Connect with us

Pará

PARÁ: Belém sediará Olimpíadas Escolares Brasileiras em 2013

Publicado

em

Belém, a capital paraense, foi escolhida para sediar a edição de 2013 das Olimpíadas Escolares Brasileiras. Será a primeira vez que a Região Norte terá o evento esportivo, que reunirá milhares de alunos de todo o país, entre 15 e 17 anos, na categoria B. O anúncio foi feito pelo Comitê Olímpico Brasileiro (COB). Por telefone, Edgar Hübne, gerente de Iniciação, Fomento e Eventos do Comitê, informou oficialmente a decisão ao governador Simão Jatene.

A notícia foi um assuntos abordados na manhã desta terça-feira (1º), durante o “Prestando Contas”, programa de rádio do governo do Estado. “Para nossa alegria, Belém vai sediar as Olimpíadas Escolares em 2013. Nossa cidade foi escolhida dentre dezenas de municípios”, informou Simão Jatene.

 “A rede hoteleira, as instalações esportivas e principalmente o empenho e as garantias apresentadas pelo governador” foram citados por Edgar Hübner ao falar sobre o que foi decisivo para a escolha de Belém como sede dos jogos. Ele ressaltou que as reuniões com os secretários de governo também foram importantes.

Para o calendário 2012/2013, além da capital paraense serão escolhidas outras cidades, nas demais regiões brasileiras. O paraense Agberto Guimarães, medalhista de ouro em 1983, e mais três outros integrantes do COB conheceram a cidade e apresentaram o projeto das Olimpíadas ao governo estadual, a entidades esportivas e à imprensa.

 “É uma conquista que merece ser festejada, principalmente por Belém. A oportunidade de reunir cerca de 4 mil alunos-estudantes, que vêm conhecer a capital, é para comemorar. Nossa cidade será divulgada para todo o Brasil”, ressaltou Nilson Pinto, secretário Especial de Promoção Social. “É uma oportunidade de disseminar o esporte entre os jovens, e fundamental para a formação de futuros atletas a partir das escolas”, complementou o secretário.

Disputa

Belém disputou com 35 cidades de 20 Estados, e venceu cidades como Natal (RN), Campo Grande (MS) e Praia Grande (SP). A edição em Belém das Olimpíadas Escolares está prevista para o período de 7 a 12 de novembro de 2013. O Pará respondeu às questões do caderno de encargos exigidos pelo COB e foi credenciado. No final de junho, integrantes do Comitê estiveram na cidade fazendo a visita técnica.

Na exposição sobre o evento, Edgar Hübner destacou os investimentos feitos durante a realização das Olimpíadas, em torno de R$ 4 milhões. Ele elogiou a infraestrutura do Hangar, considerando o local como o melhor centro de convenções dentre 40 cidades visitadas desde 2005.

Além do Hangar, foram visitados o Estádio Olímpico do Pará Edgar Proença (o Mangueirão), a Estação das Docas, o Mangal das Garças e a Escola Superior de Educação Física.

Claudio Ribeiro, titular da Secretaria de Estado de Educação (Seduc), enfatizou que “é importante dizer que foi o governo do Estado, por meio da Seduc, que candidatou a cidade de Belém ao COB. Nós apresentamos a proposta e um caderno de encargos, e o Comitê fez uma visita técnica”.

“Para nós, do governo do Estado, a escolha de Belém como sede das Olimpíadas é mais um reconhecimento da importância do Estado do Pará no cenário esportivo brasileiro. E para a Seduc, que trabalha a educação como algo pleno, incluindo a prática esportiva, acredito que este evento será de grande importância para a valorização do esporte estudantil no Pará”, ressaltou o secretário.

publicidade
FAÇA UM COMENTÁRIO
Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.
Faça um comentário

Pará

PARAUAPEBAS: Município e ANM assinam nesta quarta-feira Termo de Cooperação para regularização de mineradoras

Publicado

em

Buscando soluções que viabilizem empreendimentos minerários legalizados e sustentáveis, será assinado nesta quarta-feira, 13, o Termo de Cooperação Técnica entre a Prefeitura de Parauapebas e a Agência Nacional de Mineração (ANM).

