- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
terça-feira, 05 / julho / 2022
- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
- Publicidade -spot_img
Array

PARÁ: Casas populares devem ser entregues em janeiro

Mais Lidas

Em Marabá, 2.500 casas populares devem ser entregues em janeiro de 2012, conforme estimativa da Prefeitura Municipal. Construídas em área do Bairro São Félix e da BR-222, as moradias são resultado do Programa Minha Casa Minha Vida, com apoio da administração municipal. As casas possuem sala, cozinha, banheiro, dois quartos e áreas para jardinagem e quintal.

Os interessados em receber o benefício, terão de passar por seleção feita por técnicos da Secretaria de Assistência Social (Seasp), que receberam treinamento feito pela Caixa Econômica Federal quanto aos critérios de inscrição e seleção a serem empregados no cadastramento das famílias.

Assim, os selecionados, serão subsidiados no pagamento da casa, pelo Minha Casa Minha Vida, de forma que os valores das prestações serão de no máximo 10% da renda familiar ou, no mínimo, R$ 50 mensais, durante 10 anos. Ficando o restante do valor por conta do governo federal.

Os interessados devem ter renda de até três salários mínimos (R$ 1.635), não podem ter outra residência em seu nome, nem imóvel subsidiado pelo governo federal. Todas as famílias, obrigatoriamente, precisam ser cadastradas no Cadastro Único para Programas Sociais.

Contudo, existem algumas regras a serem seguidas. Os critérios nacionais consistem no benefício ser voltado para as famílias que vivem em área de risco e aquelas em que a mulher é a provedora. Já em termos municipais, é necessária a comprovação de residência em Marabá há pelo menos três anos. Comprovação essa que poderá ser feita por meio de matrícula escolar, atendimento em postos de saúde e etc.

O interessado também não pode possuir imóvel urbano ou rural e não ter participado de nenhum programa de regularização fundiária.

Das 2.500 casas populares, 450 são para famílias carentes de Morada Nova, 450 do São Félix, 650 do Núcleo Nova Marabá, 750 do Núcleo Cidade Nova e 200 da Marabá Pioneira. Destas, 3% serão direcionadas para deficientes físicos e outros 3 % para idosos. (Correio Tocantins)

- Publicidade -spot_img
Assinar
Notificar-me
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
- Publicidade -spot_img
- Publicidade -spot_img

Últimas Notícias