O conhecimento popular foi mais uma vez consagrado pela Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado do Pará (Emater) em Nova Ipixuna, sudeste do estado, no I Encontro de Plantas Medicinas, Aromáticas e Condimentares, promovido pelo escritório local com o apoio da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico (Semude), da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Turismo (Semmat) e da Pastoral da Saúde, da Igreja Católica.

O evento foi realizado no viveiro multiinstitucional do município, que pertence à Emater e à Prefeitura, de 8h30 ao meio-dia.

Cento e vinte participantes, entre agricultores e agentes sociais, assistiram a palestras e demonstrações técnicas de cultivos e preparo de sementeiras, além de receberem um total de mil e 200 mudas de 32 espécies como alecrim, manjericão, batata-de-purga, ora-pro-nóbis e andiroba.  

Estiveram presentes, também, representantes do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) e da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz).

De acordo com o chefe do escritório local da Emater, o engenheiro agrônomo Genival Reis, “o objetivo do Encontro foi capacitar o público no sentido de aperfeiçoar e conferir segurança às tradições e  ciências que são do povo. É uma troca de saberes”, diz.

A partir desse primeiro, a Emater planeja estabelecer o Encontro como anual. (Aline Miranda)

- Publicidade -

FAÇA UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.