Connect with us

Tocantins

PARÁ: Ana Júlia leva Kit Faz Estrada e anuncia Usina de Biodiesel em Tailândia

Publicado

em

Em vista ao município de Tailândia para entrega de kit Faz Estrada, a governadora Ana Júlia Carepa entregou título de concessão de direito real de uso para 180 famílias. Além disso, a governadora anunciou a instalação de uma usina esmagadora de frutos de dendê para a produção de óleo de palma no município, através do programa Pará Biodiesel, como uma alternativa de geração de emprego e renda para a região.

Os anúncios feitos pela governadora deixaram a população da cidade, que aguardava sob forte sol a chegada de Ana Júlia, bastante feliz ante a perspectiva de melhoria de vida graças à chegada de uma nova atividade produtiva. Tailândia sofreu com o encerramento da atividade madeireira e carvoeira ilegal, provocada pela operação Arco de Fogo, do Governo Federal, que, embora proporcionasse baixos salários e não desse garantias trabalhistas, era uma alternativa de subsistência para centenas de famílias da região.

A regularização fundiária deverá trazer um novo momento, pois os assentamentos estaduais gozam das mesmas prerrogativas que os assentamos do Incra, como acesso ao crédito, assistência técnica rural e crédito moradia. Além disso, com os equipamentos do kit Faz Estrada, a prefeitura poderá manter as estradas vicinais trafegáveis, garantindo o escoamento da produção agrícola.

O prefeito Gilberto Sifredinni agradeceu a governadora Ana Júlia pelas máquinas, e lembrou que o município dispõe apenas de duas máquinas, com mais de 20 anos de uso. Sifredinni afirmou que seu governo irá manter as estradas trafegáveis, “pois este é um anseio antigo da população de Tailândia”.

Ana Júlia falou sobre o novo modelo de desenvolvimento que está sendo implantado no Pará por seu governo e destacou que o cadastro ambiental rural, a regularização fundiária e o investimento em logística são fundamentais quando se quer mudar a base produtiva do estado, em especial nas regiões onde ainda impera a atividade ilegal. “Precisamos substituir a atividade ilegal, estabelecendo condições para o povo produzir e garantir seu sustento”, disse a governadora.

Ela anunciou ainda a chegada do NavegaPará, a retomada do serviço de ampliação do sistema de abastecimento de água, a contratação de 40 novos policiais para o efetivo policial de Tailândia, a compra dos equipamentos para o Hospital do Município, além de citar os programas Bolsa Trabalho e ProJovem como exemplos de políticas públicas de inclusão social que estão dando certo.

publicidade
FAÇA UM COMENTÁRIO
Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.
Faça um comentário

Tocantins

ARAGUAÍNA: Governo atende solicitação de Luana Ribeiro que pede recuperação da TO-422 no trecho de acesso ao Daiara

Publicado

em

O Governo do Tocantins intensificou os trabalhos de recuperação da TO-422, no trecho de 8 km que dá acesso ao Distrito Agroindustrial de Araguaína (Daiara). A demanda foi apresentada pela deputada estadual Luana Ribeiro e aprovada pela Assembleia Legislativa do Tocantins.

A parlamentar destacou a importância de recuperar o trecho que abriga várias empresas, como distribuidoras de alimentos, de peças e um frigorífico. “Esta estrada é muito movimentada, especialmente pelo grande fluxo de caminhões, mas pela precariedade tem colocado em risco a segurança de quem trafega pela via. A região também abriga vários assentamentos e as famílias também sofrem com as condições funcionais do trecho”, justificou Luana Ribeiro. 

O desempenho da rodovia, em trafegabilidade e conforto, estava comprometido pelo acúmulo de deformações na superfície asfaltada. O objetivo é restabelecer as condições funcionais da via degradada pelo grande tráfego de veículos pesados, para o qual não foi projetada. As obras iniciaram na semana passada.

Os trabalhos devem restabelecer a trafegabilidade, principal demanda dos usuários da via, que atende empresários, proprietários rurais e moradores locais. (Com informações da Ageto)

Continue lendo

Tocantins

Dia Mundial da Higienização das Mãos: BRK Ambiental reforça a importância de lavar as mãos corretamente

Publicado

em

Instituído em 2009 pela Organização Mundial de Saúde (OMS), o dia Mundial de Higienização das Mãos foi comemorado nesta quarta-feira, 05 de maio, e neste momento de enfrentamento do Coronavírus, a medida é considerada uma das mais eficazes para combater a doença.

