Connect with us

Tocantins

Operação Marias em combate a violência contra a mulher cumpre 89 mandados de prisão no TO

Publicado

em

A Polícia Civil do Tocantins deflagrou nesta quarta-feira, 27, Dia de Mobilização Nacional para Cumprimento de Mandados de Busca e Apreensão e de Prisão, a Operação Nacional Marias, que visa o combate a crimes de violência doméstica contra mulheres e grupo de vulneráveis. Doze pessoas já foram presas, sendo oito delas no interior do Estado e quatro em Palmas. No total espera-se cumprir em 89 mandados prisão preventiva e em flagrante delito. 


A Operação é resultado do I Fórum Permanente de Enfretamento à Violência Contra a Mulher – CONCPC, realizado no final do mês de outubro em Brasília (DF). Durante o fórum ficou definida a realização da operação, quando os Estados realizariam uma força-tarefa para dar cumprimento a mandados judiciais, verificar medidas protetivas de urgência e denúncias referentes a crimes de violência doméstica e familiar contra mulheres.

Em entrevista coletiva nesta quarta-feira, a delegada-geral da Polícia Civil, Raimunda Bezerra, destacou a ação como forma de reduzir os índices de feminicídios e de prevenção à violência contra a mulher no Tocantins. “A grande maioria das mulheres que denunciaram e tiveram medidas protetivas expedidas não morreu. A denúncia ainda é o melhor caminho, precisamos ajudar que as mulheres cada vez mais tenham coragem para sair da situação de violência. Requeiram medidas de proteção de urgência. Essas ações são efetivas para salvaguardar a vida das mulheres”, ressaltou a delegada-geral.

A coordenadora da Operação Marias no Tocantins, delegada titular da Delegacia Especializada de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA), Ana Carolina Marinho Braga, enfatizou que a operação iniciada hoje prosseguirá nos próximos 10 dias. Segundo ela, os policiais continuarão em busca do cumprimento de todos os mandados judiciais. “Estamos com ações repreensivas e preventivas cumprido os mandados expedidos, as fiscalizações das medidas protetivas de urgência e verificação das denúncias. E se necessário iremos estender até que todos os mandados sejam cumpridos”. 

Estão mobilizados mais de 100 policiais civis das 12 Delegacias da Mulher do Estado. As prisões são motivadas por crimes como violência sexual, estupro de vulnerável, ameaça, descumprimento de medida protetiva e posse irregular de arma de fogo.

As ações estão acontecendo em Palmas e nos municípios que compõem as regionais de Araguatins, Araguaína, Colinas do Tocantins, Guaraí, Paraíso do Tocantins, Porto Nacional, Gurupi e Dianópolis. O nome da operação “faz referência, homenagem, à Maria da Penha que é o ícone da violência doméstica”.

publicidade
FAÇA UM COMENTÁRIO
Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.
Faça um comentário

Tocantins

TV Norte/SBT Tocantins começa o ano com novos apresentadores

Publicado

em

O ano começou com mudanças na tela da TV Norte/SBT Tocantins, com alterações nos dois maiores programas da casa: o Povo Na TV e o jornal Notícias Tocantins.

As novidades fazem parte de uma série de mudanças que marcam uma nova etapa na história da TV Norte/SBT Tocantins. Em outubro do ano passado, O Grupo Norte de Comunicações formalizou a compra da sociedade em operações da TV no Tocantins, se tornando a principal afiliada do SBT no estado, com sedes em Palmas, Gurupi e Araguaína.

A jornalista Marisol Almofrey, que apresentava o Notícias Tocantins, ficará a frente do Povo Na TV, que vai ao ar entre meio dia e 13h, dando uma nova cara e um tom mais leve, aproximando casa vez mais o telespectador da notícia.

Já Wagner Quintanilha, o mais novo contratado da casa, vai comandar o jornal Notícias Tocantins, exibido de segunda à sexta-feira, a partir das 19h15, trazendo seus mais de 30 anos de experiência em comunicação para somar com a equipe de jornalismo da TV Norte Tocantins
O diretor da TV Norte Tocantins, Júlio Prado, ressalta que este é um momento importante na história da emissora. “A chegada o Wagner Quintanilha nos enche de expectativa. Ele é um nome conhecido, que vem para reforçar nosso compromisso com a informação de credibilidade. Temos um time de peso, para oferecer ao nosso telespectador um jornalismo crítico, sério e com uma importância social, e o Quintanilha é um profissional competente que vai nos ajudar a seguir reafirmando nosso compromisso com os tocantinenses”, afirma.

