Connect with us

Pará

PARÁ: Governadora inaugura escola no Assentamento 17 de Abril em Eldorado dos Carajás

Publicado

em

A governadora Ana Júlia Carepa vai inaugurar na manhã desta sexta-feira, 26, a escola de ensino fundamental e médio Oziel Alves Pereira, construída no Assentamento 17 de Abril, no município de Eldorado do Carajás, região do Carajás. O nome da escola rende homenagens a uma das vítimas do massacre da curva do S, ocorrido em abril de 1996, e também cumpre agenda do governo popular, comprometida com o desenvolvimento da educação e bem-estar das comunidades carentes do Estado do Pará.

A obra é dotada de 12 salas de aulas, laboratório de informática, auditório, refeitório e uma quadra de esporte revestida com piso especial. O investimento financeiro, por meio da Secretaria de Educação (Seduc), foi de R$ 4,5 milhões e vai atender cerca de 1.200 alunos.

Ainda em Eldorado, a governadora entregará as obras do Centro de Referência e Assistência Social (Cras), com ações focadas ao atendimento de família em situação de risco social. A governadora Ana Júlia será recebida pelo prefeito de Eldorado do Carajás, Genival Diniz (PT), políticos e lideranças comunitárias.

O Assentamento 17 de Abril é fruto de uma luta histórica de famílias vinculadas ao Movimento Sem Terra (MST). No local residem aproximadamente 690 famílias, descendentes diretos e indiretos dos sobreviventes do massacre de Eldorado do Carajás, ocorrido na curva do S, em 1996. Passados 14 anos, a comunidade tinha o sonho de possuir uma escola moderna, já que antiga era de madeira e não apresentava qualquer segurança aos professores e alunos, conforme conta Jean Carlos da Silva, diretor da Associação dos Moradores e Trabalhadores Rurais do Assentamento 17 de Abril.

Para a comunidade, que ainda realizou várias manifestações da rodovia 275, que dá acesso ao assentamento, a obra vai melhorar a educação no local. Segundo Rivanda Azevedo Almeida, coordenadora pedagógica do assentamento, os alunos têm bom rendimento escolar e não costumam faltas às aulas. A meta, agora, será lutar pela implantação de cursos profissionalizantes para aumentar as chances dos jovens na disputa pelas vagas no mercado de trabalho.

O investimento do Governo do Estado na área da educação cresceu qualitativamente na região sudeste do Pará. Segundo a coordenadora da 4ª Unidade Regional de Educação, Irene Correia Ribeiro, os investimentos garantiram a construção da escola do Assentamento Rural 17 de Abril, além de reformas em escolas de Parauapebas, Marabá e São Domingos do Araguaia.

Com a obra de reforma, a escola professora Elza Dantas, em São Domingos do Araguaia, vai atender 1.300 alunos em três turnos. As turmas terão mais conforto e segurança para realizarem suas atividades. A quadra de esporte ganhou pintura e telhado modernos. A diretora Marluce Silva Azevedo quer, agora, ampliar o corpo técnico, visando ainda implantar um novo projeto pedagógico com mais qualidade de ensino e capacitação profissional.

Em 2010 estão previstas a reforma da escola Walquize Viana, de ensino médio, localizada em Marabá, que ainda teve mais duas escolas completamente reformadas: Gabriel Pimenta, na comunidade de Morada Nova, e Plínio Pinheiro, no núcleo da Marabá Pioneira. Em Itupiranga será reformada a escola da Vila Cruzeiro, após vários anos de abandono. Para a coordenadora da 4ª URE, a nova fase da educação no sul e sudeste do Estado é “muito positiva, já que foram vários anos sem construção e reformas de escolas nestas duas regiões do Pará”. (Selma Amaral)

publicidade
FAÇA UM COMENTÁRIO
Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.
Faça um comentário

Pará

PARAUAPEBAS: Bairros Tropical e Jardim Ipiranga recebem mutirão de limpeza

Publicado

em

Dando continuidade ao mutirão de limpeza realizado na cidade, as equipes da Secretaria Municipal de Serviços Urbanos (Semurb) estão nesta semana nos bairros Tropical I, II e Jardim Ipiranga. 

Antes de iniciar o mutirão nesses locais, a equipe de educação ambiental juntamente com os fiscais de urbanismo desenvolveram uma ação educativa de porta em porta para comunicar aos moradores sobre o mutirão e também falar a respeito do acondicionamento correto do lixo e ainda sobre limpeza dos lotes.