O evento será realizado no Hotel Vale dos Carajás, às 18h.

Em 22 de setembro a Prefeitura apresentou junto à ANM um documento com um plano de trabalho para indicar o interesse do município em firmar a parceria.


De acordo com o documento, o município coloca à disposição da ANM a equipe técnica da Secretaria Municipal de Mineração, Energia, Ciência e Tecnologia para contribuir com os processos de fiscalização da Contribuição Financeira por Exploração Mineral (Cfem) e de atividades de extração mineral, além de apoio em Processos Minerais.

“Segundo o cadastro da ANM, até dezembro de 2020, o município de Parauapebas registrava 761 Processos Minerais em todas as suas fases, desde requerimento até a autorização de lavra, representados por 197 pessoas físicas e jurídicas, com indicação de 29 substâncias minerais”, detalha o documento.

O município de Parauapebas tem longa experiência na fiscalização da Cfem, especialmente pelo trabalho desenvolvido desde 2007 em conjunto com o então Departamento Nacional de Produção Mineral (DNPM), hoje ANM. Graças a essa sinergia, foram realizadas denúncias quanto à prática de preços externos da Vale S.A, que resultou no Processo de Cobrança nº 951.438/2009 e rendeu mais de meio bilhão de reais por meio da Execução Fiscal 0006181-37.2010.4.01.390.

Continue lendo

Pará

PARAUAPEBAS: Gilson Fernandes pode ser um dos nomes de Bolsonaro para federal

Publicado

em

O nome do líder dos pequenos mineradores, Gilson Fernandes, vem ganhando força no meio bolsonarista na região de Carajás, para disputar uma cadeira de deputado federal em 2022.

Gilson está a frente da Federação Brasileira da Mineração e da Cooperativa Brasileira da Mineração, e vem desde 2015 ganhando protagonismo nas pautas conservadoras e políticas alinhadas ao presidente Bolsonaro.

Gilson tem se mantido reservado quanto a possibilidade de aceitar disputar uma cadeira de deputado federal, mas vem sendo incentivado por correligionários do setor mineral e conservador da região de Carajás.

Continue lendo

Pará

MARABÁ: Inscrições para a Corrida de São Félix de Valois iniciam dia 18

Publicado

em

As inscrições para a 11ª Corrida de São Félix de Valois começam no próximo dia 18 de outubro. O evento esportivo, que tem o apoio da Semel (Secretaria Municipal de Esporte) e da Paróquia do São Félix de Valois, é beneficente. Os interessados podem se dirigir até a Semel, localizada no Ginásio Poliesportivo “Renato Veloso”, a Folha 16, ou até a Academia Gol de Placa, na Folha 32, com um 1 pacote de fralda geriátrica ou 1 kg de leite de pó. Todos itens arrecadados serão doados para projetos sociais  indicados pela Paróquia e pela Prefeitura.  

Thyago Ferraz, coordenador da Semel, lembra que se trata de um evento de grande porte já inserido no calendário esportivo de Marabá. Cada participante receberá o kit do atleta com camisa, bolsa e squeeze (garrafa) antes da corrida. Para quem concluir a prova, que terá o percurso de 7 km, haverá premiação em medalha, como também premiação em dinheiro somente para os três primeiros vencedores da categoria masculina e feminina. Além disso, troféus para os três primeiros das categorias.

“Dessa forma, a Corrida do São Félix de Valois estará incentivando a prática de esporte de forma acessível, ao mesmo tempo que ajuda o próximo com as doações”, destaca Thyago Ferraz. A entrega do kit será no Partage Shopping, com data a definir. A largada e chegada será em frente a Paróquia São Félix de Valois, na Praça do Manduquinha, Marabá Pioneira. No final da prova, haverá também massagem desportiva e café da manhã para os participantes.

Continue lendo
publicidade
publicidade Bronze