Connect with us

Pará

PARÁ: Abastecimento de água em Marabá volta ao normal em maio

Publicado

em

A Companhia de Saneamento do Pará (Cosanpa) está realizando as interligações ao novo sistema de abastecimento de água em Marabá, região sudeste do estado. A operação significa a última etapa do conglomerado de obras que vão aumentar a capacidade de atendimento em mais três mil e oitocentas novas ligações, além de melhorar a qualidade da água que sairá das torneiras.

O sistema completo poderá estar pronto em maio para a fase final de testes e ajustes. A governadora Ana Júlia Carepa deverá inaugurar a obra dia 11 de junho, conforme previsão da Cosanpa, em Marabá.

Para realizar a operação com sucesso se faz necessário o desligamento da rede de abastecimento. Até o mês de maio vão ocorrer dez interrupções no fornecimento de água com paradas parciais e totais. “É um transtorno necessário, pois estamos interligando a rede ao novo sistema de abastecimento de água da cidade. É um trabalho duro que requer tempo e bastante atenção”, explica o gestor de Negócios da Cosanpa em Marabá, Paulo Piqueira.

A partir da operacionalidade do novo sistema de abastecimento de água, a Cosanpa vai poder atender três mil e oitocentas novas ligações nos núcleos da Nova Marabá e Cidade Nova, beneficiando 289 mil pessoas de quase 58 mil famílias. E a partir da segunda etapa das obras de ampliação, será possível atender outros trinta mil novos consumidores. Atualmente, a Cosanpa atende 18.442 usuários.

Inovação

A fase de interligações é a penúltima etapa do calendário de trabalho que iniciou há dois anos. A velha área de estação de tratamento foi completamente modificada com a construção de quatro novos tanques de concreto armado pelos quais funcionarão: um reservatório, uma casa de bombas, uma unidade de decantação e outra de floculação. Estas duas últimas unidades serão responsáveis pelo novo tratamento da água, e consiste na eliminação dos resíduos físico-químicos contidos na água captada do rio Tocantins.

O novo sistema de abastecimento vai reduzir os problemas da falta de água em Marabá, pois vai aumentar a capacidade de armazenamento do produto em pelo menos 100%; “o que também vai melhorar o processo de distribuição e qualidade da água”, completa o gestor de negócios da Cosanpa na região do Tocantins, Paulo Piqueira. “Por isso, a população precisa ter paciência durante esta fase de interligações”, pede.

Interrupções

O calendário de interrupções iniciou dia 11 de abril e vai se estender até o dia 11 de maio. As próximas paradas serão dias 25, com tempo de seis horas; dia 1º de maio, com período de 18 horas; dia 5 de maio, com tempo de 12 horas; dia 9 de maio, com tempo de 8 horas, e dia 11 de maio, com tempo de oito horas.

Após a fase de interligações, a Cosanpa vai iniciar o período de testes finais e de adequações e ajustes. O presidente da Companhia, Eduardo Ribeiro, deverá acompanhar o processo pessoalmente, acompanhado de engenheiros, técnicos e operários da Cosanpa. A obra está orçada em previsão de inauguração oficial da obra é o dia 11 de junho, com a presença da governadora Ana Júlia Carepa.

publicidade
FAÇA UM COMENTÁRIO
Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.
Faça um comentário

Pará

Remo, Paysandu, Tuna e Castanhal ficam no empate nas semifinais do Parazão 2021

Publicado

em

As semifinais do Campeonato Paraense 2021, ficaram empatadas. As duas partidas aconteceram neste domingo, 9.

Tuna vs Remo

Tuna e Remo fizeram um bom jogo na manhã deste domingo, dia 9, no estádio do Souza, em Belém. Ambos os times vieram com posturas ofensivas para o jogo, mas quem aproveitou melhor as chances no começo foi o Remo, que abriu o placar com Uchôa, aos 20 da etapa inicial. Em seguida, Léo Rosa marcou de pênalti, aos 34, e empatou a partida. Na segunda etapa, o Leão foi superiou, criou mais chances, levou mais perigo, mas parou em uma atuação de gala do goleiro tunante Gabriel Bubniack. Vaga na final precisará ser definida na quarta-feira, no jogo de volta, no Baenão.

Com o resultado, nenhuma das equipes obteve vantagem para o jogo de volta das semifinais. A vaga na final será decidida na quarta-feira, dia 12, às 19h30, no estádio do Baenão. Caso o segundo jogo termine em empate novamente, a classificação será definida nos pênaltis.

