Connect with us

Pará

PARÁ: Governadora participa da I Conferência de Defesa Civil, em Parauapebas

Publicado

em

A governadora Ana Júlia Carepa participou, nesta sexta-feira, 26, no município de Parauapebas da I Conferência Estadual de Defesa Civil – etapa Carajás, na qual militares do Corpo de Bombeiros, autoridades da defesa civil e a sociedade civil apresentaram e discutiram a respeito das formas de atuação dos órgãos de segurança ligados à defesa civil visando aumentar a eficiência no atendimento à população atingida por desastres naturais.

Para o coronel Paulo Gerson, comandante geral do Corpo de Bombeiros do Estado, que presidiu a conferência, o atual cenário positivo e em que a corporação dos Bombeiros se encontra é reflexo das decisões da governadora Ana Júlia Carepa em investir em segurança pública no Estado.

“Só no governo Ana Júlia e do presidente Lula é que conseguimos debater, pela primeira vez, com a sociedade civil. Antes, isso nunca poderia ser imaginado. Aliás, é importante dizer que os investimentos destinados ao Corpo de Bombeiros e aos outros órgãos de segurança fortaleceram essas instituições e as tornaram ainda mais presentes e atuantes no Pará”, disse o cel. Paulo Gerson.

Premiada com a medalha de Honra ao Mérito pelo destaque de suas ações, a Defesa Civil de Parauapebas foi parabenizada pelo secretário de Estado de Integração Regional, André Farias, que destacou ainda o importante papel que esse setor desenvolve junto à população que sofre com as enchentes. “Esse prêmio não veio à toa. Ele representa o reconhecimento público do trabalho que os bombeiros fazem em situações de emergência e desastres, como ano passado, quando o Pará teve o seu mais rigoroso inverno”, falou o secretário.

Incluir na grade curricular do sistema de educação a disciplina ‘defesa ambiental com ênfase em defesa civil’ foi uma, das oito propostas tiradas da etapa Carajás, que serão apresentadas na Conferência Nacional, em março de 2010. Foram eleitos quatro delegados – dois representantes da sociedade civil e outros dois representantes, um da Defesa Civil de Marabá e outro de Parauapebas -, que irão representar as regiões de integração do Carajás, Araguaia e Lago de Tucuruí.

Novos bombeiros

Após o encerramento da Conferência, a governadora Ana Júlia Carepa entregou certificados de conclusão do curso de Formação de Soldados Bombeiros Militares para 18, dos 20 novos soldados. Os outros dois receberam a certificação no município de Marabá. Com uma jornada de 710 horas-aula, os soldados ficaram, durante sete meses, recebendo treinamento. Todos serão lotados no 10º. Subgrupamento Bombeiro Militar, em Parauapebas.

Em uma solenidade marcada pela emoção, orgulho e conquista, os novos soldados e seus familiares foram parabenizados pela governadora Ana Júlia Carepa pela coragem e firmeza na decisão de lutar pelo salvamento e apoio à vida de outras pessoas. “Vocês são soldados da vida”, disse ela. “Parabenizo a todos vocês que fizeram essa opção de vida. Uma opção de servir ao próximo para defender a vida de pessoas. Estou muito orgulhosa de vocês, e sei que vou contar com vocês para construir um novo Pará”.

Anderson Chaves Torres, primeiro colocado no Curso de Formação, recebeu da governadora Ana Júlia Carepa o certificado de formação e a insígnia de soldado. Em seguida, foram entregues certificados a todos os demais 17 soldados e, os padrinhos e madrinhas – entre filhos, esposas e pais – dos formandos entregaram as insígnias aos novos bombeiros.

A governadora agradeceu pelo trabalho desenvolvido pela corporação em 2009, quando o Pará viveu seu inverno mais rigoroso. “Vocês foram incansáveis”, disse. “Enquanto pessoas ficavam desesperadas ao verem suas casas, seus bens materiais e suas histórias de vida serem levadas pelas águas dos rios, vocês estiveram presentes, seja para fazer operações de resgate e salvamento, como para dizer uma palavra de conforto para quem tinha perdido, junto com suas casas, a esperança”.

