Connect with us

Pará

PARÁ: Governadora apresenta modelo de desenvolvimento a jovens empreendedores

Publicado

em

“Acreditamos que o papel do Estado na economia é criar as condições jurídicas para o desenvolvimento da economia”, afirmou a governadora Ana Júlia Carepa na mesa de abertura do 1º Líder Norte, evento promovido pelo Conselho Estadual de Jovens Empresários (Conjove), em parceria com o Sebrae-PA. Realizado no Hangar – Centro de Convenções e Feiras da Amazônia, o 1º Líder Norte integra a programação da Feira do Empreendedor 2010.

A governadora também sancionou a lei que inclui no calendário oficial do Estado a Semana do Jovem Empreendedor. O projeto de lei, de autoria do deputado estadual Joaquim Passarinho, foi aprovado pela Assembleia Legislativa e prevê um cronograma de debates e conferências destinadas a estimular o empreendedorismo entre a juventude.

Fabrizio Guaglianone, presidente do Conjove-Pará, ressaltou a importância da assinatura. “A força jovem empreendedora é a principal ferramenta para o sucesso de nossa caminhada rumo ao desenvolvimento com sustentabilidade”, declarou.

A diretora superintendente do Sebrae, Cleide Tavares, falou sobre a importância do empreendedorismo jovem no país. Segundo ela, uma pesquisa nacional aponta que 51% dos novos empreendimentos são capitaneados por jovens. Eventos como o Líder Norte, disse Cleide Tavares, criam acúmulo de capital social entre os jovens empreendedores, com trocas de experiência e elaboração de uma plataforma estratégica para o desenvolvimento da economia local.

Modelo

Ana Júlia Carepa apresentou ainda os projetos de transformação do modelo de desenvolvimento implementado no Pará, partindo de uma economia basicamente exportadora de matéria prima em estado bruto, para uma economia industrializada. “Como mantermos um custo de R$ 250 milhões anuais somente com os hospitais regionais, sem a geração de riquezas no nosso Estado? Cabe, sim, ao Estado ser o indutor do desenvolvimento”, reiterou a governadora.

Ela citou como exemplo desta capacidade de concertação do Estado a aproximação entre a empresa Vale e o Grupo Aço Cearense, para a implantação do projeto Aline, orçado em R$ 1,5 bilhão, que produzirá, no município de Marabá, aço galvanizado a partir do aço laminado pela empresa Alpa.

O novo modelo de desenvolvimento, segundo Ana Júlia Carepa, está sustentado na valorização do capital fixo, do capital humano e do capital social, por meio da infraestrutura de produção e logística, das redes de relacionamento e confiança existentes, que favorecem o ambiente para o desenvolvimento da economia e formação de mão de obra.

Estas ações se distribuem sobre o território a partir de três centros econômicos: a Região Metropolitana de Belém e os municípios de Marabá, no sudeste, e Santarém, no oeste. Nestes três polos, o governo investe em inovação, ciência e tecnologia, por meio de parques tecnológicos, distritos industriais e redes de transporte intermodal, que possibilitam a integração das regiões e a consolidação do crescimento econômico.

Acima da média

O governo, disse ela, está trabalhando ainda para garantir o aporte de investimentos públicos e privados que impulsionem a economia do Pará acima da média nacional. Segundo Ana Júlia Carepa, com o apoio do governo federal, o governo estadual garantiu a realização de obras importantes, como as eclusas de Tucuruí, a hidrovia Tocantins-Araguaia, mais de R$ 100 milhões em distritos industriais, o asfaltamento de rodovias, como a BR-163 (Santarém-Cuiabá) e a BR-230 (Transamazônica), a criação de três parques de ciência e tecnologia e o programa NavegaPará, entre outros.

Sobre os parques tecnológicos, a governadora citou o Laboratório de Eficiência Energética na Amazônia, Ceamazon, que desenvolve um projeto em parceria com o Sebrae para reduzir o gasto energético na cadeia da panificação, com aumento da produtividade. Ana Júlia Carepa disse ainda que os demais parques, em Marabá e Santarém, estão vinculados à universidade federal.

Ela destacou a criação da Universidade Federal do Oeste do Pará (Ufopa) – um pleito do governo do Pará atendido pelo presidente Lula – e a ampliação da Uepa. “Ampliamos a Universidade do Estado do Pará, que mantém 21 núcleos em 15 cidades”, informou.

Sobre o programa NavegaPará, a governadora disse que está levando internet livre a mais de 2 milhões de pessoas, além de criar áreas de internet livre em mais de 16 municípios e anunciar a instalação de 39 novos pontos em praças de Belém.

Formação

Outro ponto destacado foi o investimento em formação técnica, com a criação da Fundação de Amparo à Pesquisa do Pará (Fapespa) e o financiamento de bolsas de iniciação científica, mestrado em doutorado. Somente para o doutorado, disse ela, “já financiamos mais de 300 bolsas, contra uma quantidade pífia em governos anteriores”.

“Estamos tirando do discurso para a prática a promoção da verticalização da indústria mineral no Estado”, afirmou a governadora. “Por muito tempo se levantou, em campanhas eleitorais, esta bandeira. Contudo, somente com uma política consequente de indução ao crescimento econômico pudemos torná-la realidade”, acrescentou. “O Pará é o segundo maior produtor de cacau do Brasil, e teremos pela primeira vez uma fábrica de chocolate em Medicilândia, na Transamazônica”, citou.

