Connect with us

Pará

PARÁ: Delegados e policiais de Marabá são presos por extorsão

Publicado

em

Policiais civis comandados pelo delegado Domingos Sávio de Albuquerque Rodrigues, titular da Divisão de Crimes Funcionais (Decrif), cumpriram três mandados de prisão contra policiais civis e militares em Marabá.

Foram presos o delegado Edivaldo Machado dos Santos, o investigador Marco Antônio das Neves Matos e um cabo da Polícia Militar de prenome Jacinto.

A reportagem levantou que os três estão sendo acusados de envolvimento num esquema de extorsão em duas situações distintas.

No caso do investigador Matos, lotado na Delegacia de Conflitos Agrários de Marabá (Deca), ele estaria fazendo o que é chamado de “catação”, ou seja, colher dinheiro em algumas “bocas-de-fumo” de Marabá.

Quanto ao delegado Edivaldo e o cabo Jacinto, estes estariam extorquindo dinheiro de um grande empresário de Marabá para ocultar um crime de pedofilia. Inclusive o nome deste empresário foi “ventilado” por ocasião da vinda da CPI da Pedofilia em Marabá.

Os dois acusados teriam dado um bote no empresário quando este teria ido a um motel da cidade com duas menores de 14 e 15 anos.

Neste dia, o empresário, para se livrar do escândalo e das sanções penais, teria oferecido R$ 15 mil para o delegado e o cabo, entretanto estes estariam cobrando mais dinheiro.

O caso envolvendo a suposta extorsão, segundo fonte segura, foi denunciado ao Ministério Público Estadual, em Marabá, que por sua vez ofereceu denúncia contra Edivaldo e Jacinto. Os mandados de prisões foram decretados pelo juiz da 5ª Vara Penal de Marabá, Cristiano Magalhães Gomes.

Vale lembrar, que a polícia investiga outros casos envolvendo pedofilia, inclusive, em relação a alguns empresários de Marabá que estão sendo apontados como pertencentes a este esquema. Geralmente, os abusadores escolhem menores. (Diário do Pará)

publicidade
FAÇA UM COMENTÁRIO
Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.
1 Comment

Pará

Helder tem celular clonado e Toni Cunha dispara, “Será que fez bobagem pelo telefone…?”

Publicado

em

Esta semana o governador do Pará, Helder Barbalho (MDB), disse por meio de suas redes sociais, que mais uma vez, teve seu telefone clonado. “Boa noite, pessoal. Fui vítima de crime cibernético. Meu número de telefone foi clonado. Já fiz boletim de ocorrência e estou tomando as providências para resolver o problema”, escreveu.

Encabulado, com a quantidade de vezes que o governador já teve seu aparelho alvo de ataques cibernéticos, o deputado estadual, Toni Cunha (PTB), seu adversário, escreveu. “De novo!! Será que o governador está mal orientado por quem cuida de sua privacidade!!? Toda vez é isso!! Acho que é o governador que mais teve telefones “clonados” na história do Brasil. Vá ser clonado assim “lá na China”!!. Será que fez bobagem pelo telefone e quer dizer que não foi ele?”

Continue lendo

Pará

PARAUAPEBAS: Morre aos 68 anos Faisal Salmen

Publicado

em

Faisal Salmen, médico e primeiro prefeito de Parauapebas, município da região de Carajás, Pará, morreu na noite desta sexta, 23.

Faisal vinha lutando contra as sequelas de um câncer.

Faisal Faris Mahmoud Salmen Hussain, tinha 68 anos e era paulista de Agudos. Foi eleito prefeito de Parauapebas, em novembro de 1988 e cumpriu o mandato de 1989 a 1992.


O atual prefeito de Parauapebas, Darci Lermen (MDB), comentou sobre a morte. “Obrigado Faisal Salmen, nosso primeiro prefeito, por ter compartilhado, com todos nós, tanto carinho e dedicação. Nesse momento doloroso em que a natureza subverte o curso da vida. Parauapebas terá sempre muito orgulho desse cidadão parauapebense. A força de Faisal Salmen vem do seu exemplo e do seu caráter. leal à família, aos amigos, ao povo de Parauapebas, sua garra nos inspira e seu trabalho nos motiva”, disse o gestor.

O corpo de Faisal Salmen será velado na Câmara Municipal de Parauapebas a partir das 15 horas deste sábado e seu sepultamento está marcado para as 18 horas no Cemitério local.

A Prefeitura de Parauapebas decretou luto oficial de três dias.

Continue lendo

Pará

Assista o Conexão Rural deste final de semana – Dias 24 e 25

Publicado

em

Continue lendo
publicidade
publicidade Bronze