A Polícia Civil deflagrou a operação “Comprometimento” e cumpriu, nesta sexta-feira (5), o mandado de prisão preventiva em nome de Glendson Pereira da Silva. O acusado é apontado como o garupa da moto e executor do crime de homicídio, que vitimou o advogado João Vieira Bezerra, ocorrido no último dia 8 de junho de 2019, em Novo Repartimento.

Glendson é o único dos participantes diretos do homicídio que estava em liberdade. O acusado teve seu mandado de prisão temporária decretada pelo Juízo da Comarca de Novo Repartimento.

Segundo a equipe policial, além de Glendson Pereira, o crime contou com a participação direta de mais duas pessoas: Douglas Wendell (motorista da moto) e Alex Luis Silva Rocha, conhecido por “Compadre” (motorista de uma pick-up Fiat Estrada), ambos presos. (Luiz Cláudio)

- Publicidade -

FAÇA UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.