Connect with us

Pará

Operação policial apreende armas e prende bando no nordeste do Pará

Publicado

em

A Operação “Bala de Prata” das Polícias Civil e Militar de Igarapé-Açu resultou nesta terça-feira, 16, nas apreensões de cinco armas de fogo e nas prisões de três integrantes de uma quadrilha especializada em assaltar fazendas e estabelecimentos comerciais, na região. As prisões foram realizadas nos municípios de São Miguel do Guamá e Aurora do Pará, nordeste do Estado, em cumprimento a mandados de prisão preventiva e de busca e apreensão decretados pela Justiça. Com os presos, objetos roubados durante assalto, como telefones celulares, jóias, computadores, aparelho de DVD, entre outros produtos, foram recuperados. As prisões foram realizadas pela equipe formada pelos investigadores Pontes, Nicolau, Rui, Amaral, Nelson, Áurea e Sandro, e escrivão Renato Borges, sob coordenação do delegado Ronaldo Lopes, da Polícia Civil, e a guarnição da PM composta soldado Diego e cabo L. Carlos, comandados pelos sargentos Eduardo, de São Francisco do Pará, e Soares, de Igarapé-Açu.

No último dia 27 de fevereiro, cerca de cinco bandidos invadiram uma fazenda, situada na Travessa 16, zona rural do município. Eles fizeram refém o ex-prefeito de Igarapé-Açu, Vicente Pedrosa, a família da vítima e funcionários da propriedade rural. Ao todo, 15 pessoas foram mantidas sob mira de armas das 20 horas até 7h da manhã do dia seguinte. Durante o período, os bandidos saquearam objetos de valor da casa, como telefones celulares, jóias e dinheiro. Ao sair da casa, a quadrilha levou o ex-prefeito como refém no próprio carro, uma picape Pajero. A vítima foi levada pelo bando até às proximidades de Santa Maria do Pará, onde o refém foi liberado. Após o crime ser comunicado à Polícia Civil, o fato passou a ser apurado pela Delegacia de Igarapé-Açu. Durante as investigações, os integrante do bando foram identificados e tiveram mandados de prisão preventiva e de busca e apreensão solicitados pelo delegado ao Poder Judiciário.

As ordens judiciais foram decretadas pelo juiz Maurício Pontes Ferreira de Souza, da Comarca de Igarapé-Açu, mediante parecer favorável do Ministério Público. De posse dos mandados de prisão, policiais civis e militares passaram a dar cumprimento às determinações judiciais. Os agentes se reuniram durante a madrugada, em Igarapé-Açu, de onde partiram até os municípios de São Miguel do Guamá e Aurora do Pará, onde efetuaram as prisões, de forma simultânea. Em São Miguel do Guamá, foram presos Magno Rodrigues dos Santos, 26 anos, e Júlio do Nascimento Nonato, 22. Na casa de Magno, os policiais apreenderam uma espingarda calibre 12 e um revólver calibre 38. Com Júlio, outro revólver calibre 38 foi apreendido. Já, em Aurora do Pará, Antônio Lucinei Oliveira da Silva, 26, foi preso. Na residência dele, um rifle calibre 22 e um revólver calibre 38 foram apreendidos, além de telefones celulares e objetos em geral, como jóias, máquinas digitais, entre outros produtos, roubados durante o assalto na fazenda.

Os presos já foram reconhecidos por envolvimento no roubo. De acordo com o delegado Ronaldo Lopes, Antônio Lucinei foi condenado pela Justiça, em 2006, por envolvimento em roubo a banco na cidade de Maracanã. Ele fugiu, há dois anos, da Colônia Agrícola Heleno Fragoso, no Complexo Penitenciário de Americano. Ao ser preso, ele estava com uma carteira de identidade falsa. Antônio foi reconhecido por participação no assalto em um restaurante, na rodovia BR-316, há seis meses. Uma das armas apreendidas pertence à segurança do estabelecimento. Um dos revólveres calibre 38 apreendido também foi reconhecido. A arma foi roubada da segurança particular da fazenda. A operação atende as determinações do delegado Miguel Cunha, diretor de Polícia do Interior, e do delegado Silvio Maués, superintendente regional da zona do Salgado, de intensificação do combate às ações criminosas na região.

publicidade
FAÇA UM COMENTÁRIO
Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.
1 Comment

Pará

Helder tem celular clonado e Toni Cunha dispara, “Será que fez bobagem pelo telefone…?”

Publicado

em

Esta semana o governador do Pará, Helder Barbalho (MDB), disse por meio de suas redes sociais, que mais uma vez, teve seu telefone clonado. “Boa noite, pessoal. Fui vítima de crime cibernético. Meu número de telefone foi clonado. Já fiz boletim de ocorrência e estou tomando as providências para resolver o problema”, escreveu.

Encabulado, com a quantidade de vezes que o governador já teve seu aparelho alvo de ataques cibernéticos, o deputado estadual, Toni Cunha (PTB), seu adversário, escreveu. “De novo!! Será que o governador está mal orientado por quem cuida de sua privacidade!!? Toda vez é isso!! Acho que é o governador que mais teve telefones “clonados” na história do Brasil. Vá ser clonado assim “lá na China”!!. Será que fez bobagem pelo telefone e quer dizer que não foi ele?”

Continue lendo

Pará

PARAUAPEBAS: Morre aos 68 anos Faisal Salmen

Publicado

em

Faisal Salmen, médico e primeiro prefeito de Parauapebas, município da região de Carajás, Pará, morreu na noite desta sexta, 23.

Faisal vinha lutando contra as sequelas de um câncer.

Faisal Faris Mahmoud Salmen Hussain, tinha 68 anos e era paulista de Agudos. Foi eleito prefeito de Parauapebas, em novembro de 1988 e cumpriu o mandato de 1989 a 1992.


O atual prefeito de Parauapebas, Darci Lermen (MDB), comentou sobre a morte. “Obrigado Faisal Salmen, nosso primeiro prefeito, por ter compartilhado, com todos nós, tanto carinho e dedicação. Nesse momento doloroso em que a natureza subverte o curso da vida. Parauapebas terá sempre muito orgulho desse cidadão parauapebense. A força de Faisal Salmen vem do seu exemplo e do seu caráter. leal à família, aos amigos, ao povo de Parauapebas, sua garra nos inspira e seu trabalho nos motiva”, disse o gestor.

O corpo de Faisal Salmen será velado na Câmara Municipal de Parauapebas a partir das 15 horas deste sábado e seu sepultamento está marcado para as 18 horas no Cemitério local.

A Prefeitura de Parauapebas decretou luto oficial de três dias.

Continue lendo

Pará

Assista o Conexão Rural deste final de semana – Dias 24 e 25

Publicado

em

Continue lendo
publicidade
publicidade Bronze