De acordo com o coordenador de educação urbana da Semurb, Daniel Barros, a ação tem a proposta de intensificar a limpeza geral na cidade, com a colaboração dos moradores. “Estamos nos bairros tropical I e II e Ipiranga. Uma semana antes de iniciar os serviços percorremos os bairros avisando nas residências e também colocamos carro som nas ruas sobre ação”, explicou o coordenador. 

“Também conversamos sobre o lixo domiciliar, pois algumas pessoas ainda colocam pra fora nos dias e horários inadequados, por isso pedimos a colaboração dos moradores para que façam o acondicionamento nos dias e horários corretos. E ainda falamos sobre a limpeza dos lotes”, concluiu Daniel.  

Além da retirada de entulhos e galhadas, as ruas recebem capina e roçagem. O mutirão segue em outros locais do município, conforme cronograma que será divulgado pelo Semurb. (Liliane Diniz / Foto: Oril Lima)

Continue lendo

Pará

MARABÁ: Km7 e Transmangueira recebem serviço de tapa-buraco

Publicado

em

Na manhã desta terça-feira (4), as equipes estavam divididas na Nova Marabá, nas proximidades da UBS Mariana Moraes e no KM 7. Quatro ruas do bairro receberam recuperação da camada de asfalto e também recuperação das sarjetas, melhorando o escoamento da água pluvial.

Do km 7, a equipe seguiu para a Transmangueira, área de divisão entre a Velha Marabá e Nova Marabá. Na programação desta semana, há ainda os bairros de Belo Horizonte e São Félix.

Manoel Penha, responsável pela equipe Tapa-Buraco da Sevop, diz que os serviços seguem uma programação semanal que visa atender todos os bairros.

“Com o serviço melhora o tráfego e vamos fazendo de acordo com a demanda. É uma questão de segurança e agora com o verão vamos aumentando os serviços”, disse Manoel Penha.

Continue lendo

Pará

MARABÁ: Novo Decreto aumenta flexibilização

Publicado

em

O Decreto Municipal n° 195, que entrará em vigor amanhã, dia 6, flexibiliza abertura de bares, comércio de rua, atividades físicas, aulas de danças ao ar livre, a serem realizadas em espaço público, como também das arenas de futebol, academias de ginásticas e escolinhas de todas as modalidades esportivas. Entretanto, as fiscalizações continuam intensas quanto às restrições de limite de público e respeito aos protocolos sanitários estabelecidos pela Divisão de Vigilância Sanitária do município. Essa abertura só ocorreu após a apresentação de um plano de trabalho de protocolos de prevenção e precaução à Covid-19 apresentado pelos donos de bares.

De acordo com o decreto, o funcionamento do comércio de rua deve obedecer o horário de 8 às 18 h, de segunda à sábado. No caso das arenas de futebol, academias de ginásticas e escolinhas de todas as modalidades esportivas ficam restringidas a funcionarem até 22 horas, respeitando o limite de público de 30% da capacidade total. As competições amadoras e amistosos estão proibidos, bem como a presença de torcidas nesses espaços.

 “Assim como as academias e depois as escolinhas de futebol, dessa vez conseguimos incluir as arenas de futebol neste novo decreto. Sempre com muito respeito e cuidado com a saúde pública e cobrando todos os protocolos sanitários. Mais um passo em direção à normalidade”, destaca o secretário municipal de esporte e lazer, Thiago Miranda.

Os cinemas ficam autorizados a funcionar com 30% (trinta por cento) da capacidade total, respeitado o protocolo sanitário estabelecido pela Vigilância Sanitária do Município de Marabá. Desta feita, os bares, restaurantes, lanchonetes, pizzarias e congêneres ficam limitados a funcionar com 30%(trinta por cento) de sua capacidade total, com horário de funcionamento até o limite de 23 (vinte e três) horas, sob pena de cassação de Alvará de Funcionamento, respeitado o devido processo legal. 

Apesar da flexibilização, a Divisão de Vigilância Sanitária de Marabá (Divisa) seguirá com as ações de fiscalização com equipes, em cada núcleo realizando rondas nesses estabelecimentos que já constam nos dados do órgão.

“Nós fazemos fiscalizações que já resultaram, inclusive, em interdições de alguns espaços. Com o novo decreto, nosso monitoramento continua sempre buscando cumprir com as determinações sanitárias e de capacidade máxima desses locais”, ressalta Daniel Soares, coordenador da DIVISA. O decreto municipal n°195 entra em vigor a partir desta quinta-feira, 6 de maio.

O leitor acompanha em anexo o conteúdo completo do decreto, clicando AQUI

(Emilly Coelho e Ronaldo Palheta)

Continue lendo
publicidade
publicidade Bronze