Castalhal vs Paysandu


Castanhal e Paysandu realizaram uma partida fraca tecnicamente e de poucas oportunidades. O destaque do primeiro tempo foi para o atacante Marlon, responsável pelas principais chances no jogo, acertando o travessão de Axel Lopes. O Castanhal tentava chegar à meta de Victor Souza, mas não conseguia dar o último passe de forma correta, ficando a maioria das vezes sob o domínio da defesa bicolor. As coisas melhoraram um pouco mais na etapa complementar, principalmente com a entrada do atacante Fidélis, do Castanhal. Ele deu maior dinamismo ao time, que conseguiu levar certo perigo à meta bicolor. Desta forma, cedeu a oportunidade de ataque do Papão trabalhar no contra-ataque, como foram nas chegadas do volante Elyeser e do lateral-esquerdo Bruno Collaço, que finalizaram bem, mas viram o goleiro Axel evitar que o gol.

Definição da vaga para a final do Parazão 2021 fica para a próxima quarta-feira, dia 12, na Curuzu, em Belém. (Fotos: Samara Miranda/Remo e John Wesley/Paysandu)

Continue lendo

Pará

MARABÁ: Infraestrutura do Novo Terminal de Integração avança

Publicado

em

As obras da construção do novo Terminal de Integração de Marabá não param. O novo espaço pretende reduzir o tempo de espera nos pontos de ônibus e também reduzir custos para o usuário.

O engenheiro civil, Alex Amoury, da Secretaria de Viação e Obras Públicas (Sevop), é o responsável por acompanhar o andamento da obra. Ele conta que no momento os serviços se concentram nos dois blocos onde irão funcionar o setor administrativo e comercial do novo Terminal.

“Nos dois, as fundações foram executadas, assim como a estrutura de concreto, laje pré-fabricada (treliçada), o fechamento em alvenaria com blocos cerâmicos, tubulação de água e esgoto, laje para a caixa d’água, contrapiso dos dois blocos”, explicou o engenheiro.

Além desta etapa, os operários já iniciaram a construção da plataforma de embarque e desembarque que liga o bloco comercial e administrativo, além da construção de banheiros e outros setores.

“O prédio administrativo terá duas lojas na parte inferior, recepção da administração, banheiros masculino e feminino. No piso superior teremos a administração do terminal. Teremos também uma plataforma de aproximadamente 50 metros até o bloco comercial que será composto de seis lojas”, afirmou Alex Amoury.

A proposta é fazer com que a partir do funcionamento do Terminal os veículos possam ter um percurso menor, tendo em vista que serão planejadas novas linhas, num total de 14, atendendo os usuários em todos os bairros, com um tempo de espera bastante reduzido.

Está é uma das obras mais aguardadas para quem utiliza o transporte público em Marabá..

“Com o terminal de integração, numa área central da cidade, todas as linhas irão convergir e dar maior rapidez ao usuário, pois irá diminuir o tempo de viagem. Com o sistema integrado teremos melhor atendimento com conforto e mais segurança”, relatou Jair Barata Guimarães, secretário de segurança institucional e presidente do Conselho Municipal de Transporte do município. (Victor Haor / Fotos: Paulo Sérgio)

Continue lendo

Pará

PARAUAPEBAS: Bairros Tropical e Jardim Ipiranga recebem mutirão de limpeza

Publicado

em

Dando continuidade ao mutirão de limpeza realizado na cidade, as equipes da Secretaria Municipal de Serviços Urbanos (Semurb) estão nesta semana nos bairros Tropical I, II e Jardim Ipiranga. 

Antes de iniciar o mutirão nesses locais, a equipe de educação ambiental juntamente com os fiscais de urbanismo desenvolveram uma ação educativa de porta em porta para comunicar aos moradores sobre o mutirão e também falar a respeito do acondicionamento correto do lixo e ainda sobre limpeza dos lotes.


De acordo com o coordenador de educação urbana da Semurb, Daniel Barros, a ação tem a proposta de intensificar a limpeza geral na cidade, com a colaboração dos moradores. “Estamos nos bairros tropical I e II e Ipiranga. Uma semana antes de iniciar os serviços percorremos os bairros avisando nas residências e também colocamos carro som nas ruas sobre ação”, explicou o coordenador. 

“Também conversamos sobre o lixo domiciliar, pois algumas pessoas ainda colocam pra fora nos dias e horários inadequados, por isso pedimos a colaboração dos moradores para que façam o acondicionamento nos dias e horários corretos. E ainda falamos sobre a limpeza dos lotes”, concluiu Daniel.  

Além da retirada de entulhos e galhadas, as ruas recebem capina e roçagem. O mutirão segue em outros locais do município, conforme cronograma que será divulgado pelo Semurb. (Liliane Diniz / Foto: Oril Lima)

Continue lendo
publicidade
publicidade Bronze