Connect with us

Bastidores

Norte apresenta alta de 19,80% nas vendas por e-commerce em abril de 2021

Publicado

em

Seguindo a tendência de crescimento nas vendas pela internet em todo o país, a região Norte teve ascensão de 19,80% ao comparar abril de 2021 com o mesmo período do ano passado. Ao considerar a mesma base de comparação, o faturamento do setor teve alta ainda mais significativa de 46,07%. Os dados são do índice MCC-ENET, levantamento desenvolvido pela Neotrust | Movimento Compre & Confie em parceria com o Comitê de Métricas da Câmara Brasileira da Economia Digital (camara-e.net).

Ao observar as vendas de e-commerce por região, ainda seguindo com abril de 2021 ante o mesmo período do ano anterior, o Norte ficou em terceiro lugar. As duas primeiras posições foram: Nordeste (42,98%) e Sul (23,10%), enquanto as duas últimas colocações foram Centro-Oeste (17,83%) e Sudeste (11,93%).

“As compras online foram, e seguem sendo, a solução para muitos brasileiros nesse período de isolamento social e na região Norte não é diferente. Mesmo com uma pequena retração em relação ao mês anterior, o mercado passou por uma transformação permanente, com ampliação de vendas das categorias de produtos de necessidade diária e entrada de novos consumidores no varejo digital”, afirma Felipe Brandão, secretário executivo da camara-e.net.

Vendas online no Norte

Mesmo com o bom avanço do setor, a métrica de vendas pela internet na avaliação entre abril e março, o Norte registrou queda de (-12,23%). A composição regional ficou da seguinte forma: Nordeste (-2,26%), Sudeste (-5,03%), Sul (-11,85%) e Centro-Oeste (-15,09%).

Por sua vez, no acumulado do ano, todas as regiões variaram positivamente: Centro-Oeste (29,06%), Nordeste com (25,21%), Norte (23,16%), Sul (12,67%) e Sudeste (10,62%).

Faturamento do Norte

O faturamento do e-commerce da região Norte, também teve queda na comparação entre abril e março: (-6,30%). Usando a mesma base comparativa, as demais regiões tiveram o seguinte desempenho: Nordeste (1,71%), Sudeste (-1,87%), Centro-Oeste (-5,76%) e Sul (-9,98%).

No acumulado do ano, em contrapartida, todas as regiões tiveram alta: Centro-Oeste (41,87%), Nordeste (34,77%), Norte (31,64%), Sul (24,02%) e Sudeste (20,22%).

Metodologia do MCC-ENET

Os índices mensais vêm da comparação dos dados do último mês vigente em relação ao período base (média de 2017). Para compor o índice, o Compre & Confie coleta 100% de todas as vendas reais de grande parte do mercado de e-commerce brasileiro, utilizando adicionalmente processos estatísticos para composição das informações do mercado total do comércio eletrônico brasileiro. Também são utilizadas informações dos indicadores econômicos nacionais do IBGE, IPEA e FGV.

O MCC-ENET traz uma visão completa a respeito do e-commerce no país a partir da análise das seguintes variáveis: percentual nacional e regional de vendas online, faturamento do setor e tíquete médio. Outras métricas analisadas mensalmente são participação mensal do e-commerce no comércio varejista e crescimento do setor no varejo restrito e ampliado, além da distribuição das vendas por categoria. Por último, a penetração de internautas que realizaram ao menos uma compra trimestralmente pela internet também está contemplada no índice.

Não estão contabilizados no MCC-ENET dados dos sites MercadoLivre, OLX e Webmotors, além do setor de viagens e turismo, anúncios e aplicativos de transportes e alimentação, pois ainda não são monitorados pelo Compre & Confie.

publicidade
FAÇA UM COMENTÁRIO
Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.
Faça um comentário

Bastidores

Comissão especial discute nesta quarta parecer sobre proposta que altera regras eleitorais

Publicado

em

A comissão especial criada pela Câmara dos Deputados para analisar a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 125/11 reúne-se nesta quarta-feira (4) para discutir o parecer da deputada Renata Abreu (Pode-SP). A proposta original trata apenas do adiamento das eleições em datas próximas a feriados, item que foi mantido no texto, mas a relatora aproveitou a PEC para propor novas regras já a partir das próximas eleições.

O relatório, apresentado no mês passado, prevê a adoção do sistema eleitoral majoritário na escolha dos cargos de deputados federais e estaduais em 2022. É o chamado “distritão puro”, no qual são eleitos os mais votados, sem levar em conta os votos dados aos partidos, como acontece no atual sistema proporcional. A relatora admitiu que esse foi o ponto mais polêmico da proposta.


A ideia de Renata Abreu é que o distritão seja usado em 2022 como uma transição para o sistema distrital misto, a ser adotado nas eleições seguintes para a Câmara dos Deputados, assembleias legislativas e câmaras municipais.

Mulheres e datas

Outra mudança sugerida pela relatora é que os votos dados a mulheres valerão em dobro na hora de os partidos dividirem o Fundo Partidário; o que deve estimular candidaturas femininas. Renata Abreu ressalta que hoje 900 câmaras municipais não têm nenhuma vereadora.

O texto também muda a data da posse do presidente de 1º de janeiro para o dia 5. E o dos governadores e prefeitos, para o dia 6.

Data e local

A reunião, que seria realizada nesta terça e precisou ser adiada devido à sessão do Plenário, está marcada para as 18 horas, no plenário 14. (Agência Câmara de Notícias / Foto: Bero Carvalho)

Continue lendo

Bastidores

Amastha, Irajá, Mourão e Tabocão apresentam à prefeitos “Pacto Pelo Tocantins”

Publicado

em

Na segunda, 2, o senador Irajá (PSD), o empresário Edson Tabocão (PSD), Paulo Mourão (PT) e Carlos Amastha (PSB), reuniram-se com prefeitos e lideranças tocantinenses em um café da manhã em Palmas para apresentação do Pacto Pelo Tocantins, que o grupo descreve como sendo a união de forças pelo desenvolvimento, geração de empregos e oportunidades para a população tocantinense.

“Estamos buscando diálogo com outras lideranças políticas que compartilham dos mesmos princípios que norteiam essa união de forças: reestruturação da rede pública de saúde, implantação de uma gestão pública eficiente, criação de incentivos fiscais e políticas de desburocratização, combate à fome e fortalecimento dos 139 municípios”, ressaltou o senador Irajá.


Continue lendo

Bastidores

Semestre legislativo na ALEPA é aberto

Publicado

em

Os deputados estaduais do Pará, retomaram nesta terça, dia 3, os trabalho na Assembleia Legislativa (ALEPA), com a sessão de abertura do semestre legislativo.

No período de recesso a ALEPA recebeu melhorias. Um dos locais foi o plenário Newton Miranda e suas áreas anexas. O objetivo é oferecer mais conforto para deputados, servidores e para a população que acompanha as sessões legislativas paraenses.

Continue lendo
publicidade
publicidade Bronze