Os investimentos em segurança pública foram destacados pelas autoridades presentes durante a solenidade como uma das ações mais importantes da governadora, como gestora do executivo estadual. O coronel Marco Aurélio Lopes, diretor do Instituto de Ensino de Segurança Pública (Iesp), acredita que os frutos desses investimentos já estão sendo observados pela população e que, “em médio prazo, teremos uma segurança pública diferenciada, pois a governadora não atua em uma área apenas. Ela faz concurso público, investe na qualidade da formação de soldados tanto civis como militares, adquire novos equipamentos e viaturas, traz mais armamento para as corporações, e ainda investe na formação do soldado, como cidadão”, disse o presidente do Iesp, instituto que já formou mais de 26 mil soldados, entre homens e mulheres.

Ana Júlia Carepa ressalta que não é fácil, em quatro anos, ter que suprir todas as defasagens deixadas por antigos governantes do Pará, o que não é exclusividade da área da segurança pública. “Encontramos o Estado como uma série de pendências. Escolas, quando funcionavam, caíam na cabeça dos alunos; a Polícia Militar amargou dez anos sem concurso público; os Bombeiros combatiam incêndios de caras limpas, sem capacetes e fardamentos específicos para combater incêndios, isso me deixou perplexa; em um Estado todo intercortado por rios, a segurança pública não tinha uma lancha sequer, para ajudar na vigilância e monitoramento dos nossos rios”.

Mas, segundo a governadora, essas dificuldades não poderiam ser encaradas como obstáculo. “Tinha governante que dizia que miséria e pobreza eram o destino do povo. E isso não é verdade. O povo tem, sim, direto a estudar em uma escola com qualidade – de ensino e de estrutura -; o filho do trabalhador tem direito a ter acesso à informática e internet, por isso criamos o NavegaPará e seus infocentros; os policiais têm direito a um curso de formação com alto padrão de testes, afinal de contas, eles é que estarão nas ruas, combatendo o crime”, frisou Ana Júlia Carepa.

A governadora ainda apontou que, durante os quatro anos de seu governo, estarão nas ruas 800 bombeiros militares, 3.700 policiais militares e mais 500 policiais civis. “Mas não é só ampliar o efetivo. É preciso dar condições de trabalho”. O Governo Popular adquiriu 1.114 novas viaturas (entre motos, carros, lanchas, motocicletas, carro de resgate e brigada a incêndio e até bicicletas), coletes à prova de balas, fardamento e armamentos.

Participaram da solenidade familiares dos novos soldados e, entre autoridades, Cláudio Puty, secretário-chefe da Casa Civil da Governadoria do Estado, Darci Lérmen, prefeito de Parauapebas, Deusomar Pereira Branco, coordenador da Defesa Civil de Parauapebas e o vereador José Adelson Fernandes, presidente da Câmara de Parauapebas. (Renata Costa Biondi)

publicidade
FAÇA UM COMENTÁRIO
Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.
Faça um comentário

Pará

Remo, Paysandu, Tuna e Castanhal ficam no empate nas semifinais do Parazão 2021

Publicado

em

As semifinais do Campeonato Paraense 2021, ficaram empatadas. As duas partidas aconteceram neste domingo, 9.

Tuna vs Remo

Tuna e Remo fizeram um bom jogo na manhã deste domingo, dia 9, no estádio do Souza, em Belém. Ambos os times vieram com posturas ofensivas para o jogo, mas quem aproveitou melhor as chances no começo foi o Remo, que abriu o placar com Uchôa, aos 20 da etapa inicial. Em seguida, Léo Rosa marcou de pênalti, aos 34, e empatou a partida. Na segunda etapa, o Leão foi superiou, criou mais chances, levou mais perigo, mas parou em uma atuação de gala do goleiro tunante Gabriel Bubniack. Vaga na final precisará ser definida na quarta-feira, no jogo de volta, no Baenão.

Com o resultado, nenhuma das equipes obteve vantagem para o jogo de volta das semifinais. A vaga na final será decidida na quarta-feira, dia 12, às 19h30, no estádio do Baenão. Caso o segundo jogo termine em empate novamente, a classificação será definida nos pênaltis.

Castalhal vs Paysandu


Castanhal e Paysandu realizaram uma partida fraca tecnicamente e de poucas oportunidades. O destaque do primeiro tempo foi para o atacante Marlon, responsável pelas principais chances no jogo, acertando o travessão de Axel Lopes. O Castanhal tentava chegar à meta de Victor Souza, mas não conseguia dar o último passe de forma correta, ficando a maioria das vezes sob o domínio da defesa bicolor. As coisas melhoraram um pouco mais na etapa complementar, principalmente com a entrada do atacante Fidélis, do Castanhal. Ele deu maior dinamismo ao time, que conseguiu levar certo perigo à meta bicolor. Desta forma, cedeu a oportunidade de ataque do Papão trabalhar no contra-ataque, como foram nas chegadas do volante Elyeser e do lateral-esquerdo Bruno Collaço, que finalizaram bem, mas viram o goleiro Axel evitar que o gol.

