- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
segunda-feira, 23 / maio / 2022
- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
- Publicidade -spot_img
Array

PARÁ: Enchente ameaça carnaval em Marabá

Mais Lidas

A Prefeitura de Marabá já considera a possibilidade de mudança de local do carnaval deste ano, por causa da enchente do rio Tocantins. No início do mês, a Coordenadoria Municipal de Defesa Civil reuniu-se com várias secretarias municipais e com autoridades da cidade, para discutir a possibilidade de mudança de itinerário do Carnaval 2011, que todos os anos ocorre na Orla Sebastião Miranda. A preocupação tem origem na possível elevação do nível das águas do rio Tocantins, que poderá inundar toda a orla e comprometer a realização do evento.

Segundo a organização, mesmo que as águas não inundem a orla, ocorrerão algumas mudanças no carnaval deste ano, em que será mantido o tradicional desfile dos blocos carnavalescos. Contudo, o percurso será alterado. A concentração será próxima ao restaurante Ilha Verde e o palco oficial, que antes ficava em frente à Casa Bandeira, será montado próximo da Colônia dos Pescadores Z-30.

A Defesa Civil de Marabá permanece em estado de alerta, monitorando o nível das águas dos rios Tocantins e Itacaíunas. As autoridades municipais já definiram que antes mesmo do rio Tocantins atingir a cota de 10 metros acima do nível normal, serão construídos quatros abrigos, com o objetivo de acomodar famílias afetadas pela enchente. A prefeitura da cidade também já começou um mutirão de limpeza nas ruas dos bairros que se localizam na parte mais baixa da cidade, para evitar que, caso o rio siga em elevação, o lixo acumulado não se misture à água, causando danos à saúde da população e contaminando o meio ambiente.

Os abrigos serão construídos em vários locais, entre eles o Núcleo Nova Marabá, onde será erguido um galpão na Folha 16, ao lado do Ginásio Poliesportivo ‘Renato Veloso’, com capacidade para 300 famílias, no núcleo Cidade Nova, onde as famílias vítimas de enchente serão encaminhadas para um abrigo que será erguido no Campo de Futebol ‘Pipocão’, com capacidade para 150 famílias. No mesmo núcleo, outro abrigo a ser construído em terreno de uma empresa particular poderá receber mais 100 famílias. No bairro São Félix Pioneiro, o campo de futebol do bairro receberá outras 150 famílias. (O Liberal)

- Publicidade -spot_img
Assinar
Notificar-me
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
- Publicidade -spot_img
- Publicidade -spot_img

Últimas Notícias