Wagner Quintanilha afirma estar feliz com o novo desafio. “Eu chego com uma expectativa muito grande de somar com o trabalho de grandes profissionais que já vem executando um belíssimo trabalho na TV Norte Tocantins. Estou muito orgulhoso de poder fazer parte time, e vamos fazer um bom trabalho juntos”, disse.

Quem assiste a TV Norte/SBT Tocantins, vai poder acompanhar essas mudanças e o crescimento no jornalismo da casa. A aposta é uma comunicação mais leve, mais dinâmica, e cada vez mais próxima de quem participa da programação. É uma nova forma de trabalho, mas com a mesma seriedade, comprometimento e credibilidade que o telespectador merece.

Continue lendo

Tocantins

Foragido da Justiça de Goiás é preso ao tentar renovar CNH no Tocantins

Publicado

em

Em ação realizada nesta quarta-feira, 20, em Gurupi, policiais civis da 12ª Central de Atendimento da Polícia Civil efetuaram a prisão de um homem, 46 anos. O homem estava nas dependências da Circunscrição Regional de Trânsito (Ciretran), onde formalizava processo para renovar sua Carteira Nacional de Habilitação (CNH).

De acordo com o delegado-regional de Gurupi, Alicindo Augusto Celestino, a prisão se deu em virtude de cumprimento a mandado de prisão, oriundo da Comarca de Niquelândia (GO). “Os policiais civis da 12ª Central de Atendimento da Polícia Civil receberam informações do serviço de inteligência do Detran, de que um homem estaria tentando renovar sua CNH, mas apresentava certo nervosismo e, desse modo, foi solicitado a presença dos policiais civis no órgão”, disse o delegado.

Os agentes foram até a Ciretran e em seguida, abordaram o suspeito e, após realizar buscas no Banco Nacional de Mandados de Prisão, descobriram que o homem era procurado pela Justiça de Niquelândia-GO e havia um mandado de prisão em aberto contra ele.

O homem foi preso e conduzido até a 12ª Central onde o delegado plantonista deu cumprimento à ordem judicial. Após a realização dos procedimentos legais cabíveis, o indivíduo foi recolhido à Casa de Prisão Provisória de Gurupi, onde permanecerá à disposição do Poder Judiciário.

Continue lendo

Tocantins

Para enfrentar a crise, 64% das empresas tocantinenses vendem por canais digitais

Publicado

em

O comércio eletrônico foi a forma que a grande maioria das empresas encontrou para enfrentar a crise gerada pela pandemia de Covid-19. De acordo com a 9ª edição da pesquisa “O Impacto da Pandemia de Coronavírus”, elaborada pelo Sebrae em parceria com a Fundação Getúlio Vargas (FGV), sete em cada dez empresas brasileiras já atuam nas redes sociais, aplicativos ou internet para impulsionar suas vendas. Em maio, bem no início da pandemia, esse percentual era de 59%.

Para o superintendente do Sebrae Tocantins, Moisés Gomes, a internet tem sido uma grande aliada na sobrevivência dos negócios. “As compras pela internet se intensificaram e os empresários tiveram que se readaptar para manter o negócio funcionando. O ambiente virtual se tornou um aliado cada vez mais forte e importante para compra e venda de produtos e serviços”, afirmou.

No Tocantins, a plataforma WhatsApp é a preferida pelos empreendedores que inseriram o mundo virtual nas suas vendas, com 94% de adeptos. Instagram e Facebook são as próximas opções, com 47% e 39%, respectivamente. Apenas 8% dos negócios vendem por sites próprios.

“Isso demonstra que plataformas já conhecidas e com grande capilaridade são mais procuradas pelos empreendedores, que levam em consideração custos de manutenção e a confiabilidade do meio”, destacou Gomes.

Outro dado apontado pela pesquisa é que 59% das empresas tocantinenses continuam funcionando, mas tiveram mudanças em suas rotinas em 2020. Além disso, 34% dos entrevistados comercializaram novos produtos e serviços desde o surgimento da crise do coronavírus. Para 45% dos empresários tocantinenses, os desafios estabelecidos pela instabilidade provocaram mudanças valiosas em seus negócios.

Continue lendo
publicidade Bronze