- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
domingo, 14 / agosto / 2022
- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
- Publicidade -spot_img
Array

PARÁ: Clima de insatisfação na Coomigasp

Mais Lidas

O clima não é nada bom na Cooperativa de Mineração dos Garimpeiros de Serra Pelada (Coomigasp). Salários atrasados, fornecedores sem receber, cooperativa sem crédito em Curionópolis devido aos atrasos e diretores e funcionários insatisfeitos com a péssima administração de Gessé Simão. Aliás, uma fonte revelou que nesta sexta-feira, 4, pela manhã Gessé fez discurso em cima de um caminhão em Imperatriz (MA) para meia dúzia de garimpeiros para anunciar sua candidatura à reeleição.

Ainda segundo a fonte, os funcionários estão insatisfeitos também porque não recebem no dia certo – todo dia 10 de cada mês. O mais curioso é que ninguém sabe para onde vai o dinheiro repassado pela Colossus. Só há duas semanas a Colossus repassou mais de R$ 1 milhão para a Coomigasp, mas o dinheiro não foi, mais uma vez, bem administrado e a maioria dos funcionários e fornecedores ficou a ver navios.

Além disso, começam a circular nos bastidores notícias de inúmeras irregularidades cometidas por Gessé Simão com o dinheiro dos pobres garimpeiros. Dizem que a qualquer momento tudo isso pode se tornar capa de revista de circulação nacional ou matéria de um grande jornal.

Para completar, nesta semana a Serra Pelada Companhia de Desenvolvimento Mineral (SPCDM) demitiu 150 operários, gente simples, sendo a maioria do setor de terraplenagem e moradores de Serra Pelada.

Se o governo não ficar de olho, Serra Pelada se tornará um barril de pólvora. Os garimpeiros foram iludidos de que passariam o Natal de 2011 com dinheiro no bolso, quando na realidade o ouro só começará a ser produzido em 2013. A coisa tá feia pelas bandas de Curionópolis e Serra Pelada. (Zé Dudu)

- Publicidade -spot_img

2 Comentários

Assinar
Notificar-me
guest
2 Comentários
Mais antigo
Mais recente Mais votado
Inline Feedbacks
View all comments
Coraci Machado

Zé Dudu, pq vc não escreve uma matéria esclarecedora sobre aquele valor q seu Gessé refez a associação com parentes dos garimpeiros e valores a partir de 500,00 dos antigos garimpeiros já bem velhos ou mortos. Segundo a cooperativa esse dinheiro seria para liberar a aposentadoria e a sociedade dos cooperados. Muitos garimpeiros ou famílias (esposa e filhos)já residentes em outros estados fizeram essa associação com carteirinhas recibo e tudo) e até hj nem notícia.

elaine

Na verdade, não vejo nem um interesse por parte das cooperativas em realmente deixar um contato para que possamos nos comunicar, ou até mesmo enviar alguma coisa (carta) para seus cooperados.
E quanto as verbas já existentes elas serão de fato repassadas, e qual é esse valor, e quando isso acontecerá.
Porque os cooperados estão sem essas informações, já que é direito adquirido.

- Publicidade -spot_img
- Publicidade -spot_img

Últimas Notícias