- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
quinta-feira, 07 / julho / 2022
- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
- Publicidade -spot_img

OPINIÃO: Abstenção no TO é reflexo da crise política e econômica do país

Mais Lidas

No processo eleitoral do Tocantins, a abstenção é resultado de dados que já haviam sendo monitorados sobre o interesse do eleitor na eleição suplementar. Nesse critério, estamos falando do ânimo e/ou desânimo do eleitor em participar da eleição, aquele simples ato democrático de direito cívico de sair de suas casas e irem nos locais de votação. Esse fator foi observado no 1° turno com e no 2° turno (com um número maior de eleitores).

A saber, os eleitores não devem ser influenciados com paradigmas de nova ou velha política, são induzidos ao erro indo por esse raciocínio, uma vez que, nos dois turnos houve abstenção. Se houver multas, o dinheiro é destinado aos fundos partidários.

Dado a atual conjutura política que o País atravessa após o processo de impeachment (2 de dezembro 2015 até 31 de agosto de 2016), a prisão do ex-presidente e uma série de fatos de corrupção. A famosa frase “o povo esquece rápido” não se aplica nessa eleição do Tocantins.

Os eleitores que direcionaram os votos ao candidato tiveram como critérios: o perfil, propostas e ações positivas. No Tocantins, o que fica de lição para a eleição nacional é que reportagens tedenciosas, fakes news, baixaria, manipulações, baixo nível, etc não agrega votos algum ao candidato que promove tal atitude errônea. Como estamos próximos da convenção da eleição nacional, é necessário agilidade da decisão da justiça eleitoral dos fatos de compra de votos do 1° turno, 03/06.

“Ganhou um candidato de um partido pequeno com quatro deputados federais, com menos de 05 segundos de propaganda eleitoral na rádio e televisão, sem recursos, e ganhou no primeiro turno e segundo turno de uma senadora, de um senador, já bem estruturados e de um ex-prefeito da capital.” Disse o comentarista Alexandre Garcia, no Bom Dia Brasil, dessa manhã, 25.

Conclui-se que, a abstenção é resultado da insatisfação do eleitor com os candidatos que os partidos apresentaram nos dois turnos, é hora de rever os conceitos de política em tempos de crise e escândalos de corrupção. Apesar de todos os fatores, a democracia foi feita com a eleição direta. Na nova regra o que vale é os votos válidos. A sociedade cansou de promessas e ataques. Os cidadãos almejam dos políticos é valorização e mostrar trabalho em prol do desenvolvimento econômico e social.

Rosana Rodrigues Santos é especialista em elaboração e gerenciamento de projetos; com ênfase Scrum e Pmbok

- Publicidade -spot_img
Assinar
Notificar-me
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
- Publicidade -spot_img
- Publicidade -spot_img

Últimas Notícias