- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
quarta-feira, 06 / julho / 2022
- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
- Publicidade -spot_img
Array

PARÁ: Abertura da II Conferência Estadual de Juventude reúne 700 pessoas no Hangar

Mais Lidas

Quase 700 representantes de instituições públicas, movimentos sociais e colegiados estiveram reunidos no hangar – Centro de Convenções e Feiras da Amazônia para a abertura da II Conferência Estadual da Juventude. A troca de ideias, sugestões e expectativas deram o tom da programação, que se estenderá até o dia 27, coordenado pelo programa Pro Paz Juventude, Secretaria de Estado de Justiça e Direitos Humanos (Sejudh) e Instituto de Artes do Pará (IAP).

“Sinto-me extremamente feliz em fazer parte desse momento de construção de um novo ‘Pacto pela Juventude’ em nosso Estado. Tenho clareza do papel dos jovens na construção desse Estado e da sua capacidade de mobilização para realizar grandes mudanças. E este governo está no caminho certo, pois vê a juventude como um importante parceiro e colaborador, por isso mesmo já vem investindo em políticas públicas voltadas para esse segmento, a exemplo desta conferência”, disse José Brasil, titular da Sejudh.

Durante a abertura oficial da programação um grupo de alunos ligado à União Nacional dos Estudantes (UNE) se manifestou contrário às políticas administrativas do atual governo, mas logo tiveram a dimensão do que o encontro promete para os próximos dias: diálogo. Dezenas de outros participantes pediram a palavra e mostraram que estavam ali não para buscar polêmicas, mas para mostrar a força e consciência da juventude paraense. “Estamos em um momento de grande importância, pois aqui poderemos discutir e propor políticas públicas que nos beneficiarão em curto, médio e longo prazos. Esse é nosso objetivo, não viemos aqui tratar de interesses políticos. E para isso, não queremos unanimidade, queremos união”, disse Raimundo Rodrigues da Silva, coordenador da Juventude.

A coordenadora do Comitê Gestor do Pro-Paz, Izabela Jatene, presente à abertura do evento, desejou votos de que o evento seja um momento para tratar de diversidade com participação efetiva. “Espero que a Conferência seja um momento de elaboração de propostas, pois é uma oportunidade de mudar a realidade. Hoje tivemos alguns exemplos de como a democracia é salutar. Para isso é preciso garantir respeito às diversidades”, disse.

Pacto

“Um grande pacto pela juventude paraense”, com esse tema a Conferência pretende promover ações sobre os direitos da juventude e fortalecer as ações da coordenadoria. Mais de 1.700 jovens participaram das plenárias regionais, realizadas em 12 mesorregiões do estado, no Marajó, Baixo Amazonas, Lago do Tucuruí, Tocantins, Araguaia, Carajás, Tapajós, Capim, Caeté, Guamá e Metropolitana.

Plano

Um dos resultados do evento será a formulação do Plano Estadual de Políticas para a Juventude, que será apresentado em dezembro, durante o Congresso Nacional de Estudantes, que acontecerá em Brasília. “A partir da representação de jovens de diferentes regiões do Estado poderemos apresentar propostas pautadas nas realidades locais. Esse é o nosso objetivo”, explicou Simão Bastos, um dos coordenadores do evento.

Nesta segunda-feira , 25, serão discutidas e apresentadas as propostas para o Plano Estadual e também realizada a eleição dos delegados que representarão o Pará na Conferência Nacional. Serão 40 os representantes do Estado, das mais diversas localidades. Para a estudante Keila Ferreira, de Curuçá, que participa da programação, o evento é importante porque “consegue agregar jovens de todas as partes do estado e, conseqüente, tem várias opiniões que podem contribuir para melhorar as perspectivas do segmento”, opinou.

A II Conferência Estadual da Juventude conta com a participação de representantes da Comissão Organizadora Nacional da Juventude, Instituto Universidade Popular (Unipop), Pastoral da Juventude, União Brasileira dos Estudantes Secundaristas (Ubes), União dos Negros pela Igualdade, Instituto João Ferreira, Movimento da Juventude Paraense, Federação dos Trabalhadores na Agricultura (Fetagri), Juventude do Partido da Social Democracia, Juventude Popular Socialista, Associação Kido de Taekwondo, União da Juventude Socialista (UJS), Juventude do Partido Trabalhista Brasileiro, Juventude do Partido dos Trabalhadores e Juventude do Partido da República.

- Publicidade -spot_img
Assinar
Notificar-me
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
- Publicidade -spot_img
- Publicidade -spot_img

Últimas Notícias