Definição da vaga para a final do Parazão 2021 fica para a próxima quarta-feira, dia 12, na Curuzu, em Belém. (Fotos: Samara Miranda/Remo e John Wesley/Paysandu)

Continue lendo

Pará

MARABÁ: Infraestrutura do Novo Terminal de Integração avança

Publicado

em

As obras da construção do novo Terminal de Integração de Marabá não param. O novo espaço pretende reduzir o tempo de espera nos pontos de ônibus e também reduzir custos para o usuário.

O engenheiro civil, Alex Amoury, da Secretaria de Viação e Obras Públicas (Sevop), é o responsável por acompanhar o andamento da obra. Ele conta que no momento os serviços se concentram nos dois blocos onde irão funcionar o setor administrativo e comercial do novo Terminal.

“Nos dois, as fundações foram executadas, assim como a estrutura de concreto, laje pré-fabricada (treliçada), o fechamento em alvenaria com blocos cerâmicos, tubulação de água e esgoto, laje para a caixa d’água, contrapiso dos dois blocos”, explicou o engenheiro.

Além desta etapa, os operários já iniciaram a construção da plataforma de embarque e desembarque que liga o bloco comercial e administrativo, além da construção de banheiros e outros setores.

“O prédio administrativo terá duas lojas na parte inferior, recepção da administração, banheiros masculino e feminino. No piso superior teremos a administração do terminal. Teremos também uma plataforma de aproximadamente 50 metros até o bloco comercial que será composto de seis lojas”, afirmou Alex Amoury.

A proposta é fazer com que a partir do funcionamento do Terminal os veículos possam ter um percurso menor, tendo em vista que serão planejadas novas linhas, num total de 14, atendendo os usuários em todos os bairros, com um tempo de espera bastante reduzido.

Está é uma das obras mais aguardadas para quem utiliza o transporte público em Marabá..

“Com o terminal de integração, numa área central da cidade, todas as linhas irão convergir e dar maior rapidez ao usuário, pois irá diminuir o tempo de viagem. Com o sistema integrado teremos melhor atendimento com conforto e mais segurança”, relatou Jair Barata Guimarães, secretário de segurança institucional e presidente do Conselho Municipal de Transporte do município. (Victor Haor / Fotos: Paulo Sérgio)

Continue lendo

Pará

PARAUAPEBAS: Bairros Tropical e Jardim Ipiranga recebem mutirão de limpeza

Publicado

em

Dando continuidade ao mutirão de limpeza realizado na cidade, as equipes da Secretaria Municipal de Serviços Urbanos (Semurb) estão nesta semana nos bairros Tropical I, II e Jardim Ipiranga. 

Antes de iniciar o mutirão nesses locais, a equipe de educação ambiental juntamente com os fiscais de urbanismo desenvolveram uma ação educativa de porta em porta para comunicar aos moradores sobre o mutirão e também falar a respeito do acondicionamento correto do lixo e ainda sobre limpeza dos lotes.


De acordo com o coordenador de educação urbana da Semurb, Daniel Barros, a ação tem a proposta de intensificar a limpeza geral na cidade, com a colaboração dos moradores. “Estamos nos bairros tropical I e II e Ipiranga. Uma semana antes de iniciar os serviços percorremos os bairros avisando nas residências e também colocamos carro som nas ruas sobre ação”, explicou o coordenador. 

“Também conversamos sobre o lixo domiciliar, pois algumas pessoas ainda colocam pra fora nos dias e horários inadequados, por isso pedimos a colaboração dos moradores para que façam o acondicionamento nos dias e horários corretos. E ainda falamos sobre a limpeza dos lotes”, concluiu Daniel.  

Além da retirada de entulhos e galhadas, as ruas recebem capina e roçagem. O mutirão segue em outros locais do município, conforme cronograma que será divulgado pelo Semurb. (Liliane Diniz / Foto: Oril Lima)

Continue lendo
publicidade
publicidade Bronze