Ana Júlia Carepa falou ainda sobre as mudanças na legislação para a superação dos passivos ambiental e fundiário, a criação da lei que estabelece o Programa Estadual de Ordenamento Territorial, combatendo a grilagem de terras e a violência no campo, o Cadastro Ambiental Rural (CAR), o Licenciamento Ambiental Rural e o Zoneamento Econômico-Ecológico (ZEE) em quase todo o Estado. (Levi Menezes)

publicidade
FAÇA UM COMENTÁRIO
Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.
Faça um comentário

Pará

PARAUAPEBAS: Ônibus é atingido por lamina de trator

Publicado

em

O ônibus que transportava trabalhadores de uma empresa terceirizada da Vale, se envolveu em um acidente de trânsito na noite desta quarta, 28, por volta das 19h. O veículo foi atingido por uma lâmina de um trator que estava sendo transportado por uma carreta prancha na Estrada Paulo Fonteles.

O ônibus trafegava no sentido Projeto Salobo/Parauapebas.

O motorista do ônibus teve ferimentos leves e foi levado para atendimento médico.

Continue lendo

Pará

ELDORADO DOS CARAJÁS: BRK Ambiental inaugura novo laboratório de análise da água

Publicado

em

A BRK Ambiental, concessionária responsável por serviços de saneamento em nove municípios do Pará, inaugurou um novo laboratório de análises de controle de qualidade da água para consumo humano em Eldorado do Carajás, na região de Carajás.   

A nova instalação permitirá a realização de mais de 800 amostras de água por mês, o que corresponde a aproximadamente 2.500 parâmetros distribuídos entre análises físico-químicas e microbiológicas em matrizes de água bruta e tratada, atendendo a legislação nacional de qualidade da água para consumo humano do Ministério da Saúde. 

Atualmente, a BRK Ambiental atende cerca de 165 mil pessoas na região com água tratada. O objetivo da companhia é dar continuidade ao monitoramento de forma estratégica, otimizando o processo de amostragem da qualidade da água em todas as etapas do processo de produção, ou seja, desde a captação, processo de tratamento, armazenamento em reservatórios e no sistema de distribuição, visando garantir a proficiência e confiabilidade dos dados gerados. 

“Atestar a qualidade da água com um trabalho rigoroso e transparente faz parte do nosso propósito de transformar a vida das pessoas garantindo água e saneamento de qualidade. Agora, com um novo laboratório, esse serviço traz mais eficiência e praticidade na rotina da operação, beneficiando ainda mais os nossos clientes”, afirma Sandra Leal, gerente de Operações da BRK Ambiental.   

O engenheiro Pedro Gobbo, responsável pelas operações da concessionária no Pará ressalta que, anualmente, são disponibilizados relatórios com informações sobre a qualidade da água distribuída. “Todos os anos, as nossas equipes preparam o relatório anual de qualidade da água, em cumprimento ao Decreto Presidencial nº 5.440/2005, em que é possível atestar as análises das amostras laboratoriais. É importante que a população saiba que a água fornecida pela BRK Ambiental possui qualidade comprovada”, explica Gobbo. 

Continue lendo

Pará

MARABÁ: Mercado de Morada Nova será inaugurado na sexta, dia 30

Publicado

em

Na próxima sexta-feira (30), no Distrito de Morada Nova, será inaugurado o Mercado Municipal Lúcia Mendes. O empreendimento conta com 52 boxes e dez barracas que serão montadas para vendedores de produtos da horta comunitária dos Residenciais Tiradentes e Jardim do Éden.

Edillany Campos trabalha com moda feminina há cinco anos, mas por causa da pandemia teve que interromper seu trabalho, que será retomado agora com a inauguração do novo mercado, após ser sorteada para ter sua loja em um dos boxes. “Estou muito ansiosa para voltar a minha rotina e trabalhar. Nós esperamos praticamente um ano por causa da pandemia. O ambiente está muito bom, os boxes são bem organizados, estruturados”, pontua a comerciante.

Ela ainda afirma que não tem do que reclamar e espera que o novo mercado abra um leque de oportunidades para quem vive no distrito. “Para nós que moramos aqui em Morada Nova vai melhorar muita coisa porque vai ter oportunidade para as pessoas trabalharem e um local para as pessoas passearem”, comenta.


Outro trabalhador que estava dando uns toques finais no novo ponto de trabalho era o barbeiro Josiel Silva, que atua há 27 anos no ofício. “A minha expectativa é que o ‘trem’ aqui vai ser bom. Nós esperamos um tempo por causa da pandemia, mas é normal. Nós estamos nos sentindo bem e alegres com a inauguração e acho que vai ser bom para todo mundo”, ressalta.

Entre os produtos e serviços que serão ofertados no novo espaço estão açougues, peixarias, hortifrúti, lanchonetes, lojas de roupas, barbearias, chaveiros e outros.

O feirante Antonio Filho trabalha há 12 anos com venda de frutas e compartilha o sentimento ao inaugurar a frutaria no novo mercado. “Nós esperamos que seja muito bom. Morada Nova pela primeira vez está conseguindo um mercado municipal, algo que não existia antes. Então é muito importante para nós termos o mercado aqui”, ressalta.

No mês passado, agentes da Secretaria Municipal de Viação e Obras Públicas (SEVOP) realizaram os últimos ajustes no sistema elétrico e na pintura do novo mercado.

A inauguração do Mercado Municipal Lúcia Mendes ocorre na próxima sexta-feira, às 17h, na Avenida Tocantins, ao lado do Ginásio de Morada Nova cumprindo todos os protocolos contra a Covid-19. (Ronaldo Palheta / Fotos: Aline Nascimento)

Continue lendo
publicidade
publicidade Bronze