- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
terça-feira, 05 / julho / 2022
- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
- Publicidade -spot_img
Array

PARÁ: Governo reafirma que nomeará 48% dos concursados até o final de abril

Mais Lidas

A secretária de Administração do Estado, Alice Viana, confirmou nesta terça-feira, 29, que existem 3.801 concursados habilitados a serem chamados pelo Estado. Ela contestou o número divulgado pela Associação de Concursados do Pará (Asconpa) de que esse número seria de 5.800 e as declarações de que as nomeações anunciadas pelo governador Simão Jatene há uma semana seriam “irrisórias”.

De acordo com Alice Viana, o governo fez um levantamento detalhado das vagas ofertadas nos concursos e as nomeações feitas até então. “Esse levantamento considerou o Diário Oficial e o banco de dados da Sead, o que torna improvável um erro nesses números. Nós inclusive convidamos o presidente da Asconpa, José Emilio Almeida, para que ele tivesse acesso a esse banco mas ele não nos procurou para isso”, afirmou a secretária.

Com o anúncio de 1.523 nomeações, que serão feitas até o final de abril, o governo cobre cerca de 48% das vagas disponíveis nos concursos ainda em vigência. “Acho que isso demonstra a boa vontade do governo em atender as demandas dos concursados. Para o curto período de governo em que estamos, penso que é um número bem razoável”, afirmou Alice Vianna.

Com 19 anos de idade, Dorialton Nunes Barbosa foi o primeiro colocado no concurso para preencher vagas no Instituto de Metrologia e Pesagem do Estado do Pará (Imep). Formado em curso técnico de mecânica no Instituto Federal do Pará (IFPA) ele mora em Abaetetuba e está sem emprego fixo atualmente. A notícia de que sua nomeação sairá até o final do mês o deixou bastante alegre. “Acho uma ótima oportunidade por que vou poder cursar também o nível superior. E, depois, eu estudei e acho que quem estudou também tem o direito de gozar do benefício de ter se dedicado a esses concursos”, contou ele, por telefone.

Por sua vez, a técnica em enfermagem Nádia Machado, 30 anos, foi aprovada em concurso da Sespa. Ela vai deixar dois empregos em Cametá para assumir a vaga. “Sei que vou fazer falta aqui no município, mas com certeza vão chamar outra pessoa para me substituir”, disse ela, que até o final do mês assume seu cargo no Estado.

Nádia disse que vai ter a oportunidade de dividir o emprego com o estudo na capital. “Eu tenho um sonho de fazer medicina e trabalhar na capital vai me dar a oportunidade de me preparar para disputar uma vaga na universidade. Não existe a possibilidade de eu deixar passar essa oportunidade”, disse ela.

Alice Viana também lembrou que a convocação de concursados deve ser dosada com o distrato de temporários. De acordo com as orientações do governador Simão Jatene, o primeiro critério é dispensar os temporários com menor tempo de serviço. Em seguida, serão tomadas medidas compensatórias, como programas de qualificação dos mesmos para o mercado de trabalho e a abertura de crédito especial. “A ideia é que se possa dar a oportunidade desse temporário encarar o mercado de trabalho”, afirmou a Secretária.

- Publicidade -spot_img
Assinar
Notificar-me
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
- Publicidade -spot_img
- Publicidade -spot_img

Últimas Notícias