Connect with us

Bico do Papagaio

PALMEIRAS: Sindicato diz que 66% de servidores de escola estão com Covid-19 e cobra providências

Publicado

em

O Sindicato dos Trabalhadores em Educação no Estado do Tocantins (Sintet), através da Regional de Tocantinópolis notificou nesta terça-feira (29), a Diretoria Regional de Ensino de Tocantinópolis (DRE) pedindo a suspensão imediata das atividades escolares no Colégio Estadual Raimundo Neiva de Carvalho, localizado no município de Palmeiras do Tocantins, após 08 (oito) servidores testarem positivo para COVID- 19 até o dia 29 de setembro.

Segundo o presidente do Sintet Regional de Tocantinópolis, Cléber Borges, a direção do Sindicato foi informada que dos 12 (doze) servidores que estão atuando efetivamente na referida unidade escolar, 08 (oito) já haviam sido diagnosticados, e os outros 04 (quatro) servidores já estavam afastados por terem tido contato direto com os servidores diagnosticados. Os servidores infectados estavam atuando na organização, impressão e entrega de material para os alunos no sistema remoto, entre os infectados estão servidores administrativos, de serviços gerais, da coordenação pedagógica e professor.

Diante do fato, o Sintet requereu a imediata suspensão das atividades escolares e o fechamento da unidade escolar para evitar novas infecções, bem como o devido afastamento e as orientações conforme decretos estaduais vigentes.

O Sindicato solicitou ainda que seja realizada uma nova sanitização da escola. As medidas solicitadas servem também para proteger a comunidade escolar, pois, a mesma frequenta periodicamente a Unidade Escolar para retirada e entrega de atividades que são realizadas em casa pelos alunos.

“O número elevado de casos de contaminação pelo coronavírus nesta escola se revela preocupante, diante do momento em que o Governo do Estado anuncia a retomada do ensino presencial na rede estadual de ensino já para o mês de outubro, pois acende o sinal de alerta para o risco de infecção da COVID-19. Se temos casos assim enquanto as escolas estão trabalhando no modelo de ensino remoto, qual a garantia de segurança sanitária que a Secretaria Estadual de Educação (Seduc) vai oferecer para a comunidade escolar com o retorno das aulas presenciais? ”, questiona o professor Cleber Borges.

A direção do Colégio Estadual Raimundo Neiva de Carvalho informou que o colégio está fechado temporariamente, com as atividades suspensas, e que um novo cronograma de entrega e recebimento de atividades será apresentado para a comunidade escolar em momento oportuno.

Mediante casos como esse e de tantas outras evidências de falta de segurança sanitária nas escolas, principalmente nas mais afastadas, como é o caso desse colégio em Palmeiras do Tocantins, o Sintet ratifica que é contra o retorno das aulas presenciais sem que o Governo do Estado ofereça as condições mínimas de segurança para os trabalhadores da educação e para toda a comunidade escolar.

publicidade
FAÇA UM COMENTÁRIO
Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.
Faça um comentário

Bico do Papagaio

ARAGUATINS: Wendell diz que débitos de salários com servidores serão pagos de forma parcelada

Publicado

em

Na manhã desta sexta, 22, o secretário de Administração da Prefeitura de Araguatins, Wendell Miranda, durante entrevista na Rádio Sucesso FM, garantiu que todos os servidores que possuem salários pendentes da gestão passada, irão receber.

O gestor disse ainda, que a quitação dos débitos, acontecerão de forma parcelada.

As dívidas do município com os trabalhadores são relativas ao mês de dezembro e o 13ª, deixados pelo ex-prefeito, Cláudio Santana (MDB).

Ouça os principais momentos da entrevista:

Continue lendo

Bico do Papagaio

TOCANTINÓPOLIS: Começa aplicação das primeiras 1.281 doses de CoronaVac

Publicado

em

A Prefeitura de Tocantinópolis iniciou na manhã desta sexta-feira (22), a primeira etapa da Campanha de Vacinação contra a Covid-19. As primeiras 1.281 doses de Coronavac, enviadas pelo Ministério da Saúde, serão aplicadas em profissionais da saúde que atuam na linha de frente do Coronavírus; em idosos de instituições de longa permanecia e; população indígena.

A primeira pessoa imunizada no município, foi Militão da Conceição Silva, de 75 anos, que reside na Casa da Divina Providência (Abrigo dos Idosos). Na sequência, foi a vez do casal de indígenas Joel Dias Apinajé, de 37 anos e, Rosana Xavito Apinajé, de 33 anos, residentes na Aldeia Prata. Já o primeiro profissional da saúde municipal imunizado, foi Anísio Vieira de Sousa, de 56 anos, bem como o médico Guilherme Roques Gomes, de 29 anos, que atuam na linha de frente de combate à Covid-19 desde o início da pandemia.

Continue lendo

Bico do Papagaio

AUGUSTINÓPOLIS: Inaugurada Rede Municipal de Frio e é aplicada primeira dose da CoronaVac

Publicado

em

Na tarde desta sexta-feira 22, a Secretaria Municipal de Saúde de Augustinópolis realizou a cerimonia de inauguração da Rede de Frio, que ocorreu na Unidade Sentinela/UPA, e que será utilizada para o armazenamento das doses da vacina do COVID-19 (CoronaVac), e de todas as outras vacinas que fazem parte do Programa de Imunização do município, a estrutura também conta com recepção, sala de vacina, sala de armazenamento de imunológicos e sala da Gerência de Imunização.

A médica Felícia Maria Costa, foi a primeira pessoa a ser vacinada contra o coronavírus em Augustinópolis. Ela trabalha na linha de frente do combate à Covid-19 no município e faz parte do grupo prioritário para a imunização.

O Secretário Municipal de Saúde Yatha Anderson, afirma que as 203 doses da 1ª fase recebidas serão aplicadas nos profissionais que atuam na linha de frente no enfrentamento ao COVID-19, seguindo as orientações do Ministério da Saúde. A partir de segunda-feira, 25, será feita a imunização de outros 202 profissionais de saúde que atuam no combate ao coronavírus.

O prefeito Antônio do Bar também falou sobre as expectativas quanto a esse importante passo na luta contra a covid-19. “A situação não só do Tocantins ou do Brasil, mas do mundo, está triste. Peço a Deus e aos nossos governantes para que mandem a vacina para todos, não só para os idosos e profissionais da saúde. Vamos acreditar nos nossos profissionais, vamos confiar que essa situação vai passar”, disse após lembrar de pessoas conhecidas em Augustinopolis que foram vítima da covid-19.

A cerimonia de abertura contou com a presença do Prefeito Antônio Cayres de Almeida e da Primeira-Dama Deijanira de Almeida Pereira, também esteve presente o vice-prefeito Zé Mendonça, servidores público e vereadores. (Ascom)

Continue lendo
publicidade Bronze