Prefeita de Palmas Cinthia Ribeiro/Foto: Edu Fortes

Levantamento feito pelo anuário Multi Cidades – Finanças dos Municípios do Brasil, lançado recentemente pela Frente Nacional de Prefeitos (FNP), aponta que a Região Norte foi a única que não registrou aumento na arrecadação do Imposto sobre a Propriedade Predial e Territorial Urbana (IPTU) em 2018. Das 16 cidades selecionadas para o estudo, quatro tiveram queda.

A queda de arrecadação na região foi de 6,3%. Segundo os economistas responsáveis pelas análises, esse resultado foi puxado pelas retrações ocorridas nas capitais Manaus (AM)de 11,5%, e de Palmas (TO), de 26,7%, que, por sua vez, estão associadas às variações na receita da dívida ativa. “Em 2017, as duas cidades assinalaram forte aumento na recuperação de débitos de contribuintes, o que não se repetiu em 2018. Outros municípios importantes da região protagonizaram desempenho significativo, mas foram insuficientes para compensar a redução tributária das duas capitais”, explicou o economista e editor do anuário, Alberto Borges.

Além de Manaus e Palmas, quedas foram registradas também em Boa Vista (RR), de 12,8%, e em Macapá (AP), de 1,1%. 

- Publicidade -

FAÇA UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.