redes de Computadores, Sistemas de Informação ou outros cursos correlatos à área, com diploma reconhecido pelo Ministério da Educação.  

A seleção será executada pela Fundação de Apoio à Pesquisa, Tecnologia e Cultura (FAPETEC), instituição contratada pelo Sebrae Tocantins para esse fim. As etapas serão realizadas de forma remota e presencial em três fases: Prova Objetiva e Discursiva; Análise Curricular e Documental; e Entrevista Individual por Competências.  

O contrato é regido pela Consolidação das Leis do Trabalho (CLT), e, além do salário, inclui os seguintes benefícios fixos: Assistência Médico Hospitalar, Plano de Previdência Privada, Seguro de Vida em Grupo, Vale-Transporte, Auxílio Alimentação no valor de R$ 1.285,00 e Auxílio Educação (com regras específicas).

De acordo com a gerente do Sebrae, Vera Braga, é importante que os candidatos leiam todos os pontos do Comunicado de Seleção “atentando-se, principalmente, aos documentos comprobatórios exigidos e as datas e prazos expressos no cronograma”.

Entre os requisitos, é preciso comprovar experiência de no mínimo seis meses como profissional de nível superior em atividades de administração de banco de dados e sistemas e elaboração e implementação de sistemas e/ou banco de dados. (Assessoria de Imprensa do Sebrae Tocantins)

Continue lendo

Tocantins

De janeiro até a primeira quinzena de setembro, foram cerca de 1,5 mil acidentes de trânsito no Tocantins

Publicado

em

Estabelecido no Brasil como referência à regulamentação do Código de Trânsito Brasileiro (CTB), ocorrido em 23 de setembro de 1997, o Dia Nacional do Trânsito se transformou, praticamente, em símbolo de alerta máximo, e não como data para celebrar avanços, progressos e conscientização, de fato, de condutores e pedestres.

O Corpo de Bombeiros Militar (CBMTO), uma das principais forças de atendimento às ocorrências envolvendo trânsito no Tocantins, já registrou 1.419 acidentes este ano, entre janeiro e a primeira quinzena de setembro.

Na avaliação do comandante Operacional do CBMTO, coronel Peterson Queiroz de Ornelas, “o Dia Nacional, nesse momento, é uma data para alertar”, reforça.

Um levantamento realizado pelo Sistema de Operações do Corpo de Bombeiros Militar (Siocb), identificou 467 atendimentos a ocorrências de trânsito definidas pela corporação como colisão veículo leve x motocicleta, em oito meses e meio.

É o maior volume de atendimento entre as diversas naturezas de ocorrências no dia a dia dos militares.

Contudo, segundo o coronel Peterson Ornelas, há o que se comemorar. “Não podemos esquecer as diversas tentativas feitas pelos órgãos do setor de trânsito, como os investimentos nas vias públicas, nas campanhas de conscientização, nas blitzes educativas, entre outros. E por outro lado, há também muitos cidadãos mais conscientes, responsáveis”, destaca.

“Todos os esforços são válidos e precisam continuar ocorrendo, pois o trânsito ainda é violento. A conscientização para uma direção veicular cada vez mais cuidadosa não pode parar, para que assim tenhamos um Dia Nacional do Trânsito, de fato, para celebrar a vida e o respeito entre aqueles que integram o ambiente das vias públicas”, completa o coronel.

Estatísticas

A segunda maior quantidade de ocorrências atendidas pelo CBMTO é a de natureza queda de motocicleta. Desde o começo do ano, já são 370 registros.

A colisão entre motocicletas é a terceira em maior quantidade de atendimentos no Tocantins, chegando a 133 casos.

Os demais tipos de acidentes estão bem abaixo no comparativo. Para se ter uma ideia, a quarta natureza de ocorrência é relacionada a capotamento/tombamento, somando 83 ocorrências. E a quinta é de colisão entre veículos, com 68 registros.

As motocicletas estão presentes em 1.076 atendimentos do Corpo de Bombeiros Militar, enquanto os veículos leves somam 680 atendimentos. (Luiz Henrique Machado)

Continue lendo

Tocantins

Grupo no Tocantins é suspeito de seduzir mulheres, conseguir “nudes” e espalhar em redes sociais

Publicado

em

Com o objetivo de apreender dispositivos de mídia que estariam sendo utilizados para armazenar e também divulgar fotos íntimas de jovens da cidade de Paraíso do Tocantins, a Polícia Civil do Tocantins, por intermédio da 6ª Divisão de Combate ao Crime Organizado (6ª DEIC), daquele município deflagrou, nesta quinta-feira, 23, a operação Nympha Erratum.

Durante a ação, que foi coordenada pelo delegado-chefe da  6ª DEIC, Antônio Onofre Oliveira, os agentes deram cumprimento a nove mandados de busca e apreensão em endereços de indivíduos suspeitos de integrar um grupo da rede social WhatsApp que estaria divulgando fotos íntimas de mulheres na cidade.

De acordo com a autoridade policial, as investigações sobre o caso foram iniciadas depois que duas mulheres compareceram a Delegacia e relataram que fotos íntimas suas estavam sendo divulgadas em grupos de aplicativos de conversas e outras redes sociais. “De imediato, foi instaurado inquérito policial para apurar a prática dos crimes de divulgação de fotos íntimas, bem como de associação criminosa, uma vez que supostamente estariam sendo praticado por nove homens que se uniram para divulgar as imagens sem autorização das vítimas”, disse.

No decorrer dos trabalhos investigativos, foi apurado que os indivíduos se utilizavam de métodos de dissuasão para convencer vítimas a encaminharem os “nudes”, envolvendo até promessas em dinheiro que não eram cumpridas. Em outros casos, era realizada invasão do aparelho celular da vítima para obter as fotos. “Uma vez de posse das imagens, os investigados compartilhavam o material no grupo e passavam a “vazar” as imagens. Durante as investigações , foi possível constatar que as fotos das vítimas eram compartilhadas sempre com um comentário depreciativo e pejorativo, rebaixando as mulheres vítimas. As fotos eram divulgadas com o propósito de satisfazer a lascívia dos participantes”, disse o delegado.

A operação foi batizada de Nympha em alusão aos seres femininos da mitologia grega e erratum de enganadas.

Continue lendo
publicidade
publicidade Bronze