- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
quinta-feira, 19 / maio / 2022
- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
- Publicidade -spot_img
Array

PARÁ: Disque-Denúncia ajuda na prisão de foragidos em Parauapebas

Mais Lidas

O Disque-Denúncia utilizado pela população no repasse de informações sobre crimes tem sido uma ferramenta fundamental na repressão e combate à violência no sudeste do Pará. Operando especificamente na região pelo número 3346-2250, o serviço telefônico completou um ano em janeiro deste ano, com um registro superior a 25 mil ligações com denúncias no período. Graças às denúncias, neste final de semana, quatro foragidos da Justiça foram presos por uma força-tarefa formada por policiais civis e militares. Os criminosos são Sabrine Machado, Rosiane da Conceição, Tiago dos Santos e Márcia Felipe, todos foragidos do regime semi-aberto, do Centro de Recuperação Agrícola Mariano Antunes, de Marabá, desde fevereiro de 2010.

Eles respondem pelos crimes de tráfico de drogas, formação de quadrilha e roubo. De acordo com o delegado Miranda Neto, diretor da Seccional Urbana de Parauapebas, as ações policiais atendem as diretrizes operacionais de repressão à criminalidade na região determinadas pela Diretoria de Polícia do Interior, por meio da Superintendência Regional do Sudeste do Pará.

Reunião

Ainda neste final de semana, as Polícias Civil e Militar e o Ministério Público Estadual se reuniram com representantes das Secretarias Municipais de Urbanismo e de Meio Ambiente e proprietários de bares e restaurantes que usam áreas públicas em Parauapebas. No encontro, os agentes públicos repassaram aos comerciantes esclarecimentos sobre as portarias que proíbem a comercialização de bebidas alcoólicas em praças públicas, bem como prestaram informações sobre a demolição da área conhecida por “costa para rua”, localizada no centro da cidade.

O local costuma atrair delinquentes e confusões durante a noite. Na reunião, ficou acertada ainda a proibição de comercialização de bebida alcoólica em vasilhame de vidro em ambientes fechados na cidade de Parauapebas e nos quiosques da rodovia local, também área pública. A medida foi motivada pelo êxito da portaria baixada pela direção da 20ª Seccional Urbana da Polícia Civil que proibiu a comercialização de bebida alcoólica em vasilhame de vidro durante o Carnaval deste ano.

- Publicidade -spot_img
Assinar
Notificar-me
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
- Publicidade -spot_img
- Publicidade -spot_img

Últimas Notícias