O uso de máscara e a correta higienização das mãos são as práticas mais eficazes para combater, reduzir e prevenir o contágio da doença. A BRK Ambiental, concessionária responsável pelos serviços de água e esgoto no Tocantins reforça a importância da higienização, que deve ser frequente e realizada com sabonete e água ou com álcool em gel a 70%. 


Mesmo sendo simples, a lavagem das mãos necessita de atenção para que seja realizada da forma correta para eliminar todas as sujeiras e germes. Confira o passo a passo para a higienização adequada:

– Retire todos os adornos (relógios, pulseiras e anéis) para facilitar a higienização;

– Abra a torneira somente para molhar as mãos, feche-a na sequência e espalhe o sabonete por toda a superfície até o meio do antebraço;

– Esfregue a espuma nas palmas das mãos friccionando-as entre si, entrelace os dedos e esfregue também os espaços entre eles, assim como as costas das mãos e unhas;

– Faça uma conchinha com as mãos e friccione as polpas digitais e unhas de uma mão contra a palma da mão oposta, fazendo movimento circular;

– Reabra a torneira e enxágue as mãos em água abundante, evitando contato direto com a torneira;

– Por fim, enxugue as mãos com um pano limpo ou toalha de uso individual, ou toalha descartável.

Para eliminar qualquer vestígio do vírus das mãos a OMS orienta que o ritual completo dure de 40 a 60 segundos.

“Além da prevenção contra o Coronavírus, o simples ato de lavar as mãos é eficaz e evita a contaminação de outras doenças como as gripes causadas pelo vírus influenza, os resfriados, as conjuntivites, tanto bacterianas quanto virais, e doenças gastrointestinais como diarreias e parasitoses”, informa Eduardo Godinho médico responsável pela área de Saúde da BRK Ambiental.

Se existe algo que é fundamental nos cuidados com a saúde, é o ato de lavar as mãos, portanto priorize essa prática.

Continue lendo

Tocantins

Tocantins solicita autorização do Ministério da Saúde para vacinar profissionais da Educação

Publicado

em

Nesta quarta-feira, 5, o governador do Tocantins, Mauro Carlesse, encaminhou ofício direcionado ao ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, solicitando a autorização do órgão para que esses profissionais sejam vacinados, assegurando um ambiente mais seguro para o retorno das aulas presenciais no Estado.

“O secretário da Saúde, Edgar Tollini, vai amanhã à Brasília para entregar pessoalmente este ofício e iniciar as tratativas com o Ministério, para ver a possibilidade de fazer o mesmo que foi feito com as forças de segurança. Está passando da hora de vacinar os nossos professores e todos os profissionais da Educação. A vacinação é fundamental para o retorno das aulas”, destacou o Governador.

“Amanhã mesmo estarei em Brasília para discutir e saber como isso pode ser feito da melhor forma e da maneira mais rápida possível, com a anuência do Ministério da Saúde e dentro do Plano Nacional de Imunização”, complementou o secretário de Estado da Saúde, Edgar Tolini, informando que, especificamente, esse público-alvo é composto por 23 mil profissionais da educação básica e 7 mil do ensino superior, ou seja, em torno de 30 mil trabalhadores que compõem as redes de Educação em todo o Estado.

A secretária de Estado da Educação, Juventude e Esportes (Seduc), Adriana Aguiar, agradeceu pelo empenho do Governador em viabilizar a imunização da categoria. “Fico muito contente com a decisão e determinação do Governador Carlesse e o empenho do secretário Edgar Tollini, considerando que este foi o primeiro pilar anunciado pelo Governo na retomada das aulas ainda no ano passado, embora de forma não presencial. Para o retorno presencial, o Governador determinou que sejam vacinados não só os docentes, mas todos os profissionais que atuam dentro das nossas unidades escolares”, ressaltou.

“Estamos fazendo todo o esforço possível para vacinar não só os profissionais da Educação e sim toda a população do Estado. Mas agora, no momento, eu vejo como necessidade, vacinar esses profissionais. É um pedido que eu faço ao secretário e ao ministro da Saúde, que a gente consiga vacinar todos os nossos professores e profissionais envolvidos na Educação, o quanto antes”, concluiu o Governador. (Vania Machado)

Continue lendo
publicidade
publicidade Bronze